Jul M

Oi

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Em Maus Lençóis -- Cap 24


MEMÓRIAS TRISTE DO PASSADO...


A vida, às vezes, pode ser comparada a uma torre de cartas, se uma é puxada todas as outras caiem em seguida. Nessie caiu por seu egoísmo e pagou caro por isso. Rose deveria ter sido uma mãe mais preocupada pelo bem estar de sua filha, mas simplesmente não deu a mínima para o seu rebento.
O dia começou estranho naquela manhã, Isabella e Edward tinham brigado na noite anterior por causa de Jacob que havia lhe dado uma sua carona de volta para casa. O escritor não gostou nada daquilo e eles acabaram brigando, ela foi dormir no quarto de Nessie e Edward ficou no dele. Isabella estava morando com Edward desde que tomou a decisão de sair de casa. Emmett nunca tentou nenhum tipo de contato com a filha, nem mesmo um pedido de desculpas, pois aquele gesto não existia no dicionário do Sr. Swan e não seria agora que ele entenderia a grandeza daquele ato.
Isabella tomou o seu café da manhã cedo e foi para Escola, sem ao menos trocar uma única palavra sequer com Edward. Já no Colégio, todos olhavam para ela com desprezo, eles comentavam algo aos sussurros ou simplesmente apontavam para ela descaradamente, ela, por sua vez, passou a ignorar tudo aquilo. Bella estava em frente ao seu armário pegando o seu material escolar para a aula de álgebra, quando uma sombra a cobriu. Isabella reconheceu logo quem era ao sentir o olor do perfume enjoativo que Victoria usava.
-- Olha só se não é a grande vadia de Forks! — Victoria disse com o mesmo sarcasmo de sempre.
-- Se está se referindo a você Victoria, eu tenho realmente que concordar! — Isabella disse encarando a ruiva — Você é uma completa vadia!
A ruiva olhou para morena como se fosse arrancar o coração da guria. Victoria sempre teve ciúmes de Isabella, primeiro por causa de James e agora sentia ciúmes por que Bella estava envolvida com o Sr. Cullen, e claro, era impossível algum mulher na face da terra não desejar aquele homem gostoso. Ainda por ultimo, e não menos importante para a mulher, James nunca esquecera a morena... Victoria sabia disso, sabia ainda que caso Isabella desejasse, ela o teria de volta com um estalar de dedos.
-- Você sabia que a sua enteada é tão vadia quanto você? — Victoria pontuou, pois ela sabia que aquele comentário iria afetar Isabella, afinal ela e Nessie eram amigas.
-- Cuidado Victoria, calúnia e algo que gera processo! — Isabella advertiu a mulher.
-- Não é mentira! — Victoria objetou — Ontem a sua ex-amiguinha se divertiu comigo e o meu namorado, em uma festinha animada a três! — Victoria enfatizou a situação para deixar claro que James estava junto.
-- Você está mentindo, Nessie não faria algo assim! - Isabella rebateu.
-- Oh querida, pelo visto você não conhece a sua amiginha! — Ela provocou — Você precisa ver o que ela é capaz de fazer quando está bem alegrinha...
-- Do que você está falando, Victoria? — Isabella já estava fervendo de ódio.
-- Ora! Que a sua ex-amiga não passa de vadia igual a você! — Victoria disse e sorriu — James a fudeu, enquanto eu a lambia.
Sabe quando não se espera uma reação adversa de uma pessoa e de repente, essa pessoa tem uma atitude inesperada? Pois foi exatamente isso o que aconteceu, Isabella não mediu conseqüências, a morena tascou a mão, direto na cara de Victoria, ela estapeou com tanta força que a ruiva foi parar no chão.
-- Sua vaca! - Victoria gemeu e a multidão já se formava em volta delas.
-- Com Nessie você não mexe!
Isabella partiu para cima de Victoria, agarrando a ruiva pelos cabelos e a estapeado com bastante força ao ponto de machucar o canto esquerdo da boca da ruiva. Isabella só foi tirada de cima de Victoria, quando o Diretor da Escola chegou e levou as duas. Elas foram encaminhadas para a Coordenação Disciplinar. Victoria foi primeiro para a enfermaria, porque estava bastante machucada. Na Coordenação Disciplinar, Isabella inventou uma desculpa qualquer, e claro, como ela era de certo modo a responsável pelos seus atos, afinal ela fora emancipada pelo pai, então o Diretor da Escola, apenas deu uma suspensão de três dias para a menina que saiu o mais rápido possível daquele local, antes que Victoria entrasse ali e ela perdesse as estribeiras novamente.
Isabella estava no estacionamento da Escola, ela já havia discado o número de Jacob. Ela sabia que teria que falar com ele, antes que alguém chegasse para contar o ocorrido ao rapaz. O problema era que a ligação só caía na caixa postal. Ela odiou fazer aquilo, mas discou para o número de Nessie, a garota atendeu ao primeiro toque.
-- Diga-me que Jacob está com você? - Isabella instigou.

