Jul M

Oi

terça-feira, 31 de maio de 2016

Capitulo 28


“Você acha que conhece a pessoa, aí você percebe que era tudo fachada.”
— Lex Luthor: Smallville

Capítulo 28

Três dias  foi o que Isabella precisou para se vingar de Tania. Ela não precisou de muito esforço, tinha duas coisas que Isabella aprendera muito bem, trabalhando com Cullen. Não existe melhor negócio, do que sempre investir o seu dinheiro, e a outra é que a Bolsa de Valores seria sempre o melhor negócio.
A morena fez uma busca e conseguiu tudo que queria. Tania tinha todo o seu dinheiro investido na Bolsa. Isabella tinha desviado do Cullen uma boa quantia de dinheiro, ela deu parte para a mãe sumir de sua vida, levando o seu marido bêbado, e com a outra parte, ela fez alguns investimentos. Era assim que ela vinha vivendo, claro que o Sr. Dumom  lhe pagava um bom salário, mas Bella não era uma mulher de pouco, ela sempre queria mais.
Com uma jogada de mestre, ela conseguiu comprar boa parte das ações de Tania, deixando-a apenas com 10% das ações da empresa a qual a loira era dona. Agora ela estava pobre porque os 10% de ações não eram nada comparadas com que a loira tinha antes.
—- Bom dia! - Bella disse ao chegar ao escritório de Dumom.
—- Bella, eu tenho reunião importante em alguns minutos e quero você comigo! - Rafael Dumom exigiu.
—- Claro, estou indo! - Bella seguiu o loiro para sala de reuniões.
Bella ficou pálida quando viu Edward e ao seu lado Kate Denali, além de Tania. Por um momento, ela pensou em voltar e recuar, ela não queria encarar aquilo. Rafael segurou a sua mão e puxou-a mais para perto dele, pensando que ela estivesse passando mal.
—- Você está bem? - Ele perguntou baixo.
—- Sim! - Ela disse respirando.
—- Ótimo! - Ele replicou soltando a morena — Bom dia a todos! Que bom que puderam vir nesse sábado.
—- Eu preciso de respostas! - Tania exigiu arrogante.
—- Sim, Srta. Atle! - Rafael anuiu — Bem, essa é a minha assistente, a melhor de todas, Isabella Swan!
—- Já a conhecemos! - Kate disse — Mas não acho que ela seja tão boa assim, já que o Sr. Cullen a demitiu.
—- Ele não me demitiu! - Bella revidou — Eu pedi demissão!
—- Bom, acho que isso responde a sua pergunta Srta. Denali! - Rafael pontuou — Vejamos o motivo que os trouxe aqui. O Senhor Cullen é o seu representante legal?
—- Na verdade, não! Eu só estou acompanhado-as. Não atendo a esse tipo de caso.
—- Entendo! - Rafael aderiu — Você é especializado em Direito Penal e Criminal. Já teve grandes casos resolvidos. Meus parabéns!
—- Obrigado! - Ele disse, mas os seus olhos estavam na morena que usava um belo vestido preto.

