Jul M

Oi

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

O Casamento -- Para Todo Sempre -- Cap 26


                  -- O lado Bom Da Vida

Tudo as claras.
 Conforme os dias foram passando o aniversario de Peter ficava cada dia mais perto. Isabella não teve noticia de Uriel desde do dia que ela lhe contratou para fazer pequeno trabalho para ela. Claro que Edward não tinha ideia do que esposa andava fazendo por suas costa o problema e que as carta e os bilhete de ameaça não param de chega.
Isabella estava na sala que dividia com marido na empresa ela revisava atentamente cada contrato que lhe foi entregue aquela manha, o marido estava em reunião com alguns clientes ela sabia que Emmett ou ate mesmo Tyler estariam por ali perto já que Edward aumento ainda mais segurança  depois da ultimas descobertas.
--Sra. Cullen! Mary entrou com pequeno envelope nas mãos.—isso foi deixado em minha mesa para senhora!
-- quem mandou? Isabella perguntou
-- sem remetente! Nada de identificação!
 Ela suspirou olhando para envelope nas mãos da bela morena e entao sorriu e lhe estendeu a mao. Assim a boa secretaria deixo o envelope cair sobre mao da outra morena. Dando sorriu fingido ela saiu da sala sem dizer mais nada. O que Mary não sabia era que isabella estava cansada desse joguinho de gato e rato e quando pediu ajuda Uriel ela colocou algumas coisa a mãos na sua missão e uma delas era descobri quem mandava as carta anônimas.
 Ela abriu a carta e como de costume letras corta e colada, ela observou atentamente cada letra seguia padrão tanto no tamanho quando  forma.
-- não seria mais fácil digita tudo? Isabella disse revirando os olhos—me pergunto por que tanto trabalho. Pessoa idiota.
O novo bilhete era curto pouca palavras mais sentido ainda era mesmo tenta assustar e amedrontra isabella.
“ QUANTAS PESSOAS PRECISAM MORRE PARA VOCE ENTENDER QUE ELE NÃO TE AMA DE VERDADE. VOCE E PROXIMA”
Isabella jogou dentro da gaveta da sua mesa junto com outros dois que chegaram essa semana para ela, e entao se levantou da sua mesa caminhando para saída. Ela seguiu em direção a sala de Jasper eles estavam trabalhando junto em outro projeto a mando de Carlisle não que edward tenha ficado feliz com isso mais a menina gostava de trabalha junto com ele era fácil era mais  fácil de lidar do que com marido.
A mão de isabella congelou no tricô da porta. Os gemidos que vinha da parte de dentro eram alto e bem explicido o jovem Halle estava em momento bem quente e aconta dos  gemido a coisa estava realmente boa.
 Isabella deu dos passo para tras e entao virou em direção mesa as secretaria de Jasper  e se deu conta que ela não se encontrava ali, a nova secretaria dele havia sumido. Sera que ela saiu assim que rala e rola começou na sala do chefe? Isabella deu leve sorriso, e sacudiu a cabeça mandando pensamento para longe, ela deu mais dois passo em direção ao corredor e entao estancou novamente.
-- isso seu puto! Me fode gostoso! Era voz da secretaria de Jasper isabella reconheceria mesmo se não quisesse, e mesmo não estando o tempo todo com ela, isabella sabia que essa era voz da mulher – delicia, delica, me fode , me fode!
Isabella sentiu rosto cora e correu para longe dali ela voltaria depois para conversa com ele sobre seu planos para campanha nova. Mais seria impossível dela olha novamente para Maria e não cora.
 Ela entrou na sala do marido com pequeno sorriso nos labiso, Edward estava no telefone  e Emmett esperava nova ordem dele para alguma coisa.
-- ei viu passarinho verde? Emmett pergunto fazendo ela cora—duvido deve ter visto coisa melhor.
 Edward olhou para homem com aquele olha intimidador que so ele possuía, isabella sorriu corando pouco e caminhou em direção a nova mesa.
-- ei me responda uma coisa seu cunhado anda saindo com alguém? Bella pergunto ao mesmo tempo que edward desligou telefone.
-- ignore isso! Edward disse—isabella deve esta querendo no mínimo apresenta alguma amiga para ele.
