Jul M

Oi

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Capitulo 14


“Quem sou eu para falar de amor, se o amor me consumiu até a espinha?”
— Chico Buarque

Capítulo 14

“Por que desses olhos tão grandes? - Perguntou a Chapeuzinho ao Lobo Mau.
— É para te ver melhor! - Disse o Lobo.”

...naquela manhã, foi o que Isabella pensou, quando sem querer, encontrou na casa de Rose o livro de conto infantil “Chapeuzinho Vermelho”, um dos clássicos mais famosos de todos os tempos.
—- Aonde vai? - Rose perguntou  ainda deitada na cama.
—- Embora... - Bella respondeu passando as mãos pelos cabelos, os arrumando — Já estou atrasada, e pior, dormi fora de casa, sem nem ao menos dar uma explicação.
—- Oh, oh, vai com calma! - Rose se espantou — Você mora na casa desse cara aí, só isso, não faça dele o seu dono. Você é livre!
—- Sim, eu sou livre - Bella disse terminando de se arrumar, a ressaca era evidente em sua face — Porém não custa nada avisar, e apenas questão de respeito e consideração.
—- Você não tem respeito por ninguém! - Rose exclamou dando um meio sorriso.
—- Rose, eu adoraria ficar e discutir com você a minha falta de moral... - Bella disse — Mas de fato, tô atrasada, e fora isso, eu trabalho para ele.
—- Tudo bem! - Rose concordou — Mas vamos marcar para sair novamente, ok?
—- Claro! Me liga! - Bella disse saindo e batendo a porta.
.............................
Como o “Lobo Mau”, Edward tomava o seu café da manhã em silêncio, ele estava na sala de estar. Alice ainda viajava, Bella seria a sua companhia, porém ela não estava em casa. Ela não dormira em casa, e tão pouco Edward conseguiu dormir. Ele perguntou para as empregadas sobre a morena, mas ninguém soube dizer se ela já havia chegado ou não, até aquele exato momento.
—- Bom dia Srta. Swan! - Edward disse quando a menina tentou passar nas pontas dos pés, sem fazer barulho algum — Pelo visto a noite foi boa? Senão você não estaria chegando agora, não é?
—- Desculpe-me... - Bella pediu sem olhar para ele. — Acabei saindo tarde, então achei melhor dormir na casa de uma amiga.
—- Poderia ter avisado! - Edward bramiu — Há muito trabalho esperando por você em sua mesa.
—- Claro! - Bella disse envergonhada — Vou só tomar um banho e resolverei tudo!
—- O seu horário de trabalho já começou! Deixe o banho para depois! Se desejasse tanto tomar um banho, que tivesse chegado mais cedo ou dormido em casa! - Edward explodiu.
—- Qual é o seu problema? - Bella gritou virando e olhando para ele. — Eu só não dormi em casa, você não tem o direito de repreender assim, não sou nenhuma criança.
—- Mas está em minha casa! - Edward disse batendo na mesa.
—- Por que a sua irmã me chamou! - Bella disse olhando furioso para ele — Sei que está decepcionado pelo meu atraso. Ok! Eu aceito... Mas não pelo o meu comportamento. Eu sou hóspede  na sua casa, não sua prisioneira. E estou indo para Biblioteca, trabalhar agora Sr. Cullen.
Os dentes de Isabella estavam travados, mas aquilo não causou piedade alguma em Edward, o belo homem tinha um olhar frio e severo para a menina. Ela saiu manchando em direção à Biblioteca e se sentando em sua mesa e logo começando a trabalhar.
Alguns minutos depois, Edward entrou na sala tomando conta de sua mesa, contudo não deixando de prestar atenção em sua assistente, toda hora, ele a chamava e lhe entregava mais e mais trabalho. Já era quase onze da manhã quando Isabella se levantou da mesa, levando alguns documentos recém-revisados por ela. Edward se encontrava do lado de fora da sala, encostado em uma mesa, relendo dois artigos novos que ele havia imprimido. Isabella deu dois passos em sua direção e sentiu a sala rodar, ela ficou tonta e as suas pernas falharam.
— Isabella! - Edward disse segurando a jovem pela cintura e próximo ao seu corpo — O que você tem menina? Está pálida...
—- Eu fique tonta! - Bella sussurrou.
—- Você tomou café? - Edward perguntou pegando Isabella no colo e saindo com ela da sala. — Daniele, Por favor, traga para o quarto da Srta. Swan uma bandeja com comida, suco e água também.
—- Meu Deus! - A empregada gritou — O que aconteceu com a moça?
