Jul M

Oi

sábado, 19 de março de 2016

Capitulo 17


“Éramos como a folha e o vento. Impossível de ficar juntos, mas, algo nos trazia para perto.”
— Baianizando.

Capítulo 17

A malícia é algo que adquirimos com o tempo e a usamos quando necessário, mas no caso de Isabella, ela era toda a malícia e a maldade em pessoa. Naquela manhã, assim que se despediu de Alice, a morena teve o prazer de encontrar Mike, o seu ex-namorado e atual namorado de Jessica.
—- Nossa! Olha quem está de volta! - Bella comentou com certa maldade na voz — Como foi a sua viagem quase perfeita?
—- A minha viagem foi perfeita! - Mike disse, mas foi impossível disfarça o desejo vivo nos olhos dele. O jovem ainda tinha uma queda grande pela morena.
—- Impossível! - Bella disse chegando perto demais dele, deixando-o nervoso — Eu não estava lá, então não foi perfeita, e nem tente fingir você não desejasse que fosse eu e não a sua namoradinha! - Ela sussurrou próximo ao ouvido dele  e se afastou — Fazer o quê? A vida não é justa mesmo.
—- Espera! - Mike disse puxando-a pelo pulso e segurando-a com força.
—- Me solta! - Bella exigiu — Me solta, agora Mike!
—- Você não vale nada Isabella! - Ele disse em meio a um ataque de pura raiva, devido à distração indesejada que ela causava nele - Se você... Se você não tivesse mentido, talvez eu pudesse te perdoar.
—- Eu não quero o seu perdão, mas você deveria implorar pelo meu! - Ela disse com ódio nos olhos — Agora tira essas patas sujas de  mim.
—- Você não passa de uma pobre coitada, que não tem onde cair morta! - Mike disse cruelmente — O que acha...
—- Me solta! - Ela disse agitando o braço e tentando sair do agarre dele.
—- Eu acredito que a jovem disse para soltá-la! - A voz rouca de Edward ecoou atrás deles. Se Isabella tivesse armado, não teria saído tão perfeito. — Senhor Newton, acredito que a Srta. Swan pediu para soltá-la.
Mike olhou meio assustado e meio pasmo ao ver o mais renomado Advogado da cidade falando com ele, e se referindo a Isabella com certa admiração.
—- Recomendo que deixe Isabella em paz, ou ela pode entrar com uma ação contra você.
Mike não disse nada, apenas olhou com ódio para Isabella e saiu. Edward esperou até que ficassem apenas eles dois sozinhos para então voltar a falar.
—- Você está bem?
—- Acho que só o meu orgulho é que foi ferido! - Ela disse esboçando um leve sorriso que não chegava nem aos olhos.
—- Não acredite em nada que ele disse! - Edward e Isabella arregalaram os olhos, ele tinha ouvido, mas até que ponto ele ouviu?
—- Você ouviu?
—- O que ele disse é uma grande mentira! Você é talentosa e tem um futuro brilhante! - Edward disse — Acho melhor você ir para sala, ou vai se atrasar.
—- Obrigada! - Bella disse beijando-o de surpresa no rosto — Muito obrigada mesmo, Sr. Cullen!
Aquelas palavras foram diretamente para as calças do homem, sempre que ela falava, o efeito era direito em seu pau. Foi preciso muito esforço para ele não arrastá-la dali para um canto escuro e sabe-se lá fazer o que com  ela.
.........
—- Olá! - Angela a cumprimentou — Você tá linda!