-- acho que ele esta! Emmett disse—se não esta deve ter voltado com  Alice, rose comentou que ele anda meio animado e ate cantarolando ele esta.
 A boca de isabella se abriu em formato de “O” como se issi respondesse sua pergunta.
-- mais por que da curiosidade? Emmett perguntou
-- coisa minha! Ela disse e se sentou em sua cadeira—como foi reunião?
-- ootima fechamos mais contrato! Emmett disse animado—e por falar nisso to indo ta na hora do meu almoço e combinei com Rose.
-- você bem que podia leva ela para janta la em casa! Bella susgeri—isso claro se ela se comporta!
-- vou ver isso! Emmett disse já caminhado para saída—Rose não gosta de você, ela acha que você pode ta armando para me junta com Victoria novamente.
-- talvez ela esteja certa! Isabella disse sorrindo e piscando cílios para ele que gargalhou ao sair.
-- isso, continue me provocando desse jeito e depois não reclama! Edward disse saindo de sua cadeira e indo ate mesa dela.—que tal irmos almoca também?
-- claro! Bella diz pegando a bolsa—onde vamos almoça?
--  não sei! Edward diz—você escolhe!
 Bella  já ia segurando a mão do marido quando seu telefone tocou ela olhou para ele e fez gesto com mão dizendo apena um minuto e atendeu o telefone.
-- isabella falando! Isabella sabia que era alguém da família ou amigo por que ligou pro telefone pessoal da sala deles sem passa pela secretaria
-- Sra. Cullen! Uriel disse—já tenho o que você queria! Onde posso te encontra?
--  mais já? Achei que fosse demora mais! Isabella exclamou
-- não foi difícil! Uriel disse—onde posso encontra você?
-- janta comigo! Ela disse sorrindo—Edward vai adora ter sua companhia!
-- entendi! Ele esta ai  com você! Uriel entendeu a indireta
-- isso mesmo! Ela sorriu para marido que lhe olhava com cara enrugada – ok Uriel  nos vemos a noite vou espera para saber novidades.
-- ok!
-- parabéns pelo namorado novo! Ela mentiu e Uriel sorriu do outro lado desligando.—vamos querido!
-- por que Uriel esta ligando para você? Edward pergunto enquanto a esposa caminhava em sua direção
-- ficamos amigas! Bella disse—e sem falar ela também veio para aniversario de Peter!
-- claro que ela veio! Edward disse—a mãe de Uriel e ex esposa do Peter, ele meio que ajudou na criança dela.
-- como?
-- Uriel não morou com eles! Edward disse ao saírem da sala—Peter odeia criança, Uriel passou seis longos anos no internato na suíça, Peter pode ter mudado após a morte do irmão mais ele nunca foi bom homem, não com criança.
-- nossa! Foi tudo que Bella disse antes deles entrarem no elevador.
...............................
Naquela noite Isabella teve que desmarca com Uriel por que Edward tinha janta de negócios e foi preciso que ela acompanhasse ele. Quando eles chegaram em casa naquela noite a casa estava vazia, os meninos foram para casa do avô do meninos. A casa estava apenas para eles, isabella havia exagerado um pouco no champanhe aquela noite estava alegre de mais de certo modo ela havia comemora  a descoberta da de Uriel mesmo ainda não sabendo o que ela descobriu.
Ela estava tao feliz que ela veio agarrando o marido desde do restaurante.  Beijos ousado e passa de mãos abusivas era desse jeito que ela estava,Edward não lembrava a ultima vez que viu a esposa assim tao solta, tao ousada, também os últimos acontecimento tinha tirado dela toda essa ousadia  ate mesmo a vontade de fazer sexo, eles andavam meio tradicional o bom e velho papai e mamãe, mais isso não queria dizer que Edward estava feliz com isso. Ele agarrou e beijo o caminho todo correndo mao por todo corpo da menina e ambos afoito.
O nariz de edward passiava no pescoço de isabella dando mordida leve a fazendo a morena gemer as mãos dela estava enterrada no cabelos deles, e eles não tinha ainda saído da sala. A menina estava com cabelo solto e totalmente descabelada, vestindo vestido preto e meia três por quartoo salto ficou perdido no carro e edward já não usava mais seu palitor. As mãos dele  foram subindo seu vestido ate entrarem dentro da sua calcinha, com a outra mao  ele prendeu os bracos dela sobre  cabeça  dando a ela prazer.

