Jul M

Oi

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

O Casamento -- Para Todo O Sempre! -- Cap --24



"Você me quer?

Você cuida de mim?

Mesmo que eu seja uma pessoa egoísta e ruim?"
— Cazuza


Esconde,esconde!

Carlisle conseguiu fazer com que a Polícia interrogasse a todos os envolvido pela amanhã, quando estivessem todos mais calmos. Benjamim aceitou, ele era o Detetive do caso e estava tão curioso quanto todos da família Cullen para saber quem seria o verdadeiro assassino.
Já na sala de Edward, além dele próprio, se encontrava Emmett, Jasper, Carlisle, todos esperando por Isabella para saber o que de fato aconteceu.
-- Eu fui visitar Tânia! — Ela começou – Tentei fazer com que ela falasse, mas ela não disse nada, apenas foi como sempre, egoísta, além de demonstrar o quanto me odiava... — Isabella sabia que estava mentindo, mas não entraria em detalhes não sabia em que poderia realmente confiar. — Quando eu saí de lá, pedi para passar em casa e vim direto para empresa. Edward, Lion não ligo para você? Eu cronometrei cada minuto que fiquei dentro daquela cadeia falando com Tânia, eu sabia que você não demoraria a entrar naquele lugar furioso se soubesse que eu estava lá... — Ela calou e Edward estreitou os olhos em direção a morena, ele sabia que ela tinha razão — E quando eu saí, ele estava calmo demais, eu desconfie, sei lá, algo me dizia que aquilo não fosse normal, ele tinha que seguir as suas ordens... Você deveria saber onde quer que eu venha estar... Não era esse o plano?
-- Bella, eu só estava tentando manter você segura! — Ele argumentou — Você pegou a arma na minha gaveta no escritório, não foi?
-- Eu sabia da arma, já a tinha visto lá antes! — Ela confirmou — Eu não me arrependo e mataria qualquer um, se isso mantivesse você vivo!
-- Poderia me dizer uma coisa? — Edward perguntou — Como conseguiu derrubar Lion e Lana daquele jeito?
-- Charlie! — Ela disse orgulhosa — O meu pai foi um grande Policial, Edward. Você deveria saber que depois de tudo o que aconteceu comigo, ele tomaria providência...
-- Muito justo! — Edward disse e parecia cansando.
-- E quanto a Lana? Por que ela atacou você, depois de tanto tempo? — Emmett fez a pergunta que todos queriam saber.
-- Lana me culpava pela morte do pai dela! — Edward declarou.
-- Mas o Sr. Rock está vivo! — Carlisle exclamou.
-- O pai dela era outro! O Sr. Rock foi o melhor amigo do pai dela. Um Senhor discreto que não gostava de holofotes, já a filha adorava ser o centro das atenções... Então ela a tomou como filha, o Sr. Rock gosta muito do que ela representa. — Edward ficou calado por alguns segundos — Ele a adotou mesmo ela já sendo adulta. Ele a criou como filha e deu a ela o seu sobrenome.
-- Por que ela acusou você de ter matado o pai dela? — Bella instigou.
-- Quando a minha equipe roubava dinheiro para dar “aos pobres”! — Ele fez aspas com os dedos — O pai dela faliu e se matou quando viu que não havia mais saída para a sua situação.
-- Não foi sua culpa! — Ela disse em pé, indo em direção a ele.
Bella conhecia muito bem o seu marido e aquele olhar triste lhe dizia muitas coisas... Ele achava que a culpa fosse realmente dele, ele fez o que acreditou ser o certo para ele naquele momento. Claro que toda ação implica em uma reação, porém ele não foi o culpado pela morte do pai de Lana, o homem foi quem se acostumou com o luxo e surtou quando se viu pobre... Ele se matou, mas não foi Edward quem puxou o gatilho da arma...
-- Eu o empurrei para aquilo! — Edward sussurrou triste.
-- Ele fracassou! — Isabella argumentou — Ninguém morre por ficar pobre, Edward! — Ela disse, já do lado dele, segurando o rosto amado entre as mãos — Ninguém morre por isso... Ele se matou! Ele foi um fraco! Deslumbrou-se com o luxo e não conseguia ver o mundo sem o seu dinheiro... Ele só teria que ter lutado... Se ele havia conseguido erguer uma fortuna antes, conseguiria outra vez de certo... — Bella o beijou nos lábios — Você não fez nada, não tem porque se sentir culpado.
-- Leve-o para casa, Isabella! — Carlisle interveio — Tyler está lá embaixo e Erick espera por vocês na sua casa. Esme está com Tony e Nessie!