-- Ele saiu! - Nessie chorava — Eu estou com muito medo Isabella, ele saiu furioso!
-- Nessie para onde Jacob foi? Por favor, não me diga que ele foi atrás de James!
-- Ele foi...
-- Merda! - Isabella xingou — Tá bom! Eu vou tentar achá-lo. Qualquer informação me avise, eu farei o mesmo.
Isabella estava de carro naquela manhã, então ela saiu da Escola cantando pneus.
................

Nessie estava sentada na cama de Jacob, vestindo uma das camisas do rapaz, ela estava chorando como uma criança. Billy já não estava mais na casa, ele havia saído bem cedo. Nessie ouviu alguém bater forte a porta da frente e segundos depois Jacob entrou no quarto. Ele estava suado e com o rosto machucado, mas não parecia ser nada muito grave.
-- Você está bem? - Ela perguntou correndo em direção ao rapaz — Ele machucou muito você?
Jacob deu uma risada irônica como se aquilo fosse a mais pura resposta para a sua pergunta.
-- Eu estou bem! - Ele disse seco — Com muita raiva, mas bem! - Ele olhou para a menina que tinha uma mancha roxa no pescoço, Jacob fechou os olhos com força, tentando afastar os seus pensamentos mortais. — Eu já não posso dizer o mesmo dele...
-- Jake! - Era a voz de Isabella atrás dos dois — Eu tentei achar você...
Isabela olhou para o amigo e em seguida para Nessie, ela entendeu tudo. Victoria disse a verdade, James tinha transado com Nessie, mas com toda certeza não era como ela contara.
-- Eu vi as suas chamadas... - Jacob contou — Só não estava com cabeça para atender.
-- Você bateu nele! - Isabella afirmou — Eu...
-- Você sabe? - Nessie perguntou chocada, ninguém sabia daquilo, ou melhor, apenas Victoria, ela e James, mas agora Jacob e Isabella também...
-- Como soube? - Jacob perguntou, apoiando a cabeça sobre os ombros de Nessie.
-- Victoria... - Isabella respondeu.
-- Aquela vadia! - Jacob gruiu furioso – Ela será a próxima que vai sentir o pode de minhas mãos...
-- Vai chegar atrasado! - Bella confessou — Eu já arrebentei com a cara dela, assim que ela me contou o que houve...
Nessie ouviu o que a morena disse, mas não conseguia acreditar. Qualquer outra pessoa que fosse não teria nem se importado, não depois de tudo o que Nessie fez com Isabella, depois do que ela disse para a morena, acusando-a, humilhando-a em público por várias e várias vezes.
-- Você tem mesmo um temperamento forte Swan! - Jack disse ainda com os olhos fechado e mantendo a cabeça nos ombros da amada.
-- Nessie, o que aconteceu? De verdade?
-- Victoria a drogou e junto com James abusaram dela! - Jacob disse fechando às mãos em punho ao lado de seu corpo.
-- Você deveria dar queixa! - Isabella aconselhou.
-- Para que todos saibam que eu fui abusada sexualmente por aqueles dois? - Nessie gritou – Não! Eu não quero e nem vou fazer isso!
-- Você deveria ter ficado longe deles! - A morena disse indignada.
-- O que você esperava? - Nessie bradou — Você também teve culpa nisso tudo...
-- Nessie, por favor! - Jacob pediu.
-- Eu não planejei me apaixonar pelo seu pai... Aconteceu! - Bella disse segura — Eu entendo que você tenha ficado com raiva e me odeie por isso, mas acabar com a sua vida por causa de algo que você não teria controle para decidir... Foi muita tolice e infantilidade!
-- Isabella! - Jacob disse — Não é hora para isso! - Ele abraçou Nessie pela cintura - Você tem que tomar uma decisão sobre isso, não tem que ser hoje e nem agora, mas tem pensar sobre tudo...
-- Eu entendo! - Ela anuiu — Podemos conversar depois...
-- Claro!
-- Bella, você já pode ir! - Jacob meio que a dispensou — Nessie vai dormir aqui hoje. Avise Edward sobre isso.
-- Entendi! - Isabella concordou.
-- Bella! - Nessie a chamou antes que ela saísse — Não diga nada para o meu pai, por favor...
-- Não sou eu quem deve dizer algo a ele, mas sim você! — Ela disse já se retirando do lugar — Fique bem Nessie...
O caminho de volta para casa foi feito em silêncio, até porque ninguém estava com ela no carro e ela optou por não ligar o rádio. Ela parou o carro na frente da casa de Edward, olhou para a casa de seu pai e viu o carro dele parado na garagem, então saiu em direção a casa que um dia foi sua, já que era bem provável que ele estivesse lá dentro.
Isabella entrou na casa, sem ao menos bater, ela ainda tinha a chave da porta, andou pela sala e para a sua surpresa encontrou o pai saindo da cozinha.
-- O que está fazendo aqui? - Emmett perguntou debochado — Resolveu voltar para casa?
-- Por quê? - Isabella perguntou e Emmett não entendeu — Por que você não me deixou dar queixa de James naquela época? Por que me fez fingir que nada tinha acontecido?
-- Por que está falando sobre isso agora?
-- Ele me bateu e abusou de mim! - Ela gritou — Você me fez mentir para o Policial e alegou que eu tinha caído da escada. Por quê?
-- Todos já falavam de você! - Emmett tentou se defender – Teria sido pior, não só para você, mas para mim também. Isabella, eu apenas estava te protegendo.
-- Protegendo um estuprador! Foi isso o que você protegeu!
-- Eu estava pensando em você! - Ele revidou.
-- Você só estava pensando em você mesmo, pai! - Ela disse se virando e saindo sem olhar para trás.
Isabella entrou na casa de Edward e estava pronta para subir as escadas quando o maior apareceu na porta que dava para a sala de jantar. Isabella tentou limpar o rosto sujo pelas lágrimas que derramara a pouco, mas Edward já tinha visto que ela esteve chorando.
-- O que aconteceu? - Ele perguntou.
-- Eu estava conversando com o meu pai agora há pouco! - Ela respondeu.
-- Vocês brigaram?
-- Não exatamente... - Ela disse fungando — Como você está? Por que não foi trabalhar?
-- Eu não quis! - Ele rebateu — O que você tem minha querida?
-- Eu só preciso de um banho! - Ela disse forçando um sorriso - Obrigada por se preocupar comigo.
-- Sempre...