—- Correção amiga! – Bella retrucou sorrindo — Eu sou linda!
—- Claro, claro! - Angela assentiu sorrindo também
—- Como foi de viajem? Quero saber de tudo. Como está Ben?
—- Foi ótimo! - Angela disse — Advinha?
—- O quê?
Angela mostrou a mão com um belo anel de noivado, Isabella e a amiga soltaram gritinhos e então se abraçaram.
—- Ai meu Deus! Parabéns! - Bella falou feliz — Quando? Quando ele fez o pedido?
—- Há duas noites! - Angela respondeu sorrindo.
—- Meus parabéns! - Bella falou contente — Eu quero ser a sua madrinha, é claro!
—- Com toda certeza! - Angela concordou — E você vai me ajudar também com a organização, preciso de sua ajuda nisso!
—- Tudo bem!
Bella poderia até parecer feliz, o que era novo para ela também, saber se realmente estava feliz ou se fingia estar, nem mesmo ela mais conseguia identificar os seus sentimentos. Mas de uma coisa ela tinha certeza, ela estava com ciúme por ser a sua amiga e não ela a estar noiva.
—- Angela! - Jessica disse entrando na sala — Meus parabéns! Encontrei Ben e ele me disse sobre a novidade. Oh, fico também feliz por você, em breve serei eu.
—- Obrigada Jessica! - Angela disse por educação.
—- Claro, se casar com alguém que ama outra deve ser tudo de bom! - Bella alfinetou com maldade.
—- Pelo menos eu ainda me casarei e você? - Jessica rebateu com ódio nos olhos.
—- Bom dia a todos! - Edward cumprimentou entrando na sala — Eu sou o Professor Edward Cullen Masen, serei o Professor de vocês nesse semestre de Direito Penal. Todos em seus lugares!
Edward explicou as vias do Direito Penal e também explicou como as leis se aplicavam em nosso país. Fez um resumo básico de alguns casos importante.
—- Capítulo dois, para próxima aula! - Edward orientou — E, por favor, desejo ouvir a voz do resto da turma, a Srta. Swan não é a única aluna desta turma.
—- Mas é uma metida! - Jessica disse.
—- Não Srta. Stanley, a Srta. Swan se esforçada e é estudiosa!
—- Nem todo mundo pensa como você Professor! – Jessica disse.
—- Seu pai pensa, e você deveria começar a estudar se deseja mesmo passar nessa matéria. - Edward disse e todos na sala riram — Estão liberados por hoje. Srta. Swan fique, eu desejo falar com você.
—- Hum alguém tá com problema! - Mike disse pegado as suas coisas e saindo juntamente a Jessica que estava bem chateada.
—- Te vejo depois amiga! - Angela disse e sorriu.
—- O que deseja? - Bella perguntou.
—- Primeiro, quero lhe pedir desculpas pelos comentários maldosos de sua amiga!
—- Ela não é minha amiga e acredite-me, ela me odeia! – Bella pontuou.
—- Que seja! E segundo, o seu horário de trabalho mudou, você entrará às três da tarde e sairá às sete horas. Agora, tudo que preciso que você faça hoje, já está sobre a sua mesa, caso não tenha visto, então, por favor, não se atrasasse e qualquer contratempo me avise.
—- Claro! - Bella assentiu — Tenha um bom dia.
Bella não voltou mais a ver Edward naquele na faculdade dia e em casa, ele agia formalmente com ela, e desse jeito a semana foi passando, então sexta feira à noite chegou...
........................
Bella usava um vestido preto discreto, justo  no corpo. 

