Jul M

Oi

sábado, 12 de dezembro de 2015

Capitulo 3


"O mundo não é ruim, apenas está mal frequentado."
— Tumblr.

Capitulo 3

O caminho de volta para casa foi feito em silêncio. Isabella estava envolta com os seus pensamentos bem longe. Ao final, ela agradeceu ao motorista que ela nem sabia nome. Ela e a sua família saíram do carro e voltaram à realidade em que viviam. Já dentro de casa, Renée não aguentou mais e cuspiu as palavras.
-- O que se passou Isabella? Será que você não notou que ele era um homem rico?
-- Claro que notei Renée! Não só notei como sei muito bem quem ele é.
-- O que quer dizer? - Renée quis saber interessada
-- Ele é ninguém mais, ninguém menos do que Edward Cullen. O melhor advogado de todo o país. Ele é dono da maior Firma de Advocacia de nosso estado. Ele é deveras conhecido por suas grandes atuações nos tribunais.
-- Melhor ainda menina burra! - Phil disse irritado — Nós teríamos arrancado uma boa grana daquele Mané!
-- Cale a sua boca! - Bella o repreendeu — Você não é ninguém nessa casa, e fracamente, eu estou cansada demais para dar atenção para vocês dois.
-- Isabella! Volte aqui e não me deixe falando sozinha! - Renée gritou, mas a menina já havia se trancado em seu quarto.
Enquanto Isabella pensava no futuro brilhante que ela poderia ter, se conseguisse se aproximar do Cullen, Edward não conseguia tirar o rosto inocente da menina de sua memoria.
-- Terra chamando! - Emmett estralou dedos na frente do rosto do amigo — Você está distante, cara.
-- Desculpe-me! – Ele replicou passando a mão pelos cabelos — Hoje meio que atropelei uma garota!
-- Como?
-- Mas eu consegui frear a tempo! - Ele tranquilizou o amigo — Contudo, não consigo imaginar o que teria acontecido se não tivesse conseguido.
-- Mas a jovem está bem? Você prestou os primeiros socorros?
-- Claro! E sim, ela está bem.
-- Então, por que está tão preocupado?
-- Porque ela era muito jovem ainda! - Edward justificou — Lembrei-me do acidente dos meus pais.
-- Entendo... - Emmett assentiu — O bom é que está tudo bem, a garota segue viva e você não matou ninguém.
-- Sabe o que é mais incrível?
-- O quê?
-- Os pais dela...
-- Como assim, Edward?
-- Eles são dois picaretas nitidamente falando. - Edward disse — E me acredite, ainda bem que ela estava bem, porque tenho certeza de que se ela tivesse se machucado, eles teriam arrancado até as minhas calças naquele momento.
-- Fala sério! E a garota?
-- Ela pareceu ser a única com juízo na família! - Edward respondeu — Ela reconheceu que atravessou a rua sem olhar, mas eu também não disse que estava ao celular, contudo, eu prestei ajuda mesmo assim, ambos estávamos errados, de fato.
-- Bem, você fez a sua parte, agora já foi!
-- Ainda bem Emmett! - Edward anuiu sorrindo — Vamos começar a trabalhar, até porque a reunião já foi perdida mesmo.
Naquela manhã, Edward estava apreensivo demais para prestar atenção em alguma coisa. Ele que fazer as entrevista para os novos estagiários, decidir sobre quais tinham potencial para trabalhar ali, e claro, em meio a vários candidatos, encontrar alguém competente o bastante pra ser o seu assistente pessoal, trabalhar lado a lado com ele.
Naquela mesma manhã Isabella acordou bem animada, a morena tinha planos... Quando ela achava que já estava se conformando com a vida miserável que tinha, algo novo aconteceu, e ela precisava tentar a sorte, e seria naquele dia. Então, ela se colocou incrivelmente linda para ir a entrevista e tenta uma das vagas no escritório do Cullen.
Ela sabia que não seria única em almejar uma vaga ali, mas de fato, ela tinha grande potencial, não era à toa que conseguira uma bolsa de estudos em umas das melhores Escolas de sua cidade, além de no momento estar em uma das Faculdades mais renomadas do país.
Edward se manteve escondido por de atrás de vidro duplo, igual aqueles de Delegacia, de onde era feito reconhecimentos incógnitos. Ele acompanhou cada das entrevistas, e a cada novo candidato, ele se sentia ainda mais frustrado. Apenas três pessoas possuíam um nível de conhecimento bom para o estágio proposto, mas nem um dos três, se mostrou bom o bastante para ser o seu assistente pessoal.
-- O que foi agora Irina? - Ele perguntou de mau humor.
