Jul M

Oi

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Capítulo 1


“Não adianta, não sei explicar. As palavras traem o que a gente sente.”
— Caio Fernando Abreu

Capítulo 1

Isabella olhava mais uma vez para fora da janela da sala. Ela estava distraída pelos vários carros parado no estacionamento, ao seu lado estava Ângela, a sua melhor amiga desde a época de Escola. A morena parecia estar com pensamento longe, enquanto o Professor Fernandes ministrava a sua aula, esperando que todos os alunos presentes estivessem prestando atenção.
Claro que para Isabella não era problema, já que ela era muito esperta e inteligente. A jovem estudou nas melhores Escolas do país, sempre como Bolsista, graças a sua força de vontade de vencer na vida. Assim sendo, a moça havia ganhado uma Bolsa de Estudos integral para a Faculdade de Direito. As suas notas eram sempre altas, possuía um cognitivo bem elevado, além de sua força de vontade em se tornar alguém de sucesso na vida, fato que a motiva a ser cada vez mais aplicada.
-- Srta. Swan, a qual seguimento, nós deveríamos recorrer nesse caso? - O Professor Fernandes perguntou.
-- Ao Direito Pena! - Isabella disse como se fosse à coisa mais óbvia — Foi um crime cometido contra um cidadão de bem, então recorremos ao Direito Penal.
-- Muito bem Srta. Swan! Como sempre, está deveras atenta a minha aula! - Ele sorriu gentilmente para ela.
O problema era que Isabella sabia que esse velho hipócrita estava dando encima dela descaradamente, ela apenas fingia não ver, mas tinha ciência do fato. Isabella era uma mulher bonita, na verdade, uma garota bonita, já que ela tinha somente dezoitos anos e era a mais jovem da classe, além de Ângela, a sua amiga.
-- Achei que você não estava prestando atenção na aula! - Ângela sussurrou.
-- Eu estou bem atenta a tudo, Ângela! - Isabella respalda e ficou feliz pelo sinal ter batido. — Acho que já podemos ir para a próxima aula!
-- Tudo bem! - Ângela disse recolhendo as suas coisas.
-- Srta. Swan, você vai se candidatar ao estágio da Firma Cullen? – O Professor Fernandes lhe perguntou.
-- Não acho que consiga passar! - Bella disse dando um sorriso sem graça.
-- Deveria fazer isso. Você tem muito potencial! - Ele argumentou — Mas se não conseguir a vaga, eu posso lhe arrumar uma em meu Escritório... O que acha?
-- É muito gentil de sua parte! - Bella agradeceu enquanto puxava a sua bolsa — Vamos Ângela?
-- Ele é um cretino! - Ângela disse quando já estava fora da sala de aula — Ele dá encima de você descaradamente — Bella bufou de raiva — Ele é muito velho, e pior ainda, é casado e fica se jogando para cima das alunas.
-- Deixa isso para lá, Ângela! - Bella pede.
-- O que aconteceu? Você está muito calada hoje!
-- Eu sei... Só pensando...
-- Bella, você sabe que pode sempre contar comigo, não é?
-- Eu sei... - Ela divaga e sorri gentilmente para a amiga – Lá vem Ben, acho que estarei sobrando agora.
-- Sabe que pode ficar!
-- Não, na verdade, estou passando o cargo de vela! - Bella sorri —Vejo você depois!
-- Hei! - Ângela chamou-a antes que ela sumisse — Qualquer coisa me liga, eu estou aqui sempre.
-- Eu sei, eu sei!
Ângela era uma menina rica, que nunca precisou passar por sofrimentos, ou mesmo, necessidades básicas, nunca sentiu o que era passar fome, noites mal dormidas com o estomago roncando. O pai dela era um renomado médico e ganhava muito bem para que ela não passasse por nada daquele tipo. Ela tinha uma família perfeita, mesmo após a morte de sua mãe, tinha um pai carinhoso, um namorado rico e lindo e que a amava acima de tudo.
No fundo, Isabella tinha um pouco de inveja da amiga, já que ela sempre foi rodeada por tudo aquilo que Bella sempre desejou. Não que a futura advogada se importasse muito com fato de Ângela ter tido pais amorosos. Na verdade, Bella não sabia muito sobre afeto, já que a sua mãe era rancorosa e o seu pai havia sumido no mundo e ninguém sabia de pista alguma sobre ele. Carinho e amor nunca tiveram vez na vida da jovem. Quando achou que tinha encontrado algum afeto, ela descobriu que era tudo fingimento. Então a jovem jurou se vingar de cada um daqueles que um dia a ridicularizaram na época de escola, dentre eles Mike Newton e Jessica.
Mike foi namorado de Bella, mas quando ele descobriu que ela era de origem humilde, o rapaz humilhou-a perante toda a turma deles. Já Jessica era uma garota nojenta que nunca conseguiu engolir o fato de Mike te tido olhos para a menina pobre, por causa disso, ela passou a fazer da vida de Isabella um inferno e sempre que podia, humilhava ela e ridicularizava a moça. Hoje em dia, ambas estudavam na mesma Faculdade e era meio difícil escapar do passado que as rodeava.
-- Vejam só... - Jessica disse zombando ao lado de Lauren – ...se não é a pobretona da Faculdade! Hey, espera! Essa roupa que você veste não é herança de Ângela? É a coleção passada, está vendo Lauren?
-- Totalmente!
-- Por que vocês duas não viram as costas e se afogam no chafariz da praça central, hein? - Bella revida ironicamente — Assim ficaremos todos felizes. Vocês duas mortas e eu aqui ainda viva e linda!
-- Vadia de merda! - Jessica replicou irritada — Não pense você que me esqueci do constrangimento ridículo que você me fez passar na aula.
-- Então deveria ter estudado! - Bella disse sorrindo com ironia — OPS! Esqueci! O seu cérebro é do tamanho de um amendoim.
-- Sua...
-- Sua... O quê? Preste muita atenção, Jessica... Eu quero é mais que você e os seus amigos se fodam! Agora que já sabe, suma das minhas vistas e me deixe em paz.
-- Vai ter volta Swan! - Ela ameaçou.
-- Claro! Quando você, por exemplo, tiver um cérebro, talvez até role isso!
Bella deu as costas para Jessica que ainda bufava de raiva, mas ela não seria louca de fazer algo em público, aquele não era o seu estilo. Ela era como cobra silenciosamente e atacaria novamente. Bella sabia que Jessica nunca a deixaria em paz, até porque sempre que alguém se aproximava dela, Jessica tinha o prazer de lembra a todos que Bella era uma pobretona, e assim, as pessoas voltavam a se afastar dela.

Contínua...

8 comentários:

  1. Adorei a história, espero anciosamente o próximo capítulos

    ResponderExcluir
  2. Já sinto que vai ser sucessooooo!!!! Só nessa capitulo e eu já estou suuuper ansiosa pelo próximo capitulo!!!



    bjos gatinha!! E até o próximo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Jul!mais uma fic maravilhosa cou acompanhar com certeza,vc é uma g escritota completa parabéns.bjsss e até
    Ninha<3

    ResponderExcluir
  4. Mas gente!!!! Amei essa fic nova. Com certeza eu vou ler!!

    Ass: Lívia

    ResponderExcluir
  5. Nossa adorei a fic nova. Quero mais logo.

    Tamara

    ResponderExcluir