Jul M

Oi

sábado, 12 de novembro de 2016

Segundas Intenções -- Capitulo 48

                       Resultado de imagem para gifs de filme
“Você já se perguntou se somos nós que fazemos os momentos em nossas vidas ou se são os momentos da nossa vida que nos fazem? Se você pudesse voltar no tempo e mudar apenas uma coisa na sua vida, você mudaria? E se mudasse, será que essa mudança tornaria a sua vida melhor? Ou será que ela acabaria partindo o seu coração? Ou partindo o coração de outro? Será que você escolheria um caminho totalmente diferente? Ou você só mudaria uma única coisa? Um único momento? Um momento que você sempre quis ter de volta”.
                -- Frases da Serie Lances da Vida

Capítulo 48

A verdade, é que o amor é algo estranho, você pode até odiar alguém, porém quando existe amor, esse ódio não se compara a nada. Você sabe que aquela pessoa é a sua ruína, contudo ninguém manda em seu coração. Edward tinha convicção de que Bella era a sua destruição, que ela lhe causaria mais dor do que a própria Tania havia lhe causado, todavia, foi com ela que ele se sentiu vivo novamente, foi com ela que ele descobriu o amor novamente, e foi com ela que ele se viu completamente feliz e realizado como homem, e agora, como pai.
Seria trágico se já não fosse previsível... Eles eram como fogo e pólvora, não havia como ficar longe um do outro. Bella poderia mentir para ele e para si, mas o Sr. Cullen, como ela se referia a ele, seria sempre o seu grande amor, o único que ela já amou de verdade.
O beijo foi só o começo de algo que ambos sabiam que aconteceria, o quarto ao lado do de Thony foi o destino, as roupas ficaram no caminho, em nenhum momento, as bocas de ambos se afastaram, apenas as roupas que sumiram...
O chão foi palco para os dois. Bella estava por baixo quando ambos caiam no chão do quarto escuro, as pernas da jovem estavam em volta da cintura do Cullen, que lhe penetrava com intensidade e muita vontade de matar o seu desejo, as bocas de ambos se matinam coladas uma na outra, os braços da jovem estavam em volta do pescoço do Cullen.

Quando Isabella gozou, gritando o nome do Cullen no chão, foi esplêndido, pois era algo que há tempo ele não ouvia. Eles acabaram indo parar na cama, dessa vez, não havia tanta urgência, mas o desejo era o mesmo. As mãos de Isabela estavam em volta do pescoço dele, puxando os seus cabelos, as pernas dela presas em sua cintura, se abrindo cada vez mais para ele, enquanto Edward estava em um ritmo intenso e frenético. Ele a penetrava e lhe enchia cada vez mais com o seu membro.

Os corpos dos dois se perdiam em meio às roupas de cama, os beijos e desejos. Eles estavam cada vez mais cheios de paixão e luxúria, as mãos da Swan tomavam conta dos cabelos do Cullen, enquanto ele seguia lhe preenchendo cada  vez indo mais profundo.

As mãos de Bella não paravam, o corpo do Cullen estava por cima do dela, ele a penetrava com força. A boca de Bella estava aberta em forma de “O” e os seus olhos estavam fechados. O desejo era visível na face da mulher, enquanto o seu ex-futuro marido ou namorado lhe enchia cada vez mais, com força, precisão...