—- Ela não comeu nada até agora! - Edward disse já subindo com ela em direção a escada. — Não demore Daniele.
—- Claro Senhor. Já estou indo! - Daniele a empregada disse.
Edward subiu até o quarto da jovem, colocou-a na cama, arrumando-a de maneira confortável e tirando os seus sapatos.
—- Devia ter comido alguma coisa! - Edward disse arrumando os travesseiros.
—- Eu até queria, mas você  começou a brigar e reclamar.
—- Eu não deveria ter...
—- Ter feito aquilo? Brigado comigo sem motivos?
—- Você deveria ter voltado para casa ontem.
—- Eu dormi na casa de uma amiga, eu já disse!
—- Senhor, o  café para menina! - Daniele disse entrando — Fiz algo leve, o almoço logo estará pronto, não quero que ela perca o apetite devido a isso.
—- Deixe aqui! - Edward disse apontando para a cama — Pode ir, Daniele.
—- Melhoras meninas!
—- Obrigada Daniele!
—- Coma! - Edward disse — Onde você dormiu?
—- Vai me interrogar agora?
—- Na verdade vou! - Edward disse meio irritado — Há algumas coisas que me veio à memória esse dias... ...primeiro, você saiu e depois disse que voltaria e depois chegou somente esta manhã.. E tem Black, ele esteve aqui ontem procurando por você, não entendi o porquê, ele apenas disse que vocês eram amigos. Por onde quer começar a falar?
Bella estava pálida, Jacob esteve ali para falar com ela, como ele pode fazer aquilo, sabendo que a sua esposa era muita amiga do Cullen, e ainda assim, ele o fez.
—- Uma amiga minha está na cidade! - Bella disse olhando para bandeja de comida — Rosie, ela voltou para cidade e saímos juntas, bebemos, ficou tarde e voltamos para casa dela que era mais perto, por isso cheguei somente esta manhã.
—- E Black? Ele parecia ter muita intimidade com você. Por que ele chamou você de Bells?!
Os olhos de Bella  só faltaram saltar de seu rosto, os grandes olhos chocolates estavam assustados.
—- Por que esta me perguntando isso? Eu não faço ideia do que você esteja falando...
—- Ele disse que vocês cresceram juntos!
Bella pensou em mentir, mas poderia se complicar ainda mais, não sabia até que ponto Jacob havia  comentado sobre a relação dos dois.
—- Crescemos juntos, sim... - Bella ponderou — Jacob é o filho bastado do Billy Black, ele só foi morar com o pai quando a mãe dele morreu, então  perdemos o contato, voltei a vê-lo na festa, na casa de seu sogro.
—- Ele disse a mesma coisa! - Edward retrucou — Mas não me convenceu!
—- Qual é o seu problema? - Bella perguntou explodindo. — Você não é nada meu... Por que isso tudo?
—- Você me beijou! – Edward pontuou.
—- Mas você me mandou ficar longe! - Bella disse saindo da cama — Eu já estou bem, pode sair do meu quarto agora.
—- Está me expulsando de minha própria casa? - Edward perguntou irônico.
—- Quero que saia de meu quarto! - Bella disse — Estou cansada de você me acusando e brigando comigo, sem motivo... Você não é nada meu, a não ser o fato de que é o meu chefe.
Edward olhou feio para Bella, a menina chegou perto apontando o dedo para ele.
—- Saia!
—- Você não manda em mim! - Edward disse segurando a mão de menina — E não aponte o dedo para mim. Porque senão...
—- Senão o quê?
Bella de fato foi pega de surpresa, ainda mais quando Edward lhe puxou de uma única vez e então ela sentiu os lábios dele nos dela, tomando a sua boca com urgência e uma leve brutalidade,  a única coisa que passou pela cabeça da morena foi que ele, sim ele, estava lhe beijando...



Contínua...

4 comentários:

  1. Noooossa! Será que agora vai? Essa crise de ciúmes dele foi fantástica hahahaha. E que história é essa do Black indo atrás da Bella na casa do Edward? Que cara de pau. Amei mais uma vez o capítulo. Estou super ansiosa pelo próximo.

    Ass: Lívia

    ResponderExcluir
  2. Que baphoooooooooo! O.O Já quero o próximo!!!

    ResponderExcluir
  3. Acho que ela deveria dizer a verdade sobre o jacob.
    que eles estam namorando quando ele comunicou que iria casar com alguem rica e não com ela por ser pobre.

    ResponderExcluir
  4. weu acho q se ela contar a vdd pra ele sobre o o jacob, ele é capaz de ajudar ela a se vingar dele. só q se ela continuar mentindo mto, vai se dar mto mal.
    Tamara

    ResponderExcluir