Jul M

Oi

sábado, 29 de outubro de 2016

Segundas Intenções - Capitulo 47

               Resultado de imagem para gifs de filmes
“Eu me apaixonei por ela enquanto estávamos juntos, e me apaixonei ainda mais nos anos em que ficamos separados”.
                            -- Frase do Livro - Querido John
Capítulo 47

Isabella estava próxima a porta, se ela quisesse, simplesmente só tinha que empurrar o ex-marido e sair dali correndo. Edward nunca a forçaria a nada, ela sabia disso, e como sabia... Mas a verdade era que ela não queria sair dali, ela gostava do beijo dele, do modo como o seu corpo se moldava ao dele, do modo como o cheiro exalava de seu corpo.
Ela queria cada toque, cada beijo e cada coisa que ele pudesse lhe oferecer naquele momento. Ela desejava, ansiava por aquilo e aquele foi o real motivo dela não ter feito nada para impedi-lo. Nem mesmo quando a boca dele traçou o caminho para o seu pescoço, lhe beijando, lhe chupando a pele, deixando uma marca que com toda certeza ela veria pela manhã.
Oh sim, Edward deixou a cabeça descansar sobre a de Isabella, encostando a sua testa na dela, enquanto abria as suas calças e abaixava a cueca junto. As mãos do jovem Cullen foram para a cintura da bela morena, levantando o vestido dela e puxando-a novamente para si.

As pernas de Isabella estavam em volta da cintura do Cullen, os seus quadris se movimentavam em um ritmo bem lento, e, a dança do vai e vem se fazia gostosa. Isabella gemeu quando sentiu o membro dele se afundar em sua cavidade úmida. 

Ela gemeu ainda mais quando ele começou a se movimentar, entrando e saindo dela. Tomando a sua boca novamente em um beijo profundo e ajudando a menina a se livrar da alça de seu vestido, deixando assim um dos seus seios nus.

Isabella desejava chegar ao limite, ela queria tudo, ansiava por aquilo. Ela também não podia negar que ele sabia muito bem o que fazia, ela nunca se esqueceu, e de fato, ela sabia que ele sempre fora a sua melhor foda e a sua única paixão. Ela tentou em meio a tanta loucura que eles estavam vivendo, dizer aquilo para ele, porém ele estava cego de ódio, nunca parou para lhe ouvir.
As mãos do Cullen tomavam conta dos seios da menina, ao mesmo tempo em que ele lhe penetrava, mantendo o ritmo entrando e saindo, fazendo a menina fechar os olhos e gemer com a boca aberta, enquanto ele apoiava a sua testa contra a dela em meio a todo desejo, ambos buscavam mais e mais.

