Jul M

Oi

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

O Tempo Não Para -- Capítulo 5




Não, ela me acertou bem onde mais doía. Bem no meu amor-próprio.
                    Frase do Filme -- Um Amor para Recordar

Capitulo 5

Os três dias passaram voando. Quando Bella voltou à Forks, a primeira coisa que ela fez foi buscar a filha na casa de Charlie, no entanto, ela teve uma grande surpresa.
— Você não podia! – ela gritava com muita raiva — Ela é minha filha!
— Isabella! – Charlie disse com autoridade de pai e dono da casa – Nessie só está na casa do amiguinho. Qual é o problema nisso?
— Ela está na casa dos Cullen’s! – ela gritou — Esse é o problema!
— Não consigo ver problema nisso – Charlie disse dando-lhe as costas — E além do mais, Jake passou ontem o dia todo aqui em casa brincando com ela. Ela só foi para casa dele porque a senhorita estava viajando e ela estava com saudade sua, andava meio tristinha, pelo menos com o coleguinha ela se diverte.
— Pai! – Bella gritou e gemeu ao mesmo tempo — Você realmente não entende.
— Eu entendo que você está sendo chata! – ele disse e Bella bufou.
— Não importa. Já vi que não adianta falar com você. – Bella disse pegando a bolsa.
— Aonde vai?
— Buscar minha filha, é claro! – ela disse e Charlie revirou os olhos.
— Você está se comportando como uma criança, Isabella! – ele repreendeu a filha — Juro que se eu fosse alguns anos mais novo, lhe daria uma surra por esse comportamento infantil.
— Sonha! – ela gritou saindo de casa, o que fez  Charlie gargalhar. A filha não tinha jeito, era sempre petulante e arrogante.
...........................................................
Edward ficou muito, mas muito surpreso ao ver Nessie em sua casa quando chegou para almoçar. A menina fora para brincar com seu sobrinho.
A pequena Nessie era muito linda e encantadora, muito bem educada também, tinha muita coisa da Bella, algumas manias que Edward conhecia bem, afinal eles foram melhores amigos durante anos.
— Por que não está na empresa? – Tânia perguntou.
— Isso não é da sua conta! – Edward disse.
Ele estava na sala vendo Jake brincar com Nessie.
— Sua educação melhora a cada dia, querido. – Tânia disse zombando, já com sua bolsa — Estou saindo, vou fazer compras já que é a única coisa que se pode fazer de bom nesta cidade.
— Está perdendo tempo! – Edward respondeu áspero – Não me importo com o que você faz ou deixa de fazer.
— Grosso! – Ela gritou e saiu, deixando-os sozinhos na sala.
 Do topo da escada, Alice acompanhava a cena. Assim que a loira saiu, ela desceu os degraus e foi se juntar ao irmão.
— Difícil acreditar que ela é filha de Bella. – Alice comentou.
— Pelo contrário, vejo muito de Bella nela. – Edward disse.
— Só você, então. – Alice sorriu — Eu queria saber quem é o pai dela.
— Você teria de perguntar para ela. – Edward disse.
— Você sabe que sempre achei que você e Bella fossem acabar juntos... Quer dizer, vocês dois eram inseparáveis e todos comentavam que...
Alice não terminou a fala.
Edward estava olhando fixamente para Nessie, que sorria e brincava com Jake e com carrinhos. Foi aí que entendeu... Era assim, Bella e Edward se conheceram quando crianças, eles brincavam juntos, se afastaram um tempo, mas logo estavam juntos novamente e depois ficaram inseparáveis.
— Ela tem o sorriso da Bella – Alice comentou.
— Eu diria que ela tem a doçura da Bella - Edward afirmou.
O barulho de um carro parando na entrada da casa chamou a atenção.
Jasper vinha da biblioteca quando ouviu a campainha tocar.
— Eu atendo! – ele disse abrindo a porta – Bella... – disse o nome dela como sussurro.
— Jasper – ela respondeu ao cumprimento.
Foi então que Bella sentiu medo pela primeira vez. Haviam-se passado cinco anos, ela nunca mais tinha colocado os pés naquela casa e agora sentia frio na barriga como se fosse a primeira vez que pisasse ali.
— Acredito que você veio buscar a Nessie – Jasper disse dando um sorriso amigável e recuperando-se do susto também.
— Quem é? – Edward perguntou já vindo ao encontro deles. — Jasper...
— Mamãe! – Nessie gritou, passando por ele correndo e jogando-se em cima dela.
