Jul M

Oi

sábado, 9 de julho de 2016

Capitulo 33


“Quando você encontrar um amor que vale a pena, faça-o durar.”
— Ron Pope
Capítulo 33

O mundo de Isabella mudou completamente, o que dizer da garota pobre que conseguiu se casar com um dos homens mais rico dos Estados Unidos? Claro, que a mulher planejou cada detalhe daquele golpe, desde o acidente onde quase perdeu a vida, até os dias atuais. Duas semanas longas e prazerosas se passaram, Bella tinha um closet novo, sapatos a perder de vista, um marido que era desejado por muitas mulheres, mas o que ela mais amava naquela nova vida era dizer a todos que ela era a Sra. Cullen de fato e de direito.
Edward adorava sempre ter a companhia da morena, no entanto, algumas vezes ainda tinha duvidas sobre o seu amor pela esposa, algumas vezes se pegava pensando na antiga noiva, se perguntava se a vida deles seria assim, como estava sendo a dele com a Isabella. Havia algo que ele não podia negar... ...a química deles na cama era perfeita, Isabella aprendia com perfeição a arte da sedução. No entanto, Edward ficou sem palavras quando o seu amigo Emmett comentou que não sabia dizer se o que via nos olhos do amigo fosse amor, ou apenas desejo carnal pela esposa.
—- Bom dia! - Bella disse entrando na Biblioteca de sua casa – Passei para te dar um beijo, tenho as duas primeiras aulas hoje!
—- Peça para o motorista te levar! - Ele ordenou.
—- Edward eu sei dirigir! - Ela retrucou — Posso usar um dos seus carros? - Ela pediu.
—- Tudo bem! - Ele assentiu dando um sorriso de canto. — Apenas tome cuidado ao dirigir, não quero que nada aconteça com você!
—- O que poderia me acontecer? - Bella disse caminhando em direção a ele e passando os braços por volta de seu pescoço, abraçando o marido por trás.
—- Sério mesmo? - Ele disse acariciando os braços da menina — Muitos acidentes acontecem  quando se está dirigindo.
—- Tudo bem! Eu tomarei cuidado! - Ela disse beijando-o com ternura — Se tiver trabalho para mim, deixe-o sobre a minha mesa.
—- Aproveite a aula! - Ele disse — Vejo você mais tarde.
—- Você não tem aula hoje? - Ela perguntou.
—- Não querida! Vou passar a manhã na empresa, tenho duas reuniões mais tarde.
—- Então tenha bom dia! - Ela sorriu abertamente.
—- Para você também, querida.
................................
A Faculdade era um lugar cercado de rótulos e títulos, seria impossível não saber quem fosse rico e quem não o fosse. Era fácil demais espalhar boatos, pois lá a fofoca corria solta. O casamento do Professor mais gato que aquela Faculdade já teve, não passou despercebido, claro que todos sabiam quem era Isabella, não só por sua beleza, mas por ser uma ótima aluna de Direito, elogiada por todos os Professores por ser muito talentosa. Os boatos sobre um relacionamento dela, na época em que o Sr, Cullen era o seu Professor, ocorreram e não deixaria de haver agora, só porque ela se casara com ele. A união só aumentou os falatórios.
—- Olá Angela! - Bella disse ao se juntar a amiga para almoçar.
—- Oi Bella! - Angela respondeu entusiasmada - Você está linda hoje.
—- Obrigada! - Ela disse — Presente de meu marido. Você sabe, Edward tem dinheiro e adora me mimar.
—- Fico feliz por você! - Ângela disse sorrindo.