Os beijos os gritos e o desejo eram abafados pelas suas bocas. Edward brigava com o desejo de explodir, investindo contra a menina que insistia em atrapalhar os seus movimentos. Ele a mantinha presa, segurando as suas pernas e fazendo-a gemer. O seu corpo era puro desejo. Bella não sabia onde ela começa e onde terminava de tão perdida que estava. Ele tomou novamente a sua boca, no mesmo momento que ela explodiu apertando com força o pau dele dentro dela. Uma das pernas dela escorregou, mas Edward tratou de segurar rapidamente. Foi então que ele explodiu dentro dela, mordendo-a levemente no ombro, enquanto todo o seu corpo tremia junto ao dela.
.......................
Duas semanas se passaram e Bella fugiu o máximo que pode de Edward, depois de tudo o que aconteceu, ela queria um pouco de distância, os seus pensamentos estavam bem perturbados.
—- Srta. Swan! - A jovem Karen apareceu a porta da sala da morena, ela era a sua Secretaria. — O Sr. Cullen deseja vê-la.
O rosto de Bella ficou pálido e então ela respirou fundo, não poderia fugir para sempre. Eles não se falavam desde a noite em que transaram na Biblioteca.
—- Peça para ele entrar! - Bella disse mordendo os lábios.
—- Claro! - Ela disse e se retirou de lá, alguns minutos depois, o jovem e bem vestido Cullen entrou.
Edward estava usando um terno escuro com uma camisa branca, além de uma grava cinza bem escura. Usava óculos escuros e os cabelos estavam bagunçados.
—- Uma sala legal! - Ele disse analisando o local — Pequena, mas legal.
—- Desculpe-me, mas eu ainda sou apenas uma Advogada Junior! - Ela justificou — Salas grandes são para grande Advogados.
—- Então não vai demorar muito! - Ele afirmou – Você é talentosa, vai conseguir.
—- Edward não é querendo ser grossa, mas por que veio? E o seu dia de ficar com Thony.
—- Eu sei, é sobre isso que quero falar! - Ele disse e Bella não gostou muito.
—- Pode se sentar! Deseja algo para beber?
—- Não, Bella... Eu só quero falar com você!
—- Tudo bem! - Ela disse se sentando – Pode falar!
—- Alice está organizando uma festinha para Eleonora. Coisas de Alice, você sabe como ela é. Ela quer tanto você quanto Thony na festa. Pediu-me para eu vir aqui falar com você. Já que você não está atendendo ao seu telefone, eu achei melhor vir aqui.
—- Eu não entendo o porquê disso agora. Quer dizer... Alice não me odeia pelo que fiz?
—- Bella, todo mundo odeia o que você fez, não pense que todos nós nos esquecemos. - Ele disse e ela mordeu os lábios — Mas se vamos criar Thony juntos, seria bom que mantivéssemos um relacionamento saudável. E Alice quer apresentar Thony para os amigos.
—- Emmett e Rosie já conhecem Thony. Não teria o porquê de apresentá-lo...
—- Existem outras pessoas! - Ele rebateu — Era isso que eu queria lhe dizer. Será no domingo, por favor, leve o menino.
Ele levantou e saiu levando toda a sua elegância junto, além de sua beleza.
...............................
Bella se olhou no espelho mais uma vez antes de sair de quarto. Thony estava pronto, vestido e penteado, era domingo, ela estava indo ao famoso chá da tarde de Alice e a pequena festinha que ela supostamente organizou para apresentar o sobrinho para os amigos.
—- Thony, por favor, não destrua nada e se destruir, por favor, faça com classe. - Ela disse sorrindo e beijando a ponta do nariz do menino
O jardim estava decorado e todos estavam lá, pelo menos todos que Alice conhecia. Thony estava animado, como sempre, adorava ir para a casa do pai, o jardim da casa era perfeito para ele brincar. Bella avistou, assim que ela entrou, Rosie e Emmett conversando com casal de idosos, um pouco mais adiante, ela viu os pais de Jasper, o seu ex-Professor Fernandes, assim como também viu Nessie Denali, Kate Denali juntos a Jacob Black.
—- Bella! - Alice disse animada como sempre, Eleonora estava linda vestida como a princesa que era. — Você veio! - Ela abraçou a ex-cunhada — Obrigada, fiquei com medo que não viesse.
—- Tudo pelo Thony! - Bella disse sorrindo — Eu vou me juntar a Rosie e Emmett.
—- Tudo bem, eu vou apresentar Thony para os amigos!
—- Eu faço isso Alice! - Edward disse vindo por trás da morena — Afinal é o meu filho!