.......................

Isabella não disse nada sobre Nessie, ela, melhor do que ninguém, bem sabia que tinha que ser a própria Nessie a contar aquele fato ao pai. Ela tomou um banho deveras demorado e quando saiu, ela esperava que Edward estivesse lá para ela, mas ele não estava...
Ao contrário do que o povo vivia comentando, Isabella não dividia a mesma cama que Edward. Ela estava dormindo no quarto de Nessie, eles não haviam se tocado mais sexual falando, desde que a menina se mudou para casa do Cullen. As coisas foram acontecendo rápido demais e Edward não queria forçá-la a nada, até porque, ele ainda estava casado legalmente com Rose, e oficialmente, Isabella ainda era menor de idade e o pai da garota queria matá-lo por toda aquela confusão.

.....

A noite passou como um borrão, Isabella ainda dormia quando ouviu uma voz vinda do andar de baixo. Primeiro ela achou que estivesse sonhado, depois reconheceu as vozes de Edward e Jacob. Ela saltou da cama de pijama mesmo, ainda bem que ela estava vestindo uma calça xadrez e uma regata preta. Isabella saiu em direção à escada e avistou Nessie, a menina trajava as mesmas roupas pretas de outro dia, além de um casaco de Jacob que estava junto ao corpo dela.
-- O que aconteceu? - Edward perguntou, quando Isabella já se encontrava parada no topo da escada.
-- Nessie precisa conversar com o Senhor! - Jacob interveio - Eu esperarei lá fora! - Ele  falou olhando para Nessie.
-- Fique! - Ela pediu — Eu vou conversar com papai no escritório dele.
-- Você está grávida? - Edward perguntou desconfiado.
-- Não! - Nessie disse — Antes fosse isso...
-- Nessie...
-- Pai, vamos conversar no seu escritório, por favor.
-- Tudo bem.
Edward foi à frente, Nessie deu um rápido beijo em Jacob e saiu logo em seguida. Foi cerca de longos 45 cinco minutos de conversa, Jacob ouviu quando algo foi quebrado dentro daquele escritório e também pode ouvir o choro intenso de Nessie, então, depois daquele tempo todo, que mais pareceu uma eternidade, pai e filha voltaram para a sala. Edward tinha um olhar sombrio, o rosto pálido e circunspecto.
-- Bella! - Edward a chamou, pois ele não havia se dado conta de que a menina estava sentada na escada.
-- Oi! - Ela disse olhando para ele e depois fitando Nessie, que estava com o rosto inchado de tanto chorar.
-- Preciso que desocupe o quarto de Nessie! - Ele ordenou — Ela vai voltar para casa, também preciso que cuide de fazer a sua mudança para o meu quarto... Caso não se importe!
-- Tudo bem! - Ela sussurrou baixinho.
-- Eu vou levar Nessie ao hospital! - Ele disse sem vida — De lá vamos a uma delegacia!
-- Não vai adiantar! - Bella disse mordendo os lábios.
-- Você...
-- Eu pedi para que ela não lhe falasse! - Nessie confessou.
-- Era algo dela Edward, somente ela poderia te contar... – Bella murmurou – Somente ela, mas ninguém...
-- O que você sabe Bella? - Edward perguntou rígido.
-- O tio de James é o Delegado da cidade! - Bella disse dolorida — E o pai dele é o Promotor! Esse caso vai se arrastar durante anos, Victoria com toda certeza deporá a favor dele. Ela é a única testemunha. E fora os outros que alegaram que ambos andavam juntos. Edward, você só vai piorar as coisa...
-- Ele abusou de minha filha! - Ele gritou socando a porta que estava a sua esquerda — E você vem me dizer que não há nada que possa ser feito?
-- Eu sinto muito! - Ela balbuciou.
-- Que merda! - Ele gritou furioso.
-- Se serve de consolo, eu parti a cara dele! - Jake disse.