—- Bom Srta. Atle, eu não vejo problema algum aqui. A transação  foi totalmente legal. Você investia na Bolsa, não vejo como possa ser ilegal esse ato.
—- Eu disse isso a ela!
—- Será que ninguém entende que estou sem nada? - Tania gritou — Tudo que era meu simplesmente foi embora. É impossível, mas aconteceu.
—- Tania, você sabia dos riscos quando passou a investir na Bolsa. Não deveria ter investido tudo, apenas parte, a Bolsa é incerta, um movimento errado a tudo acaba.
—- Então é isso? Tudo acabou? - Tania disse surpresa e Isabella a olhava com superioridade — Com apenas 10% de ações eu não posso viver!
—- Srta. Atle tem pessoas que não têm nem metade disso! - Bella pontuou — E conseguem viver muito bem, no entanto, elas têm a força de vontade e garra para trabalhar, talvez devesse começar a pensar seriamente em buscar um emprego.
—- Vadia! - Tania gritou — Você está se divertido com isso tudo! Você é uma cachorra!
Edward segurou a loira que estava bastante alterada, Rafael se colocou na frente de Isabella em um ato para protegê-la.
—- Srta. Atle controle-se ou vou pedir para se retirar.
—- Como alguém pode se deixar levar por alguém como você? - Tania disse com desgosto — Você é baixa, uma vigarista!
—- Tania, por favor! - Edward pediu.
—- Sr. Cullen, lhe peço que leve a sua amiga! - Rafael disse rígido — Ela está ofendendo a minha funcionaria e isso pode lhe gerar um problema bem maior do que só ter perdido as suas ações na Bolsa de Valores.
—- Acho que... - Edward começou a falar.
—- Tire ela daqui! - Tania gritou — Quero terminar essa reunião apenas com você Sr. Dumom.
—- Eu vou para a minha sala! - Bella disse baixo — Acho que não tenho o porquê de ficar aqui mesmo.
—- Tudo bem!
Bella se levantou da mesa e caminhou em direção a saída, deixando para trás todos eles.
.........................
Algumas hora depois, Rafael apareceu em sua sala, ele tinha nas mãos dois copos de café. A morena sorriu e ele entrou.
—- Pelo visto a sua manhã não começou nada bem!
—- Acho que manhã de ninguém! - Bella repate aceitando o café — Então o que aconteceu?
—- Ela tem que aceitar que perdeu tudo! - Rafael contou — A Bolsa é assim mesmo, um dia você tem no outro não! Mau negócio! Ela deveria saber.
—- Lamentável! - Bella anuiu.
—- Poderia ser pior, ela poderia sair sem nada desse investimento.
—- Talvez fosse até bom! - Bella sussurrou, mas Rafael não ouviu.
..................
Emmett tinha ido visitar o amigo, os preparativos para o seu casamento estavam a todo vapor. Edward parecia tenso naquela manhã, como se um furacão tivesse passado em sua sala.
—- Devo ir embora? - Emmett perguntou.
—- Eles estão juntos... - Edward disse e Emmett não entendeu.
—- Quem está junto?
—- Dumom e Isabella!
—- Que bom! Eles formam um casal bonito!
—- Não tem nada de bom nisso! - Edward argumenta contrariado.
—- Então...
—- Como ela pode? Em tão pouco tempo... - Edward questionou mais para si mesmo — Eu achei que ela me amasse...
—- Assim como ela também achou que você a amava! - Emmett rebateu.
—- O que você sabe? - Edward perguntou olhando acusadoramente para o amigo.
—- Ela esteve na minha casa há alguns dias. - Emmett disse — Conversei sobre vocês... Sobre ela ter ido embora sem dizer nada, ela apenas disse que não queria ser magoada e que não sabia lidar com aquele sentimento.
—- E os meus? Ela se perguntou? Ela não sabe como eu me senti! - Edward trasladou.
—- Então por que você não foi atrás dela? - Emmett perguntou — Você sabia onde ela estava... Sabe onde ela estuda. Você a ver praticamente todos os dias... Então por que a deixo ir?
Edward não respondeu a nenhuma das perguntas do amigo, pois nem ele sabia o que tinha acontecido, apenas que tudo parecia estar confuso naquele momento.
—- Ela disse que você e Tania estavam presos no “SE” e ela não iria ficar no meio. - Emmett contou — Talvez ela tenha razão...
Edward olhou o amigo sair e ficou se perguntando o que de fato aconteceu.
.......................
Alice estava no sofá lendo um livro quando Edward chegou, a  menina havia parado de falar com irmão por alguns dias, depois se limitou ao básico.
—- O que aconteceu? - Ela perguntou ao olhar o irmão entrar.
—- Tive um dia ruim! - Ele disse.
—- Ultimamente todos os seus dias estão sendo ruim! - Alice rebateu.
—- Não vamos brigar!
—- Não estou brigando! - Alice disse — Apenas não entendo como você pode Edward... Tania destruiu a sua vida e fez de tudo para te ferrar, no entanto você voltou com ela.
—- Não voltamos! - Edward disse — Tânia tentou me convencer que eu ainda a amava e eu apenas me diverti vendo o seu desespero para provar a sua teoria. Sei que fui cruel, mas às vezes é bom ver o quanto ela é patética.
—- E Isabella, o que você sentiu por ela?
—- Eu queria me casar com ela... - Ele olhou para irmã — Ela me odeia agora, e não posso culpá-la.
—- Você é patético! - Alice disse se levantando — Talvez você devesse ir atrás dela e falar a verdade, e dizer como se sente.
—- E se ela me recusar?
—- A culpa será somente sua por tê-la deixado partir.
Nada foi mais dito, Edward ficou na sala enquanto Alice voltava para o quarto, esperando que irmão tomasse coragem e fosse atrás da morena.
Contínua...



“Se for acender o fósforo, deve se preparar para lidar com as chamas.”

— Lex Luthor: Smallville

2 comentários:

  1. Capitulo pequeno e vago... ��

    ResponderExcluir
  2. Poxa esperei uma semana e esse capítulo não explicou muito 😥😥😥 foi meio decepcionante. .... A Viganca contra a Tânia foi Boa mais esperava mais ....

    ResponderExcluir