—- Claro! - Alice disse saindo e indo falar com outras pessoas.
—- Você esta ótima! - Ele disse analisando o vestuário da jovem, que vestia uma blusa creme e shorts branco com sapatilhas pretas. O cabelo estava repartido de lado, além de uma maquiagem leve, como sempre, ela estava linda.
—- Você também! - Bella disse — Vou me juntar a Rosie.
Bella deixou Thony com pai e seguiu em direção aos conhecidos amigos. Ela sorriu ao ver a loira perfeita ao lado do marido, o casal de senhores já não estava por perto.
—- Olá Bella! - Rosie disse sorrindo.
—- Oi!
—- Bella! - Emmett disse — Como se sente sendo jogada as cobras?
—- Tenho a sensação que vão me matar a qualquer momento! - Ela disse no mesmo momento em que Jacob olhou em sua direção.
—- Ele não vai fazer nada! - Emmett disse — Já não é tão poderoso assim, perdeu boa parte da fortuna, tem sorte por ainda poder ter uma vida de glamour.
—- Todos estão ótimos! - Bella disse se sentindo nervosa.
Em meio à conversa, Bella começou a relaxar, mas houve um momento, que tanto Rosie quanto Emmett lhe deixaram sozinha. Foi nesse instante que Jacob se aproximou.
—- Incrível como você fica cada vez mais linda com o passar do tempo! - Ele disse.
—- Jacob me deixa em paz! - Ela pediu.
—- Bella, eu vejo que você não perdeu tempo... Um filho, quem diria que a jovem Swan fosse mais esperta do que se imaginava?
—- Quem diria que você ainda fosse um idiota? - Ela disse — Agora, nós sabemos que estamos ferrados, dá o fora da minha vida.
—- Você me ferrou! - Ele disse entre os dentes — Você ferrou o meu sogro e me ferrou junto, eu posso não ter provas, mas você me quebrou legal.
—- Ótimo! Pelo menos assim você aprende a respeitar uma mulher.
—- Você não é uma mulher, é uma vadia! - Ele disse.
—- Jacob, eu não vou cair no seu jogo! - Ela disse — Eu posso ter quebrado você, mas você me quebrou ainda mais. No começo, eu achei que era mágoa, ódio por você ter me usado, eu acreditei, de fato, que amava você. - Ela sorriu. Depois ela olhou em volta — Eu nunca amei você, só tinha ódio pelo que você fez comigo, queria vingança, fiquei cega de ódio, eu não me dei conta da merda que estava fazendo. Sabe, a minha maior vitória foi provar para você que eu valia bem mais do que você acreditava.
—- Você não vale nada! - Ele disse com raiva.
—- Pelo contrário! - Ela olhou para ele — Fique com Nessie. Ela é uma garota incrível, dê valor ao que tem, porque quando se perde e bem frustrante.
Jacob olhou para morena que tinha o olhar ao longe, bem longe, mas exatamente em alguém... Edward estava em meio a uma roda de amigos com Thony nos braços, ele sorria, estava radiante.
—- Você se apaixonou! - Jacob disse incrédulo — Você é ridícula! Apaixonou-se pelo seu próprio golpe.
—- Pois é! O destino é meio cruel!
—- Fico feliz em saber que pelo menos isso eu ganhei de você! - Ele disse e saiu indo ao encontro da esposa.
...................................
—- Fernandes! - Bella disse assim que o Senhor de idade chegou.
—- Isabella, sempre linda! - Ele disse — Uma pena que o seu casamento com Cullen tenha terminado.
—- A vida segue... - Ela disse.
—- Sabe, que posso ser uma ótima companhia... - Fernandes insinuou.
—- Então seja uma ótima companhia para a sua esposa! - Bella disse irritada — E a próxima vez que me ofender desse jeito, movo uma ação contra você, acusando-lhe de assédio. Fique avisando!
Bella saiu em direção a Edward que estava com Thony no colo, em sua volta estava toda a família Denali.
—- Edward! - Bella disse.
—- Ah, Bella! - Ele sorriu para jovem.
—- Acho que está na hora de eu ir! - Bella disse levantando os braços, pegando o menino e o beijando — Diga tchau para o papai!
—- Não, fique... Você pode dormir no quarto de hospedes! - Edward pediu — Deixe-o passar a noite aqui.
—- Edward, amanhã ele virá passar o dia com você, eu acho melhor nós irmos!
—- Nada disso! - Alice disse — Vocês vão ficar! A festa mal começou e Thony vai brincar com Eleonora  agora, me dê ele aqui.
—- Alice, por favor...
—- Sem favores Bella, ainda não perdoei você pelo que fez.
—- Ela vai usar isso contra você por um bom tempo! - Edward disse e Bella mordeu os lábios.