-- Vamos sim! — Ela disse pegando a mão do marido — E obrigada por tudo!
-- Edward, amanhã você terá que ir até a Delegacia para prestar o seu depoimento... Você também Isabella! O Advogado já estará lá esperando por vocês.
-- Obrigado pai! — Edward agradeceu — Emmett, nós nos falaremos depois...
-- Certo!
...............................................
A noite passou como um borrão, o depoimento de Isabella e Edward foi desconcertante... Era impossível não ficar frustrado com o rumo que tudo estava se passando. Lana era uma ré primária e o seu Advogado conseguiu fazer com que ela respondesse todo o processo em liberdade, mas sem o direito de sair da cidade ou do país. A morena conseguira alegar que tivera uma crise emocional e que por isso havia perdido o controle sobre si, e sabem-se lá quantas mais mentiras ela havia contado.
Isabella saiu da Delegacia bufando de raiva, agora ela tinha duas certezas, Lana era uma puta cachorra esperta, mas ela não era uma criminosa...
Isabella estava deitada no sofá. Edward passara as últimas horas, trancafiado juntamente a Emmett em seu escritório. Ela sabia que uma hora ou outra, ela teria que falar sobre a carta de Tânia e perguntar ao marido a respeito de algumas coisas que Tânia mencionara...
Nessie dormia no quarto e Tony estava brincando no chão.
-- Então, amanhã veremos isso! — Edward disse levando Emmett até a porta — Não comente nada!
-- Pode deixar! — Emmett disse olhando por cima dos ombros — Até mais, Bells!
Edward fechou a porta, seguindo em direção a sala, onde a esposa e filho se encontravam, ele ficou parado na soleira da porta observando Tony brincar no chão.
-- Não está na hora de dormir, Tony? — Edward perguntou.
-- Só mais pouquinho, papai! — Ele pediu dando o seu melhor sorriso.
-- Deixa-o! — Isabella disse piscando os olhos algumas vezes – Sente-se aqui comigo!
Edward deu um largo sorriso, seria impossível que algum dia ele pudesse dizer “não” a ela, ainda mais pedido com tanto carinho assim. Ele se sentou ao lado da jovem, e ela se encolheu em seus braços.
-- Como andam as coisas? — Ela perguntou e os seus olhos permaneceram fechados.
-- Devagar, mas caminhando! — Edward disse beijando os cabelos da jovem esposa — Não se preocupe com isso, você e as crianças estarão sempre seguros.
-- Eu estou preocupada com você!
-- Bells, vamos falar sobre isso depois! — Ele disse olhando para o menino no chão.
-- Ele está em seu mundinho, querido! Ele não vai ouvir nada! — Isabella afirmou.
Edward não disse nada, apenas ficou abraçado com a esposa no sofá, quando deu à hora, Tony pegou no sono no chão mesmo. Edward levou o menino para cama e Isabella foi para o quarto do casal, a noite estava fria e as coisas não andavam nada bem...
................................
Tony brincava no escritório do pai, no sábado pela manhã com o seu carrinho, bagunçando as coisas do pai dele... Bella estava na cozinha. Rosa e Sue estavam de folga naquele dia. Edward precisou ir à casa de seu pai. Isabella sabia que ele a estava deixando de fora de tudo.
Isabella estava levando um lanche para o filho. No exato momento em que ela entrou no escritório, Tony deixou cair uma pasta do pai que estava sobre a mesa. Eram algumas fotos que foram parar no chão. Os olhos do menino se arregalaram e ele ficou nervoso.
-- Desculpe mamãe, desculpe foi sem querer! — Ele disse assustado.
-- Hey! — Ela disse dando um sorriso lindo para acalmar o menino — Vamos apenas juntar tudo e colocar de volta no lugar, ok? — Bella sorriu para a criança — Papai nem vai saber que mechemos aqui.
-- Não vai dizer nada para ele? —Tony perguntou ansioso.
-- Será o nosso pequeno segredo!
Isabella colocou a bandeja sobre a mesa e se abaixou para ajudar o menino a recolher as fotos.
-- Eu conheço essa mulher! — Tony disse apontando para a mulher que nem Isabella sabia quem fosse.
-- Como assim você a conhece? — Isabella perguntou com curiosidade – De onde você conhece essa mulher, Tony?
-- Mamãe, ela sempre está perto da Escola! — Tony disse com inocência — Sempre a vejo com uma câmera nas mãos, e ela sempre está tirando fotos. Eu acho que ela trabalha como fotografa!
-- Só a viu na Escola? — Isabella perguntou, mas já suspeitando que não.