— Devagar! – Bella disse segurando ela e quase caindo pelo impacto — Não faz assim, você pode me derrubar.
— Estava com saudade – Nessie disse com os olhos cheios de lágrimas e fazendo beicinho.
— Eu também estava, meu amor – disse Bella, limpando o rostinho dela.
— Eu não sabia que você chegaria de viajem hoje – Jasper disse — Quer dizer, Charlie não comentou nada.
— O meu pai não é a pessoa mais confiável quando o assunto é lembrar-se de algo. – ela disse e a ironia era viva em sua voz.
— Você pode entrar – Edward disse— Ninguém vai morder você.
— Disso eu sei – ela disse —, até porque ainda sei muito bem me defender.
— Não duvido disso! – ele disse, olhando para ela de cima a baixo.
A jovem usava calça jeans e uma camisa da banda nirvana.
— Vá buscar suas coisas, vamos para casa.
— Mas já? – Nessie reclamou —  Só mais um pouquinho...? – ela pediu.
— Nessie...
— Ótimo! – Jasper disse, batendo as mãos – Você entra e toma um chá com a gente, enquanto isso, eles terminam a brincadeira, e não vai custar nada, tenho certeza.
— Oba! – Nessie disse sorrindo, dando vários pulinhos e de repente saiu correndo em direção a Jake.
— Eu não acho que seja uma boa ideia – Bella disse — E além do mais, estou cansada e quero ir para casa.
— Você não é velha Swan – Edward disse —, larga de ser rabugenta. Até parece que está em alguma casa estranha.
— Você me chamou de rabugenta?! – Ela disse entre dentes.
— Está parecendo uma, reclamando desse jeito – ele disse como se fosse a coisa mais normal do mundo.
Bella mordeu os lábios de raiva. Ela queria gritar, falar mal... Bater nele, para ser mais exata. Tudo que ela queria era dar-lhe, pelo menos, um belo soco na cara, só pra ele saber que ela ainda era a mesma Swan de sempre, não abaixaria a guarda assim tão fácil, mas por algum motivo ela cedeu. Talvez, o riso gostoso de Nessie com Jake tenha despertado nela a compaixão de não acabar com a alegria deles.
— Parece que Forks não mudou tanto assim! – Jasper comentou – Temos mais modernidade, no entanto, parece que ainda é a velha cidade pequena.
— Depende dos olhos de quem vê! – Bella diz — E além do mais, até onde sei, você e Alice saíram às pressas da cidade.
— As circunstâncias não eram favoráveis.
— De fato – ela disse, bebendo seu chá.
Eles estavam na varanda da casa, do lado oeste, onde Jake e Nessie brincavam no jardim.
— Você parece estar de mau humor - Edward disse -, ainda aborrecida. Quando vai superar essa raiva toda?
— Você quer que eu supere? Sério? – ela perguntou. Agora ela estava com raiva.
— Bella, já se passou bastante tempo.
— Para mim, é como se fosse ontem!
— Você está sendo mimada! – ele a acusa.
— Gente, por favor! – Jasper disse – Não...
— Cala a boca! – tanto Bela quanto Edward gritou.
Alice não quis juntar-se a eles. Ela sabia que, se ficassem por perto, as coisas não acabariam tão bem, como já não estavam indo bem, visto que Edward e Bella estavam a ponto de se atacarem.
— Você não tem o direito de me acusar de nada! – Bella disse.
— Foi você que me deixou fora da sua vida! – ele meio que gritou.
Jasper não sabia o que fazer, estava de fato no meio de fogo cruzado e ele sabia bem como terminaria. Ele já vira outras brigas deles, e não só uma, mas várias ao longo da amizade louca deles dois.
— Ah! – ela disse ficando de pé. Estava puta da vida agora com ele. — Eu deixei você fora da minha vida? Foi você que me colocou para fora da sua quando se casou com aquela vaca por dinheiro.
— Você não sabe do que está falando! – ele disse ficando de pé e olhando-a friamente.
— Não me olhe assim, Edward Cullen! – Bella gritou e levantou o dedo indicador, acusando-o, mania que só ela tinha. — Eu conheço você. Você não me intimida, nem fodendo.
— Vejo que sua boca continua suja. – Ele disse sério, encarando-a.
— Digamos que você fez a sua escolha e eu não tenho mais nada a fazer aqui! – ela disse, pegando a chave de cima da mesa — Nessie, vamos! Precisamos ir!
— Por que você é tão cabeça dura?
— Porque você é um idiota! – ela gritou — Um imbecil, ganancioso e orgulhoso.  Preferiu ferrar com sua vida ao invés de simplesmente chutar o balde e mostrar que poderia ser bem melhor do que isso.
— Você não sabe de nada! – ele gritou.