...................................
Kate analisava a jovem morena como se ela fosse um dos mais misteriosos objetos de estudo. Bella se manteve na roda de conversa. Nessie, como sempre, fora gentil. O mundo caia sobre a sua cabeça e ela parecia não notar nada.
—- Está trabalhando onde? - Kate perguntou olhando para Bella.
—- Em um pequeno escritório no centro da cidade! - Bella disse.
—- Ah, eu acho que sei qual é! - Kate insinua — Pequeno e medíocre, para alguém que tenha um currículo assim como o seu.
—- Pois é! - Bella disse — Enquanto isso você vive a sombra de seu pai, muito justo! Soube que vocês perderam tudo?
Kate olhou para morena como se fosse arrancar o coração dela, então Jacob olhou com a intenção de dizer algo, mas se conteve.
—- Não estamos em bom momento! - Nessie disse – Papai está se reerguendo. Jacob está o ajudando. O meu marido tem sido um amor para a nossa família.
—- Com certeza! - Bella disse e Edward olhou para Black que tinha um sorriso na cara, ele ainda não tinha engolido o que aconteceu entre eles, a final, fora Jacob que desmascarou Bella, porém Edward nunca soube se era ódio ou amor que os motivava. — Bom, vou me juntar a Emmett e Rosie.
A morena saiu levando a sua adorável  beleza junto, deixando os rapaz e as damas para trás, sem se importar.
—- Nunca entendi o porquê de vocês terem se separado - Nessie comentou — Ela é linda e gentil. Edward, ela é mil vezes melhor do que Tania.
—- Não se engane minha querida! - Jacob disse — Até a mais inocente das mulheres, são cruéis quando desejam ser.
Edward apenas olhou para o Black e bebeu do seu champanhe, ignorando por completo o seu comentário.
..........
Bella estava na sala da casa dos Cullen. Emmett e Rosie estavam sentados no sofá, enquanto eles conversavam. Ambos falando de negócios e assim por diante, a maioria dos convidados já estava indo embora, eles sorriam e falavam besteira.
—- Ah! - Eleonora entrou na sala gritando e chorando --  Tia Bella, tia Bella, Thony está sangrando!
Os olhos da morena só faltaram pular do rosto, ela se levantou correndo em direção a sala de vídeo da casa, onde as crianças brincavam. Edward correra atrás sendo seguida pelo outros.
—- Thony! - Bella disse se jogando no chão, o menino estava caído inconsciente. — Um Médico! - Ela gritou — Chame um Médico, por favor! - Ela já chorava desesperadamente.
....................................
Bella estava sentada no sofá do quarto de Thony, o menino estava dormindo tranqüilamente em sua cama, após dar um belo susto nos pais. O menino havia caído de cima do sofá e batido a cabeça na quina da mesa de centro.
—- Você pode dormir. Eu vou ficar aqui com ele! - Bella disse.
—- Eu vou ficar com você! - Edward retrucou se juntando a ela no sofá – Eu sinto muito, talvez se Alice não tivesse...
—- Ele é uma criança Edward! - Bella disse interrompendo – Ele vai cair muitas vezes, o que precisamos fazer é ficar de olho e não deixar que ele desista de tentar novamente.
—- Quando foi que ficou tão sensata?
—- Quando descobri que estava grávida...
—- Quando você descobriu? Foi bem antes de você partir?
—- Quando Eleonora nasceu! - Bella sussurrou e estava cansada — Eu passei mal, fiz alguns exames e comprovei que estava grávida de poucas semanas.
—- Você nunca pensou em me dizer? Talvez...
—- Talvez você fizesse pior! - Ela disse — Você estava com tanto ódio Edward... Você estava procurando uma maneira de me machucar... E parabéns, você conseguiu de diferentes formas.
—- Você mentiu tanto! Ficava difícil acreditar em algo que saia de sua boca.
—- Eu nunca mentir em relação a nós!
—- Você disse que era só pelo dinheiro.
—- Eu menti! - Ela disse olhando para ele — Eu menti porque você me ofendeu, porque você nunca parou para me ouvir, porque você nunca perguntou se em meio a tudo aquilo, se eu te amava. Você simplesmente tirou as suas conclusões e acabou. Eu queria ter dito quando descobri da gravidez, eu vim para casa feliz, planejei de tantas maneiras a melhor forma de dizer que não éramos mais só você e eu, que havia uma pequena criatura crescendo dentro de mim, então quando eu entrei... Você estava com Tania, você tinha acabado de transar com ela...