A morena, naquela manhã, estava usando um vestido preto cheio de detalhes cor pele e saltos como sempre, os cabelos estavam soltos e lhe caiam naturalmente bem, ela estava muito bem maquiada. A morena sabia o quanto era linda e combinava isso com perfeição.
—- Garota! - Uma voz rouca e chatinha veio por trás de Bella — Escute aqui...
—- Fala sério! - Bella disse virando os olhos ao ver Tania
—- Escute aqui, não pense você que vai levar essa, só tenho duas coisas para te dizer... Uma, Edward não é seu. Outra, ele nunca vai te amar do jeito que ele me amou e ainda me ama.
—- Ama tanto você que se casou comigo! - Bella disse passando a língua nos lábios — Aceita que dói menos! Acabou, ele é meu!
—- Ele nunca será seu! Pode confiar!
Tania saiu do mesmo jeito que entrou... ...do nada. Ela não gostou muito do que a loira lhe disse, no entanto, não demonstrou nenhum tipo de fraqueza perante a loira.
..............................
Antes de ir para casa, Bella encontrou Rosie, que estava, para variar, gastando o dinheiro do noivo, fazendo compras.
—- Eu preciso dar um jeito nela! - Bella disse chamando a atenção da amiga.
—- Bella, o que está pensando em fazer?
—- Ainda não sei, mas essa Tania já tá me dando nos nervos. E não tô gostando nada disso.
—- Tem medo que o seu marido tenha uma recaída?
—- Nunca! Edward me ama, ele gosta de mim.
—- Parece que você tem duvidas sobre esse amor.
—- Rosie querida, pessoas como eu e você sempre teremos duvidas em relação a nossa sorte.
A loira apenas a olhou, entendendo o que a morena queria dizer, pessoas como elas que vivem de golpes, um dia podem ser enganadas também.
........................................
—- Daniella! - Edward chamou a empregada e amiga da família ao entrar em casa
—- Boa noite menino! - Daniella disse.
—- Daniella, onde está a minha esposa?
—- A menina ainda não voltou para casa.
—- Não voltou? Mas ela só teria duas aulas hoje na Faculdade...
—- Ah... - Daniella murmurou — A menina Alice está com algumas amigas, chegará tarde e disse que talvez nem durma em casa.
—- Estou subindo para o meu quarto. - Edward comunicou — Eu quero ser avisado quando a minha esposa chegar, por favor!
—- Claro, menino!
.................................
Edward já estava de banho tomado, vestia apenas as calças do pijama, enquanto secava os cabelos com uma toalha. Assim que terminou de secar os seus cabelos, Edward saiu do quarto indo para a Biblioteca. Todo o trabalho que ele havia deixado para que Isabella fizesse, ainda estava sobre a mesa, nada fora do lugar, afinal, a morena não passou em casa, nem mesmo para conferir os seus afazeres. Edward se sentou e ficou revisando alguns documentos e adiantando o seu trabalho. Ele tinha três processos atrasados e que precisava revê-los. As horas passaram rapidamente, e então quando ele se deu conta que já era dez da noite e nada da esposa chegar.
—- Aonde é que você foi Isabella? - Ele sussurrou ao olhar para o relógio novamente
Edward saiu da Biblioteca indo para o seu quarto, Danielle que já havia se recolhido. Ele já havia jantado na Biblioteca mesmo. Assim que ele abriu a porta, ele ficou pasmo...
Bella estava lá, ela vestia apenas uma calcinha azul. 