 Ele ainda não havia gozado e o seu pau estava cada vez mais inchado, a buceta de Isabella o apertava cada vez mais, aumentando o prazer de ambos.
Edward grunhiu o nome da menina, enquanto gozava com força dentro dela. Bella tremeu o corpo todo, a medida que se desfazia...
...............................................
Bella estava ofegante, assim como Edward que também estava na mesma situação e suado, o quarto da morena estava cheirando a sexo, porém sexo gostoso, ela pensou sorrindo levemente, a sua cabeça estava deitada sobre o peito do Cullen.
—- Do que está rindo? - Edward perguntou passando os dedos pelas costas da jovem Swan.
—- Que todas as nossas brigas terminam sempre na cama! - Ela disse.
—- Precisamos conversar! - Ele disse e ela levantou a cabeça olhando para ele – Bella, não dá para seguir assim, não podemos continuar brigado o tempo todo. Temos um filho!
—- Eu nunca quis brigar com você! - Bella garantiu – Mas você também nunca quis me ouvir.
—- Erramos os dois! - Ele disse — Eu por ódio e orgulho ferido, já você, por suas mentiras e o seu desejo de vingança.
—- Edward... - Ele calou a boca da  menina colocando o dedo sobre os lábios dela.
—- Eu amo você garota, odiei tudo que você fez... Me sentir usado, engano e até traído... Mas foi pior, bem pior ficar sem você! Era como se o mundo tivesse perdido toda a cor.
—- Edward, eu...
—- Por favor, me deixe falar! - Ele disse silenciando-a novamente — Não quero mais brigar com você, não quero ter ver Thony dia sim, dia não. Porque ele não pode morar comigo... Não quero, mas seguir assim, eu quero você, quero o meu filho na minha vida, quero para sempre, se você tiver disposta a esquecer tudo e ficar comigo, eu estou disposto a esquecer tudo também e ficar com você. Só que sem mentiras e sem enganações.
A boca da morena ficou seca e os olhos dela ficaram cheios de lágrimas.
—- Edward, eu te amo, eu te amo tanto que chega a doer... Odeio ter que brigar com você, mas você me magoou tanto! - Ela olhou para ele — Contudo se você está disposto a fazer tudo isso por mim e pelo Thony, eu estou disposta a tentar novamente com você, mas dessa vez tem que ser para sempre.
Não havia duvidas que eles se amassem, mas será que as coisas entre ele voltariam a ser como antes?  Muitas mentiras foram contadas, muitas mágoas ainda eram vivas em cada um deles. Bella tinha medo do que poderia acontecer, mas estava disposta a tentar novamente já que ele também queria aquilo.
....................................
Bella entrou correndo no quarto de Thony e encontrou Alice no quarto do menino.
—-Oi! - Alice disse.
—- Eu...
—- Você estava com meu irmão? - Alice disse meio surrando.
—- Estávamos...
—- Não quero saber! - Alice disse — Mas tenho uma idéia do que estavam fazendo, não se preocupe, fiquei com Thony, enquanto...
—- Obrigada! - Bella disse corando.
Bella se sentou na cadeira ao lado da cama do filho, ele ainda dormia, o sol começava a nascer.
—- Vocês se entenderam? - Alice perguntou.
—- Eu não sei como vai ser Alice! - Bella disse olhando para a jovem – Mas eu amo o seu irmão, amo muito e se ele está disposto a tentar novamente, eu também estou.
—- Acha que vai ser fácil?
—- Nunca! Alice não vai ser nada fácil, mas temos um filho juntos. Ele me ama e eu também o amo. Acho que podemos tentar.
—- Sem mentiras dessa vez?
—- Eu nunca menti para Edward... - Bella disse e Alice levantou uma sobrancelha – Não em relação ao meu amor por ele, sempre foi verdade, eu o amava. Pode ser que tenha demorado a descobrir isso, mas eu sempre o amei.
—- Eu espero que você não estrague tudo! - Alice disse — E se magoar o meu irmão novamente, eu arrebento você.
—- E se ele me magoar novamente? - Bella perguntou olhando para a jovem — Espero que você também o arrebente!
Alice deu um sorriso de canto que era uma mania da família Cullen, e então se levantou e seguiu em direção a porta.
—- Vou ver Eleonora! - Alice disse — Me avise quando Thony acordar.


CONTÍNUA

4 comentários:

  1. Ahhhh... Ameiiii...

    Não demore muito para postar o próximo capitulo, please!!!!

    ResponderExcluir
  2. Uauuu não vejo a hora do próximo capítulo!!!

    ResponderExcluir
  3. Omg! E agora? Será que vai dar tudo certo?

    ResponderExcluir