Edward sabia quando foi, porque ele também se lembrava daquele dia, foi à única vez que ele notou no rosto da morena que ela estava mal.
—- Eu...
— Você queria me destruir de todo jeito possível! - Ela disse mantendo o olhar longe — Parabéns, naquele dia eu tive a certeza que nada do que tentasse fazer para convencer você do contrario, me adiantaria. Você estava disposto a acabar comigo. E se eu lhe dissesse que eu estava grávida, você diria que era apenas mais um golpe.
—- Você não facilitou! Você mentiu todos os dias... Você planejou tudo tão perfeitamente que tudo aconteceu do seu jeito. - Ele disse olhando para a morena que mantinha os olhos longe do dele — O que você esperava? Que eu simplesmente a perdoasse e esquecesse? Por tudo o que você fez? Bella, você destruiu a vida de várias pessoas por causa de uma vingança  estúpida. Você quase destruiu a minha vida.
—- Você já estava destruído, quando eu te conheci! - Bella disse e então olhou para ele — Se que saber se eu me arrependo? A resposta é não! Eu faria tudo de novo, talvez até pior. Não importa! Foram as minhas escolhas erradas que colocaram você no meu caminho, e pode parecer loucura, mas aquela criança, o meu Thony só nasceu por causa dos meus erros. Então Sr. Cullen, não venha me condenar ou me julgar por isso, você não foi o único que saiu perdendo. Eu também perdi bem mais do que esperava perder.
—- Eu não acredito! - Ele disse — Depois de tudo, você ainda não se arrepende?
—- Fale baixo! - Ela disse — O meu filho dorme!
—- Levanta! - Edward ordenou — Vamos terminar essa conversa lá fora!
—- Eu não vou sair daqui!
—- Você vai ou levo você arrastada?
Bella sabia que ele faria aquilo, ela viu a determinação nos olhos dele. Thony dormia profundamente  e o Médico havia dito que possivelmente ele não acordasse tão cedo. Ela o seguiu para o lado de fora do quarto, fechando a porta.
—- Você não pode simplesmente me dar uma ordem! - Ela disse.
—- Cale a boca! - Ele disse bem irritado — Agora você vai me ouvir. É bom ficar calada. Sabe, eu pensei que você tinha mudado, mas não, você continua a mesma egoísta de sempre. Calculista, aproveitadora...
—- Você está me ofendendo!
—- Cala a boca! - Ele disse irritado — Eu amei você! - Ele gritou e Bella arregalou os olhos — Sabe, eu tinhas duvidas, muitas em relação a você. Tinha duvidas se era real, se o que sentia era verdade e sabe por quê? Porque eu já tinha sofrido, o meu coração já tinha sido arrancado do peito uma vez. Eu estava morrendo de medo daquilo acontecer de novo. Mas eu me encantava por você a cada dia que te conhecia melhor. Você era perfeita como Advogada. Era perfeita como mulher... Você é linda Bella! Era possível ver nos olhos de cada homem o desejo de cobiça que eles tinham para com você. A inveja das mulheres perante a sua beleza e inteligência. Sim, eu estava amando e estava com medo e cheio de duvidas. Tania tinha acabado comigo uma vez, e o pior, é que achei que jamais fosse sentir aquilo novamente. O que senti por ela, não queria mais sentir por alguém. Então, você apareceu... Linda e tão jovem! - Ele ficou calado e Bella estava meio que em choque — Você era tão nova, talvez esse tenha sido o motivo por eu ter me mantido distante no começo, mas depois  não deu. Eu queria saber como era a garota que estava me deixando louco, queria te conhecer! E ainda havia Alice, ela adorava você. Bella, você desprezou tudo isso por uma vingança.
—- Edward...
—- Cala a boca! - Ele disse irritado — Eu podia ter duvidas sobre nós... Eu tive muitas conversas com Emmett em relação a nós. Tania ainda me assombrava muito, mas sem eu me dar conta, você foi apagando cada lembrança dela e fazendo as suas ficarem...
—- Mas você não perdeu tempo em voltar para ela, quando a gente rompeu.
—- Eu estava com ódio de você! - Ele gritou — Nem Tania com toda a sua ganância fez o que você fez. Você me usou...
—- Eu amei você! - Ela gritou e foi à vez dele calar — Você foi o único que eu já amei. Irônico! Sim, Edward, eu usei você no começo. O plano era conquistar e destruir, quando acabasse eu sumiria de sua vida sem deixar rastros. Eu sou boa nisso, você já notou... Só que eu levaria boa parte do seu dinheiro, senão todo ele. - O ruivo ficou pasmo com palavras dela — Mas com tempo você foi me conquistando, me ganhado em cada gesto, e céus, como eu amava fazer amor com você. Você me completava.