Os seus cabelos estavam bagunçados, deixando-a com uma aparecia sexy, no entanto, a morena ficou assustada quando viu o marido, ela não esperava por ele.
—- Edward! - Ela disse soltando o ar — Você me deu um susto!
—- Há quanto tempo você já chegou? - Ele perguntou.
—- Já tem um bom tempo! - Ela disse rapidamente — Daniella disse que você esperava pro mim na Biblioteca, mas resolvi primeiro tomar um banho.
—- Por que ela não me avisou de sua chegada?
—- Pedi a ela... Eu queria te fazer uma surpresa! - Ela disse simplesmente.
Os olhos de Edward vagavam pelo rosto da menina, o corpo dela estava seminu, os belos seios rígidos e firmes estavam à mostra.
—- Surpresa, hein?
—- Nada demais, só queria agradar o meu maridinho.
O homem olhou para morena que parecia nem mesmo se importar com o fato de estar nua, pois estava na frente do marido.
.......................
O corpo de Isabella estava por baixo de Edward. Ele a penetrava com força, a cada nova investida, a menina dava um gemido, acompanhado de um sorriso safado. 

O rosto de Bella estava tomando pelo puro prazer, os seus olhos estava fechado. Edward metia com precisão e muita força, os braços do maior estavam envolta da cabeça da menina, tentado controlar assim o ritmo de suas investidas, que eram intensas.

Com um braço apoiado no espelho da cama e outro sobre o colchão, Edward mantinha o ritmo das investidas, o rosto da menina era de puro prazer, a buceta dela cada vez mais apertada, o sorriso de satisfação estava na cara dela, que não parava de gemer no ouvido do marido.

Edward apoiou as duas mãos no espelho da cama, ficando sobre os seus joelhos, então ele passou a investir com mais força e mais profundamente, fato que a fazia o sentir lá no fundo, a mão do marido se afundando em sua cavidade com intensidade.

Com uma perna presa em um dos braços da menina, Edward diminuiu a velocidade das investidas, passando a ser mais lento, no entanto, bem mais profundo, ao ponto de fazer a esposa arregalar os olhos, ofegar perante tudo aquilo.

Sentindo a buceta da menina se apertar cada vez mais em volta do seu pau, Edward manteve o ritmo lento, mas com muita profundidade, beijando e afundando a cabeça na curva do pescoço da menor, fazendo Isabella gemer pelo pau dele.

Segurando na cabeceira da  cama com as duas mãos, foram duas arrematadas profundas na buceta da menina, então, o grito de Isabella ecoou no quarto, enquanto ela gozava, melando assim o pau do marido.

 Pouco depois o Cullen se esvaziou, gemendo alto e se afundando por inteiro dentro dela.
.......................
—- Quando for demorar me avise! - Edward pediu enquanto passava os dedos nas costas da mulher.
—- Eu estava com Rosie! - Bella replicou.
—- Entendo! - Edward disse — Mas não custa nada você me avisar.
—- Me desculpe! - Ela pediu olhando para o marido e beijando o seu peito — Estávamos falando sobre o casamento dela, que é daqui a duas semanas. Eu serei a madrinha e você o padrinho, sabe, coisas de mulher.
—- Eu não me importo que tenha amigas -  Edward disse acariciando o seu rosto — Ficou preocupado como você, e não gosto de ser o último a saber onde a minha mulher estar.
—- Tudo bem!
Bella não estava gostando nada daquela marcação do marido, no entanto, nunca teve alguém se preocupando com ela.
....................
—- Bom dia menino! - Daniella disse sorrindo logo pela manhã.
—- Bom dia Daniella! - Ele disse se sentando — Bella já está descendo e acredito que Alice, também.
—- Tudo bem, eu vou colocar a mesa! - Daniella disse — Ah, menino, ontem à tarde o jovem Black esteve aqui procurando a menina Bella. Perguntei se ele queria deixar recado, mas ele disse que não, parecia bem bravo.
—- Que Black? O marido de Nessie Denali?
—- Sim, o marido da menina Nessie! - Daniella respondeu — Até estranhei, pois ele estava bem alterado.
—- Tudo bem Daniella! - Edward disse — Quero que você me avise se ele voltar aqui atrás de minha mulher.
—- Pode deixar menino!
Daniella saiu deixando o Cullen sozinho, no entanto, ela o deixou pensando e curioso para saber o que o tal Black teria a tratar com a sua esposa, ele não estava gostando nada daquilo.

Contínua

4 comentários:

  1. Que filme é esse da Kristen?

    ResponderExcluir
  2. Amando a Fic, curiosa para saber qual vai ser a vingança contra o Jacob.

    ResponderExcluir
  3. Gente a casa da começando a cair para ela

    ResponderExcluir