As roupas ficaram na entrada do quarto, os gemidos era possível se ouvir do lado de fora da porta mau fechada.  Dentro o cheiro de sexo era forte. Isabella estava de quatro sobre cama. A s mãos lhe dava o apoio necessário para não perde equilíbrio a boca da morena estava aberta em formato de o, os gemido era ao mesmo tempo sexy e provocante, as palavras sem sentido eram muita, Edward estava em pé do lado de fora da cama as mãos do jovem segurava a morena pelos ombros um da perna dele estava sobre cama enquanto ele a penetrava com forca e vontade fazendo ambos gemeres e sentirem prazer, edward dizia palavras safada do que tipo que deixava  isabella em chama e implorando por mais.

A mão de edward estava sobre bunda isabella o corpo da morena estava meio caído para frente ela se apoiava sobre cotovelos seu rosto estava virando de lado olhando par marido que a penetrava com forca a fazendo geme e grita.

-- oh, mais forte, mais Edward! Ela gritou quando ele lhe penetrou com forca fazendo o corpo dela treme com impulso
-- oh baby não faz isso! Edward disse sem diminuir o ritmo das sua investida—não imagina o tesão que você fica quando esta assim!
 Isabella gemeu rebolo no seu pau, fazendo o homem quase engasga com movimento, isabella sabia como provoca quando queria e edward não deixava passa essa provocações.
-- isso, isso me fode gostoso! Ela gritou
 Isabella voltou a se apoia sobre mãos  enquanto edward segurava ela pela cintura e aumentava ainda mais ritmo da investida dentro da boceta da jovem que cada vez mais apertava seu pau já dando sinal de belo orgasmo.

-- Oh baby! Ele disse segurando ela com mais força e curvando para sussurra em seu ouvido—vou fuder essa bundinha gostoso encima da minha mesa amanha!
-- oh! Eu vou goza nessa pau gostoso! Ela gritou
 Isabella virou rosto olhando para marido que tinha os olhos atento sobre ela, a menina passou detalhadamente em ritmo lento e torturante a língua pelos lábios de maneira tao vulgar que pau do homem deu salto dentro da boceta dela ficando ainda mais duro do que já estava.

As mãos dele apertaram com forca a cintura da morena e o ritmo dele aumento ainda mais entrando e saindo com forca da boceta dela fazendo ambos gemeres, a boca de isbaella ficou aberta em formato de o enquanto seu gemido provocadores torturavam ainda mais o marido.
Isabella gritou deixando corpo cair para frente, as mãos se juntaram acima da cabeça empurrando  boa parte da corberta para canto, edward ainda segurava com forca jovem pela cintura, ela gritou gemendo e gozando melando todo pau do homem que ainda não tinha atingindo seu próprio prazer, edward ainda se enterrava com forca e ritmo dentro da boceta agora melada de isabella que soltava leve gemidos.

Em movimento rápido edward puxo corpo de isabella ficando ambos de pé do lado de fora da cama, as mãos de edward apartavam forte seios de isabella que fazia becinho com boca ao solta gemido de prazer, enquanto marido lhe fodia com força por tras.

-- merda de boceta viciante! Edward disse enterrando com forca dentro dela.—vamos delicia aperta gostoso meu pau!
Isabella gritou gozando novamente no pau dele gemendo alto com investida dele, e foram mais cinco investida e edward gritou mordendo ombro de isabella gozando dentro da menina.
 Naquela noite edward e isabella ainda trazaram mais duas vezes, uma no banheiro com direito a oral da parte dela, e na cama antes de  caírem no sono ou melhor antes de Bella cair no sono, a morena ainda sentiu a boca dele por toda sua costa lhe dando leve prazer e lhe causado arrepios.

--nunca já mais deixarei algo acontece a você minha querida! Ele sussurro lhe beijando o poscoco e lhe puxando conta seu peito.
Continua.

8 comentários:

  1. Estou curiosa para saber o que uriel descobriu rsrrsrsr

    ResponderExcluir
  2. Primeiro de tudo,
    Quero agradecer pelo tempo dedicado as fics, todas nos sabemos que vc tem uma vida fora daqui assim como todos os mortais então... OBRIGADOOOOO
    Eu estou adorando a reta final da fic e dessa intimidade maravilhosa de marido e mulher!


    BJS...

    ASS: ANÔNIMA ;)

    ResponderExcluir
  3. O que sera que Uriel descobriu?!?! Ansiosa de mais aqui kkkkkkkk
    reta final da fica são mtas emoções!

    ResponderExcluir
  4. PQP que fic maravilhosa
    Adoro a Bella tomando decisões

    ResponderExcluir
  5. ai que tudo será que a Bella vai descobri quem é q manda esses bilhetes... e que foda foi essa o casal e foda adoro as transas deles..

    ResponderExcluir
  6. SIMPLESMENTE FANTASTICOS JU.
    TEREMOS GRANDES REVELAÇÕES. O PETER CONCERTEZA ESTA ENVOLVIDO NESSA HISTÓRIA TODA.PRA MIM ELE TEM UMA QUEDA PELA BELLA.

    ResponderExcluir