Ela precisava ir buscar o seu novo vestido  na casa de sua madrinha. Na noite em que ela foi busca-lo, Phill estava lá e assustou-a de verdade.
Alice entrou no quarto da menina, ela usava um vestido tubinho e a sua maquiagem estava perfeita, além dos belos sapatos rosa.
—- Me ajuda, me ajuda! - Alice pedia nervosa — Como estou? O cabelo? Meu batom? Bella, me ajuda!
—- Hey fica calma! - Bella tentou a acalmar — Você está linda! Perfeita! Só não entendo o porquê de estar tão nervosa assim!
—- Jasper... - Alice disse — Ele é o melhor amigo de Edward ou foi um dia... Ele viajou, montou o seu próprio negócio, hoje ele é um empresário da Construção Civil, um homem muito talentoso e reconhecido internacionalmente.
—- E você gosta dele? - Bella concluiu.
—- Ele é bem mais velho do que eu! - Alice disse pesarosa — Talvez fosse algo de adolescente, mas agora que ele tá de volta. Eu tô me sentindo como uma adolescente novamente.
—- Bom, a minha dica para você... - Bella disse levantando e acabando de se arrumar — Seja apenas você, e por falar nisso, você está linda.
—- Tem certeza?
—- Totalmente! Ele vai amava você assim que ele te olhar! - Bella afirmou — E se não acontecer e porque ele é um babaca.
—- Obrigada! - Alice disse mais controlada — Você é uma boa amiga.
Na sala, Rosie estava linda em seu vestido branco, como sempre, a garota tinha arrasado no visual, mas como Isabella havia lhe dito, ela tinha que ser inocente e não vulgar.
—- Bella! - Rosie disse sorrindo.
—- Rosie. Essa é Alice, a minha amiga! - Bella apresentou — Alice essa é Rosie, também minha amiga.
—- Se é amiga de Bella, também será minha amiga - Alice disse — Venha, vou te mostrar a casa.
Alguns minutos depois delas terem saído da sala, Edward apareceu de surpresa.
—- Você está linda! - Ele elogiou sussurrando em seu ouvido — Encantadora!
 Isabella sentiu um arrepio percorrer a sua espinha e então se virou olhando o homem perfeito em um terno azul e uma camisa branca por baixo.
—- Boa noite! - Ela disse.
—- Igualmente! - Ele respondeu tirando do bolso um colar — Acho que ficará perfeita com isso!
—- Não! - Bella disse se fingindo de ofendida, mas estava deslumbrada com a joia. — Eu não posso aceitar!
—- Então fique como um empréstimo - Edward disse já colocando a joia em seu pescoço — Depois da festa me devolva.
Daniele abriu a porta e ambos se afastaram. Era Emmett, ele estava sozinho. Isabella sabia disso porque Heide, a esposa do grandão, não iria querer sai por Jessica, filha deles, estar de volta.
—- Emmett! - Edward o recebeu com alegria.
—- Edward! - Emmett o cumprimentou de volta — Bella, como sempre linda e encantadora!
—- Obrigada Sr. Stanley!
—- Me chame de Emmett! - Ele disse ao mesmo tempo em que Alice voltou com Rosie. Emmett não deixou de notar a loira perfeita. — Quem é essa bela jovem Alice, minha queridinha?
—- Oh! - Bella disse fingindo surpresa — Essa é Rosie, ela é minha amiga. Rosie, esses são os Senhores Emmett Stanley e Edward Cullen, este último é o meu chefe!
—- Um prazer em conhecer os dois! - Rosie disse dando um sorriso tímido, mas os seus olhos estavam em Emmett, não deu para disfarçar o interesse da loira.
—- Quem ainda falta? - Emmett disse não disfarçando o seu interesse, também.
—- Bom acho...
—- Que ninguém! - Jasper disse sorrindo entrando, ele estava deslumbrante em um suéter preto e calças da mesma cor. — Desculpe-me pela demora, os meus pais não puderam vir, mas aqui eu estou! Edward, meu amigo!
—- Jasper, como sempre impecável! - Edward disse sorrindo — Bem, vamos às apresentações... Acho que Emmett você ainda conhecer!
—- Claro, continua o mesmo chato de sempre. - Emmett riu.
—- Agora com um pouco mais de idade. - Emmett disse sorrindo novamente.
—- Bem, essa é Isabella Swan a minha assistente! - Edward disse e Jasper sorriu.
—- Se desejar trabalha com alguém mais divertido, me avise! - Jasper disse e Edward olhou feio para o amigo, pois conhecia bem a fama de galinha do amigo.
—- Rosie, amiga de Bella e Alice, a minha irmã. Você ainda se lembra dela, não é?
—- Alice! Alice, aquele menina de óculos e aparelho virou esse mulherão? - Jasper disse surpreso — Acho que não posso mais chamar você de menina, não é?
—- Não, não pode! - Alice disse taxativa.
—- Então chamarei de boneca linda! - Jasper disse tocando o seu queixo e sorrindo radiante para ela.
—- Acho que já chagaram todos, vamos jantar! - Edward convidou.
A noite foi cheia de olhares e incerteza. Edward não deixou de notar os olhos de Emmett para Rosie e a mesma para ele. Jasper fitava, algumas vezes, Isabella que parecia alheia  a aqueles olhares, e por fim, o próprio Edward, que não conseguia tirar os olhos, nem o pensamento da morena deslumbrante.
—- Foi uma noite agradável! - Jasper disse — Temos que marcar algo novamente.
—- Vou dá uma festa em breve, daí você terá que vir! - Alice pediu.
—- Com prazer Alice, minha boneca! - Ele disse beijando a bochecha dela, deixando-a corada.
—- Edward  até mais! - Jasper se despediu — Minha querida Bella, pense na minha proposta e se desejar trabalhar com alguém mais divertido, me avise!
—- Gosto do que faço aqui, Senhor Halle! - Bella assegurou — Mas obrigada mesmo assim!
—- Bom Bella, eu também vou indo! - Rosie disse.
—- Mas já? Pensei que fosse ficar... - Bella retrucou marota.
—- Não posso, tenho uma entrevista amanhã cedo! - Rosie justificou.
—- Tudo bem! - Bella assentiu — Edward, Thomas poderia levar Rosie?