-- Não, na verdade, não! —Tony disse sorrindo — Vi-a uma vez no parque quando a Sra. Rosa nos levou lá! Nessie estava junto comigo.
-- Tony, aonde mais você chegou a ver essa mulher? — Perguntou já deveras preocupada, mas procurando disfarçar para que o filho não percebesse.
-- Na empresa do papai! — Tony disse animado — Da última vez em que estive lá, quando saímos do médico. A senhora levou a gente lá, ela também estava lá.
-- Em algum outro lugar, você chegou a vê-la também?
-- Não mamãe, eu acho que foi só nesses lugares! — Ele completou sorrindo.
-- Você reconhece mais alguém nessas fotos?
-- Essa aqui! — Ele apontou para uma loira – Eu a vi duas vezes, mamãe! Uma quando o papai foi me buscar no Clube e a outra quando sairmos para jantar fora na semana passada, ela estava no mesmo restaurante que a gente!
-- Ela estava sozinha? — Bella perguntou.
-- Não! — Ele disse enrugando a testa igual ao pai — Ela estava acompanhada por alguém, um homem, eu não me lembro como ele era... Posso lanchar agora?
-- Oh, mas é claro, querido! — Isabella assentiu dando um sorriso e pegando as fotos, guardando-as no bolso de trás de suas calças — Vamos lá para fora, papai está para chegar e acho que ele não vai gostar dessa bagunça aqui, querido.
-- Tudo bem! — Ele diz comendo um pedaço grande de bolo — Eu vou poder brincar no jardim?
-- Claro, eu vou com você!
.....................................
Já era noite quando Edward chegou a sua casa, ele ligara avisando que não almoçaria em casa. Isabella passou o dia com os filhos na piscina, brincando com eles. Quando Edward chegou, tanto Tony quando Nessie, já estavam na cama. A bela morena estava na sala sentada assistindo a TV, ela usava uma camisola vermelha e os seus pés estavam descalços.
-- Oi! - Edward disse parando a porta — Onde estão as crianças?
-- Dormindo!
-- Já? Ainda é cedo? O que aconteceu? - Ele perguntou entrando na sala e tirando o casaco, ficando apenas com uma camisa de manga, na cor cinza.
-- Passamos o dia na piscina! — Isabella replicou — Eles estavam deveras cansados!
Os olhos de Edward passaram pela mulher, boa parte de suas pernas estava à mostra, assim com o decote da camisola que deixava os seios da morena, bem volumosos e a vista... Ele passou a língua pelos lábios, mas congelou quando viu certas fotos sobre a mesa de centro.
-- Onde você conseguiu essas fotos? — Ele perguntou tomando cuidado com as palavras, pois só então entendeu o que se passava ali.
-- Eu tenho apenas uma pergunta para você! — Isabella disse olhando para o marido de uma maneira quase assassina — Quem são essas mulheres?
-- Bells, você não deveria ter mexido nas minhas coisas...
-- Não fui eu! — Ela replicou — Tony as derrubou, sem querer, hoje de sua mesa!
-- Não é nada do que você está pensando!
-- É o que eu estou pensando?
-- Bella!
-- Edward!
-- Não quero você metida nisso!
Se Edward tivesse pensando melhor, ele teria usado outras palavras, ao invés daquelas que havia usado.
-- Não quer me ter nisso? — Ela gritou — Tony viu essas duas vadias! Edward essa aqui... — Ela apontou para a morena da foto — Está cercando a Escola dele, e pela sua cara de choque, devo acreditar que não tinha nada a ver com segurança!
Edward estava pálido, ele nunca pensou que Tony tivesse visto aquelas mulheres que ele e Emmett estiveram investigando.
-- Essa outra aqui, ela estava no mesmo restaurante que a gente na semana passada e não estava sozinha! — Bella estava furiosa — Então, eu acho bom você abrir a porra dessa boca, ou eu juro que você vai se mudar para o sofá ou para o quarto de hóspedes!
Edward passou as mãos pelo cabelo nervosamente, não havia mais como esconder nada, ou pelo menos, algo em relação aquelas duas mulheres.
-- A morena é Bree Tanner! — Ele começou — Ela estava seguindo os nossos filhos já fazia um bom tempo. Erick está na cola dela, há algum tempo, também! — Isabella tinha os olhos arregalados em surpresa — E a outra se chama Lucy Moon, ela estava vigiando a gente.
A boca de Isabella ficou seca, e o seu corpo tremeu de raiva, então Tânia tinha razão, quem quer que fosse o assassino, o alvo sempre foi Edward!