Bella limpou rosto onde algumas lágrimas insistiam em cair do seu rosto. Edward estava ao mesmo tempo em que surpreso irritado com ela dizia.
—- Então os planos mudaram... Seria apenas para eu destruir todos e ficar com você. Aí Jacob entrou em cena, contou sobre o fato de eu não ser mais virgem. E não, eu não menti para você, apenas não falei porque você estava tão feliz com idéia de ter sido o primeiro e me olhava com tanta ternura que não quis estraga aquilo, por isso me calei! - Ele passou a mão pelo cabelo – É irônico, mas eu me apaixonei perdidamente por você, então vi tudo desmoronar quando Jacob lhe contou toda a verdade. Você não quis me ouvir, nunca quis me ouvir, não dava pra ajudar quem não quer ser ajudado, Edward. No seu caso, você acreditou no que queria acreditar mais uma vez. Você tinha tanto medo de ser magoado, que deixou que esse medo te controlasse.
—- Não é verdade! - Ele gritou — Você mentiu o tempo todo, o que você faria se descobrisse que eu estava mentindo para você desde o começo? Eu só tive a reação que toda pessoa teria.
—- Não um pessoa normal, ela gritaria xingaria e no final teria o bom senso de escutar, porque toda historia tem dois lados! - Ela disse — Mas você nunca ouviu o meu lado.
—- O seu lado era só mais uma mentira!
—- Então por que está me ouvido agora?
O ruivo ficou calado olhando a morena que tinha o nariz vermelho e olhos molhados por algumas lágrimas.
—- Talvez porque eu seja um tolo.
—- Talvez porque você queria uma resposta! - Ela disse — Algumas coisas não mudam Edward. O passado sempre será o passado... Você pode viver nele, ou seguir em frente... A escolha sempre será sua. Só que eu não vou esperar por você. Eu não vou esperar você achar que deve me perdoar,  que talvez fosse verdade tudo que falei sobre nós. - Bella secou os olhos — Talvez um dia você acorde e já vai estar bem velhinho, então vai se perguntar o que você fez de sua vida. Onde estão às pessoas que realmente lhe amavam... Porque estar sozinho, Edward é bem pior do que perder um amor.
Edward não disse nada, apenas olhou para a morena que lhe encarava firmemente com petulância.
—- Não, não me olhe assim! Eu não vou te pedir desculpas. Eu não vou! Você também errou! - Ela disse — Eu sei o que fiz e te pedi desculpas uma vez por isso e você riu da minha cara, agora é tarde. E não me olhei como se a culpa fosse minha, não fui eu quem fiz isso tudo sozinha, foi você quem terminou, foi você quem acabou tudo!
Bella virou e respirou fundo algumas vezes, tentando se recompuser da conversa antes de entrar de volta no quarto do filho.
—- Não, você não vai entrar aí! - Ele disse — Não depois de tudo. Não é assim, não acabou.
—- Acabou sim! - Ela sussurrou ainda de costas para ele.
—- Não! Não, acabou! Não pra mim!
Bella sentiu quando as mãos grandes do Cullen lhe viraram com um pouco de brutalidade, lhe tomando a boca em um beijo urgente e cheio de  desejos e mágoas do passado...

Contínua...

10 comentários:

  1. Que capitulo foi esse, esse início foi quente. Até que enfim eles precisavam ter essa conversa.
    Amei o capitulo.

    ResponderExcluir
  2. Que capítulo...as coisas estão cada vez mais complicadas pra esse casal...

    ResponderExcluir
  3. Arrasou gata!!!!! Amoooooodoro

    ResponderExcluir
  4. Omg!O que será que vai rolar agora???

    ResponderExcluir
  5. Nooooossa se esse capítulo foi assim... já imagino o próximo. Emoção a flor da pele!

    ResponderExcluir
  6. Nossaaaaaaaa que capitulo... Ansiosa pelo proximo...

    ResponderExcluir
  7. Naaaaaoooo
    Por favor continua rapido!!
    Meu coração não aguenta!!!
    AMEI, Amei AMEI

    ResponderExcluir
  8. Leio e ré-leio em ansiedade para o próximo capítulo. JUL você foi maravilhosa nesse capítulo, nada correu a história seguiu um fluxo normal de tempo ao lermos sem correria. Ótimo capítulo, ansiando pelo próximo.
    Beijos: Dailane

    ResponderExcluir