— Na verdade, eu realmente não sei de nada e duvido muito que queira saber – ela disse, começando a sair.
— Por que você não respondeu as cartas? Por que não respondeu os e-mails, os telefonemas... Por quê? Eu queria explicar tudo!
— Porque se você fosse homem, teria vindo pessoalmente me explicar! – ela disse olhando seriamente para ele — Nessie, estamos indo!
Bella desceu a escada e pegou Nessie no jardim, voltou para a sala principal e pegou as coisas da menina, saindo de vez da casa. Alice acompanhou tudo do andar de cima. Edward e Jasper ficaram parados apenas observando a morena ir.
— Confesso que fiquei com medo de como essa discussão pudesse terminar – Jasper comenta.
— Digamos que ela apenas não me bateu, porque todo o resto ela fez – Edward disse, entrando na casa e indo para a biblioteca.
...........................................................................
No outro dia, Bella estava virada no cão. Estava dando patada e soco até no vento e ninguém na escola se atreveu a atravessar seu caminho.
— Sabe, se você chutar com mais força essa mesa acho que ela desmonta – Jéssica disse e sorriu.
— Fica quieta! – Bella respondeu-lhe.
— Tudo bem, mas o que está rolando de fato? É falta de sexo ou TPM?
— Nenhum dos dois! – Bella disse e olhou feio para a amiga.
— Olha, tenho que dizer que só via você assim quando brigava com o Cullen, mas eu acho difícil vocês terem se encontrado – Jéssica comenta, então olha no rosto da amiga e entende. – Ai. Meu Deus. Vocês... Vocês se encontraram? Quando? Como? Onde foi isso? Conta tudo!
— Jéssica! – Bella disse, respirando fundo — Eu não quero falar, então se tem amor à vida e ao seu emprego fica quieta.
— Sinto muito – Jéssica disse — Mas honestamente, se você não se abrir comigo, duvido que tenha outra pessoa para falar.
Bella socou a mesa com as mãos fechadas em punhos e então respirou fundo uma, duas, três vezes, antes de levantar a cabeça e encarar Jéssica.
— Nessie estava na casa deles – ela contou — Meu pai deixou que ela fosse para lá brincar com Jake, o filho de Alice e Jasper.
— Minha nossa! – Jéssica disse chocada.
— Meu pai só pode ter feito isso para me irritar.
— Bella, e aí? O que aconteceu?
— Eu fui buscá-la e eles estavam lá. Jasper abriu a porta pra mim e depois a Nessie veio, você sabe como ela é, pediu para fica mais um pouco... Quando eu vi, estávamos na varanda da casa, tomando chá.
— Uau! – Jéssica disse ainda mais chocada — Você não bateu nele? Quero dizer, não no Jasper, no Edward.
— Brigamos, Jéssica. Eu fiquei louca e acabei dizendo umas verdades a ele e, por pouco, não enfiei a mão na cara dele.
— Estranho seria se vocês não tivessem brigado. É o que vocês fazem, Bella, desde sempre, vocês brigavam, mas estavam sempre juntos.
— Só que dessa vez era diferente, eu realmente estava com raiva! – ela disse respirando fundo e suspirando.
— E em meio a essa briga toda você disse para ele a verdade sobre Nessie? – Jéssica perguntou.
— Que verdade? – Bella perguntou.
— Oras, a única que faz sentido em toda essa historia: que ele é o pai da menina!
Bella engasgou com a própria saliva e então arregalou os olhos para sua amiga e assistente.
— Não me olhe assim! – Jéssica disse — Só não vê quem não quer. A menina é a cópia dele e eu pude ver de perto na festa que ele deu! – Jéssica deu de ombros — Sempre me perguntei quem era o pai e você nunca falava sobre, então quando vi a foto de vocês do tempo da escola, tive a certeza. Bela, eu só não entendo o por quê de vocês nunca...
— Você vai ficar calada! – Bella disse séria e olhando para Jéssica de uma maneira que ela nunca olhou antes.
— Não tinha intenção alguma de contar a ninguém! – Jéssica disse levantando-se e pegando suas coisas — Só acho que, assim como eu descobri, alguém mais pode descobrir – Jéssica sorriu para Bella de maneira gentil e amigável — Vou ver como andam as coisas pela escola, até mais.


Continua...

4 comentários:

  1. Aaaiiiii o meu coração!!!!
    Ameiiii

    ResponderExcluir
  2. Tiro, porrada e bomba. Quando o Edward descobri ele vai pirar.

    ResponderExcluir
  3. Eita... Bomba bomba bomba...

    Capitulo tensooo!!!

    Liliane

    ResponderExcluir