Contínua...

9 comentários:

  1. Porra , isso é muito bom. Amo essa Bella super esperta.
    Não demore a postar .
    FELIZ ANO NOVO

    ResponderExcluir
  2. Incrível!!
    Uma coisa que quero escrever antes que me esqueça, como os homens são previsíveis, eles semprem dizem as mesmas coisas, tanto nas histórias como na vida real.
    Eu to adorando todo esse drama nos ultimos caps da história, é como ver um filme, sinceramente, eu acho que algum uma das suas histórias vira filme!!
    Eu estava aproveitando esse ultimos dias de ano para fazer a minha “Retrospectiva Jul M“...
    Juro li todas as suas histórias em menos de uma semana...
    assustador... eu sei...
    Bom :)
    Voltabdo pra parte alegre eu quero lhe desejar um grande “ FELIZ ANO NOVO“ repleto de grandes novidades, amigos e claro surpresas ( óbvio que surpresas boas sempre).
    E cheio de criatividade para que vc continue com seu vigor para escrever essas grandes, pervas e maravilhosas para suas fãs que TE AMAM!
    E claro esperando anciosamente para o lançamento de “ A empregada“.

    Jul, eu não sei se vc topa mas, eu estava querendo muito postar um história minha! Mas por falta de conta, em um bando de lugar eu não consigo. :(

    Então aqui vai o nome da fic e sinopse.( caso você queira criar uma história em cima disso me sentiria honrada!!)

    Nome: Burning Desire ( Queimando de Desejo)

    Sinopse:
    Isabella Swan, mulher bem sucedida de 27 anos, de charme e beleza encantadores.
    Todos as viam com desejo e malícia, e Isabella não os via diferente. Orfã de pai e mãe, após estes sofrerem um acidente de carro um quanto suspeito, Isabella se tornou chefe e dona da empresa de arquitetura e designer de seu pai.
    Isabella não mede esforço para ter o que quer e quando quer, isso acaba a tornando uma mulher um tanto quanto egoísta em relação aos sentimentos dos outros.
    E as coisas não mudam quando ela conhece o jovem Edward Cullen de 21 anos, o qual vomeça a trabalhar em sua empresa como jovem aprendiz, e esse que também é filho de Carlisle Cullen, um de seus sócios mais importantes.
    Isabella ao conhecer Edward se sente atraida por sua masculinadade e inocencia no medido certoe o fato de ela ser filho de um de seus sócios não a impedia de correr a alma daquele homem até ela conseguir o quer, prazer.

    “No homem, o desejo gera o amor
    Na mulher, o amor gera desejo.“

    Baseado na música Burning Desire Lana del rey.

    BJS...


    ASS: ANÔNIMA ;)

    ResponderExcluir
  3. Moreeeeeeeeeeeeeeeee... Adoro entrar no seu blog e ver que mais um capitulo foi postado!! Durmo Feliz :D... Espero que tenha passado de ano... e que no próximo tire de letra e continue bombando com fic's novas e muito emoção nas que já estão aí!! Como sempre ... PERFEITO!! Beijux

    ResponderExcluir
  4. primeiro feliz 2015 tudo de bom pra vc saúde amor paz e prosperidade. bom amei o cap de pouco a pouco as coisas estão se esclarecendo, mais espero muito que essa porra todo nao separe o casal que eles continue juntos e resolva isso tudo sem que precise acontecer o pior.. bj

    ResponderExcluir
  5. Feliz 2015... Ameiii o capítulo, espero que todo esse mistério se resolva!!! Mas que não separe meu casal lindoo, que eles fiquem juntos... Vc é uma escritora maravilhosa,adoro suas histórias.. Bjx

    ResponderExcluir
  6. Feliz ano novo!
    porraaaaaaa que cap cada dia mais mistérios

    ResponderExcluir
  7. Gente... sera que eles nunca vão ter paz??? To até com pena deles agora....
    To muito curiosa e ansiosa pra entender melhor toda essa rede de intrigas e interesses por trás de tudo....
    ah... e fiz ano novooooooo.. desejo um maravilhoso 2015 para vc!

    ResponderExcluir
  8. Ansiosa pelo próximo capítulo, está cada vez mais emocionante! Quem será que essas mulheres misteriosas são e quem é o homem que estava com uma delas no restaurante?
    Feliz ano novo, que seja um ano repleto de realizações......

    ResponderExcluir
  9. Finalmente alguma luz no final do túnel para todo esse mistério! !! Rsrsrrsr

    ResponderExcluir