-- Desculpe-me! - Ela sussurrou tímida — É que o Senhor Fernandes está aí e deseja falar com você.
-- Diga-lhe que espere. Eu assistirei a essa última entrevista e já vou ao encontro dele. Até lá o deixe bem à vontade.
-- Claro Senhor!
Irina já era a sua secretaria a algum tempo. A mulher sempre teve uma paixonite por ele, algo que não passava despercebido por Edward, mas a sua ética moral era bem maior, então ele nunca deu uma chance para jovem.
-- Próximo! - Emmett pediu. Ele estava ajudando Edward naquela missão – Sente-se Senhorita, por favor... Srta. Swan, eu vejo que você tem um ótimo desempenho em seus estudos, além de ser a melhor aluna de sua turma.
Emmett ficou meio bobo com a beleza da menina, e claro, Isabella se valia disso também, pois vestia uma saia preta, estilo secretaria e blusa branca, meio decotada e Emmett era um homem como qualquer outro e não estaria tão imune aquela beleza toda.
-- Sim! - Ela assentiu sorrindo — Eu sou a melhor aluna da turma. Possuo as melhores notas e o melhor potencial de crescimento.
-- Além de ser dona de uma alto-confiança inabalável! - Emmett pontuou dando um sorriso de canto de lábios.
-- Verdade! Se eu não confiar em meu potencial, quem é que vai? Você?
-- boa! - Emmett concordou — Temos três casos distintos, bem aí a sua frente. Escolha dois e me der o melhor parecer, quando acabar lhe farei uma pergunta.
-- Certo...
Isabella olhou rapidamente, pegando dois dos três casos sobre a mesa, ela analisou ligeiramente as situações e então rabiscou algo no papel a sua direita, depois devolveu a mesa. Não se passou nem vinte minutos até ela concluir a tarefa.
-- É uma piada? - Ela perguntou e Emmett levantou uma sobrancelha.
--Srta. Swan, eu não entendi...
-- São ridículos esses casos... - Bella disse se levantou — Primeiro, o cara é penalizado por seis a sete anos de cadeia. Não existe prova mais concreta, a não ser o seu DNA no local do crime. O qual pode ter sido implantado e se ele não tem um álibi seguro e confiável será condenado. O segundo, bem, foi suicídio. Ela tomou remédios em grande dosagem. Havia o DNA e as digitais dela nos fracos. Ela, claramente, cometeu suicídio e francamente, eu esperava mais...
-- Tem uma mente bem esperta! - Emmett elogia — Dê uma olhada no terceiro caso...
-- Pena de morte! - Bella falou sem titubear — Ele será condenado a pena de morte. Ele matou e esquartejou. Ninguém conseguirá provar a inocência dele, a única saída seria alegar insanidade!
-- Realmente, o seu potencial é incrível! Já que você consegue afirmar o que disse com apenas uma simples analise.
-- São apenas casos falsos. Em casos reais, seria preciso acompanhar tudo com mais profundidade, as investigações seriam mais precisas, as provas examinadas em detalhes, bem de perto, passo a passo.
-- Srta. Swan, eu tenho que admitir que você fosse a melhor candidata que já passou por essa sala.
O sorriso de Isabella fora discreto, mas ela se sentia o máximo pro dentro. Ela sempre teve um bom desempenho em sala de aula, sempre teve um faro para as coisas, sabia exatamente como resolver cada caso. Claro que, os motivos que a levaram a entrar na Faculdade de Direito não foi amor à profissão, mas uma forma de aprendizado para driblar a lei.
-- Entraremos em contato com você, em breve. - Emmett garantiu —Tenha um bom dia!
-- Obrigada! - Isabella disse se levantando e lhe oferecendo a mão para um aperto firme.
A morena sabia que seria contratada, era visível a admiração nos olhos daquele homem, e claro, ela sabia que a sua beleza havia o impressionado também.

Contínua...

9 comentários:

  1. FABULOSO
    Ansiosa pelo próximo capitulo

    ResponderExcluir
  2. Eu quero mais...

    Adorando... E muitoooo essa nova fic...

    Lili

    ResponderExcluir
  3. Enojada com essa Renee e com esse Phil!!!! Meu Deus, que vontade de dar um soco na boca desses dois. E essa Isabella, einh?! Muito misteriosa.. E baita esperta e inteligente!! Só eu to muito intrigada com essa fic?? Sinto que vou me surpreender ainda.

    Amandoooooo!!!!!!! Precisando de mais aqui! o//

    ResponderExcluir
  4. Amei o capitulo. Estou louca pelo próximo!

    Ass: Lívia

    ResponderExcluir
  5. Amei ansiosa por mais...

    ResponderExcluir