Jul M

Oi

sábado, 6 de agosto de 2016

Capitulo 37


“Gosto quando peço um motivo qualquer pra ficar, e você me dá vários.”
                          — Jonatan F. Principar
Capítulo 37

A noite veio e Isabella nem se deu conta. Ela dormiu boa parte do dia, estava completamente sem sono no quarto, quando ouvi a água cair no banheiro, o seu marido estava se banhado. Ela se espreguiçou na cama e ao se levantar, foi logo tirando as poucas roupas, ficando completamente nua. Então, ela esperou o marido, pois já estava com saudades dele, fora uma semana muito longa e ela sentia falta de fazer amor com o esposo.
Edward não tinha pudor em relação a sua mulher, ele não via problema algum em sair do banheiro pelado e foi o que eles fez. Secou-se no banheiro mesmo e foi para o quarto completamente nu. Lá, ele encontrou a esposa sentada na cama do casal completamente sem roupas.

—- Algum problema, Bella? – Perguntou, mas a malicia estava presente em sua cara.
—- Nenhum! - Ela disse mordendo os lábios de maneira provocante.
Isabella sabia ser sexual quando queria, e naquele momento, ela queria muito que o marido aceitasse aquele convite mudo...
...............
Como se fosse possível resistir a sua bela e deliciosa esposa, aquela reação nunca passou pela cabeça do Cullen. Não demorou muito para que ele tomasse a linda morena em seus braços, beijando-a com urgência e cheio de desejo.
Ambos estavam deitados na cama, as pernas de Isabella estavam em volta da cintura do Cullen, as bocas dos dois estavam colada uma na outra. As mãos do Cullen passeavam livremente pela lateral do corpo da ninfeta e Isabella sabia que aquilo seria só o começo das preliminares entre eles.

.....................
O corpo de Edward estava por cima do de Bella, a menor tinha uma mão presa na bunda dele, apertando-o, ela gemia o nome do rapaz cada vez que ele a penetrava com força. As pernas estavam bem apertadas, dando apenas uma leve passagem para que Cullen se movimentasse. 

A boca dele tomava o pescoço dela, que tinha os olhos fechados, no exato momento em que gritou gozando no pau desejado.
Edward se afastou olhando para a morena que estava suada e com a face corada.
—- Já? Tão rápido! - Ele disse sorrindo de canto para ela — Acho que vamos ter que começar tudo de novo, uma nova rodada, baby.
A boca de Bella se abriu em um “O”, no entanto, o marido foi mais rápido, virou a morena e arrumou os travesseiros, então deixou a mulher de quatro para o seu total prazer.
—- Vamos bem devagar dessa vez! - Ele disse sussurrando em seu ouvido — Quero sentir a sua buceta me apertar.
A morena só gemeu e então sentiu quando o marido a penetrou novamente por trás, as mãos do Cullen seguravam a morena pela cintura, enquanto em um ritmo lento, ele mantinha a sua fome, dando total prazer à linda esposa. Isabella deixou o corpo cair sobre os travesseiros, ela gemia  de satisação, sentindo o marido tomar conta do seu corpo.

Edward sentia a buceta de Isabella o apertando cada vez mais, o ritmo das suas investidas ficou mais forte e então ele mudou de posição, antes que a morena gozasse novamente. Ele ainda não tinha alcançado o ápice naquela noite, o seu pau estava bastante inchado e pronto para gozar, mas antes ele queria vê à bela morena o montando, cavalgando-o com loucura. E foi o que ele fez, se deitou na cama e puxou Isabella por cima, deixando-a montá-lo.
—- Me faça gozar doçura...
Bella gemeu e mordeu os lábios, começou lentamente a mover os quadris para frente e para  trás, as mãos do marido tomaram conta de sua cintura, então a morena começou a aumentar o ritmo e a gemer. Palavras sujas saíam da sua boca, do jeito que Edward gostava, quando estava com ela daquela maneira. Ele delirava por Isabella boca suja e sem pudor algum em relação ao sexo que faziam.

Ela rebolou com gosto no pau do marido, até que ela gritou gozando novamente e sendo acompanhada por ele. A moça caiu por cima do peito do homem, ambos ofegantes e dopados de prazer.
........................................
Bella descansava a cabeça sobre o dorso do marido, ambos ainda nus sobre a cama, fedendo a sexo.
—- Acho que você precisa de um banho! - Edward disse passando os dedos pelas costas da jovem
—- Vamos fica assim mais um pouquinho! - Ela pediu fechando os olhos — Está tão bom ficar assim com você.
—- Não vejo problema nisso! - Ele disse agora mexendo nos cabelos dela.
—- Nem eu!
—- Só que se continuamos assim, logo eu vou querer bem mais do que apenas ficar abraçadinho a você. - Ele alertou a menina, o seu pau já estava começando a ganhar vida.
—- Quem disse que tenho a intenção de ficar só abraçadinha? Você me deixou carente Sr. Cullen, acredito que deva me ressarcir pelo dias que deixamos de fazer amor.
—- Isso será uma missão muito, muito interessante! - Ele disse levantando o rostinho dela. — Acho que vou adorar ressarcir você! E com juros!
E dizendo aquilo, ele tomou a boca dela em um beijo urgente, puxando o corpo amado para mais perto de si e tomando conta do que parecia que não iria terminar tão cedo.

Contínua...

2 comentários:

  1. Adorei o capitulo...
    Ansiosa por mais...

    Jul... Parabéns pelas fics...

    Amooo todas elas...

    Bjs...
    Liliane

    ResponderExcluir
  2. Adoreiiii o capítulo ..... Mais ainda to esperando as desculpas dele por ter enforcado ela

    ResponderExcluir