—- Não precisa Edward! - Emmett interviu — Eu a levo a sua casa! Pelo que falamos, ela mora em meu caminho, não será trabalho algum.
—- Se você não se incomodar – Edward ponderou — Boa noite Rosie, foi um prazer ter você em minha casa!
—- O prazer foi meu! - Rosie agradeceu — Vamos marcar de sair Bella e Alice?
— Claro! - Alice disse — Vamos marcar!
—- Ótimo! Até mais Bella, Alice.
Todos partiram em direção ao seu destino. Alice sorriu e se despediu de Bella e Edward, subindo as escadas, correndo e sumindo em seu quarto.
—- Acho que vou dormir! - Bella avisou.
—- Por favor, me acompanha até a Biblioteca!
 Ambos caminharam até a Biblioteca em silêncio, assim que os dois entraram, Edward fechou a porta, não deu nem tempo de Bella entender o que se passava e ele a puxou, beijando-a com vontade e tanta intensidade, que a menina se sentiu invadida, violada.
—- Queria fazer isso à noite toda! - Ele sussurrou enquanto a sua boca corria pelo pescoço dela, ele apertando o seu corpo contra o dela — Tem alguma ideia do que está fazendo comigo?
—- E você tem ideia do que você está fazendo comigo, também? - Bella sussurrou ofegante, o afastando e o empurrando.
Por um momento, Edward pensou que ela estivesse fugindo, mas a menina pulou em seu colo e tomou a boca dele em outro beijo, mais urgente e mais necessitado do que o primeiro.
Alguns objetos que estavam em cima da mesa foram parar no chão, quando Edward sentou Isabella sobre o móvel. O beijo continuou ainda mais intenso  e mais urgente, as mãos de ambos percorriam o corpo dos dois de uma maneira totalmente indeiscente e sem nem um pudor. Até que o barulho de algo caindo do lado de fora da sala, chamou a atenção deles.
—- Eu tenho ir! - Bella disse tentando se arrumar e saiu correndo, ao empurrar Edward para o lado.
 Edward tentou impedir, mas a menina subiu as escadas correndo e se trancou no quarto.
—- Você não imagina o quanto esse jogo está ficando interessante, Senhor Cullen... - Isabella sussurrou para si mesma, olhando pela janela.

Contínua...

2 comentários:

  1. Que Jasper mais assanhadinho. Espero realmente que a Bella saiba o que esta fazendo. Porque senão ela quem vai sair mais machucada de tudo isso.
    Ass:Lívia

    ResponderExcluir
  2. Volteii e te mtos caps pra ler!!! E a Alice arrastava um bonde pelo Jasper kkkkk E ele parece com muita vontade de deflorar a irmãzinha do amigo kkkkkkkkkkkk
    Tamara

    ResponderExcluir