-- Não, não serve! - Edward replicou — Jacob, você poderia levar Nessie até a casa da mãe dela?
-- Claro, Sr. Cullen! - Ele anuiu.
-- Ela vai pegar as coisas dela! - Edward explicou — Eu vou ligar para a sua mãe!
-- Pai, por favor! - Nessie pediu — Deixe que eu fale com a mamãe!
-- Nessie, ela deveria cuidar de você! - Ele explodiu — Rose é a pior mãe do mundo, e não me peça para ir com calma com ela!
-- Só me deixe falar com ela primeiro... Por favor!
-- Edward! - Isabella ajuizou — Nessie precisa fazer isso sozinha!
-- Jacob faça o que eu lhe pedi!
Jacob caminhou até Nessie, o rapaz segurou a sua mão e ambos caminharam em direção a saída. Nessie sussurrou apenas para que Isabella escutasse um sincero muito obrigada. E por fim, ambos saíram deixando Edward e Isabella sozinhos. Isabella podia sentir a raiva do homem, o maior tinha as mãos fechadas em punhos em volta do corpo, as suas narinas estavam inflamadas e o seu rosto ganhava uma leve tonalidade de vermelho.
--- O que aconteceu entre você e aquele cara? - Edward perguntou seco e frio — Eu quero a verdade Isabella!
A menina respirou profundamente, não havia contado aquilo para ninguém, nem mesmo para Jacob, o seu melhor amigo, ele nem imaginava o que de fato havia acontecido. Fora o seu pai, mas com este ela não pode contar na época...
-- James era o meu namorado! - Isabella começou — O meu pai era contra, James sempre teve uma péssima fama na cidade, acho que foi por causa dele que ganhei a minha...
Edward tinha os olhos nela, mesmo porque o seu corpo não mexia um músculo sequer, os seus olhos estavam atentos no que a menina iria lhe contar.
-- Eu perdi a minha virgindade com James! O meu pai achava que era só uma fase, mais uma tentativa minha de chamar a sua atenção, então, ele não deu importância, como nunca dava a nada do que eu fazia... - Ela ficou em silêncio, como se refletisse sobre tudo — James ficava agressivo quando bebia, e na noite em que terminamos, ele havia bebido muito, as coisas não eram mais as mesma, o nosso namoro não estava legal, ele andava violento e querendo coisas que eu não estava nenhum pouco a fim de fazer...
Edward apertou ainda mais as mãos contra o seu corpo, ele estava furiosa e Isabella sabia.
-- Eu terminei com ele... - Isabella disse sem vida — Terminei na festa de Erick... James deu um show, Jacob não estava lá, ele nunca gostou do meu namoro com James, ele também achava que era só mais um capricho meu... - Ela respirou fundo — James me arrastou da festa de Erick, me jogando dentro do carro dele e saindo dali. Ninguém fez nada, não era a primeira vez que brigávamos em públicos e não era a primeira vez que terminávamos...
-- O que ele fez Isabella? – Ele perguntou entre dentes.
-- Ele me violentou! - Ela disse ríspida e cuspindo as palavras — Ele me forçou a fazer sexo com ele naquele maldito carro, e quando eu me recusei, ele me bateu, me bateu a ponto de me fazer sangrar pela boca, e mesmo eu dizendo que não, ele fez sexo comigo...
Isabella tinha os olhos fechados em dor pelas malditas lembranças, mas ela ouviu o barulho de algo sendo quebrado, era algo de vidro jogado na madeira, o impacto fora tão forte que fez com que ela saltasse. Quando olhou novamente para Edward, as mãos dele estavam sangrando, ele havia se cortado com o vidro.
-- O que foi que o seu pai fez? - Ele perguntou alto — O que ele fez? - Ele urrou.
-- Nada! - Isabella disse e o seu rosto estava molhado pelas lágrimas — O pai de James é influente e ameaçou demitir o meu pai, além de sujar o seu histórico profissional se ele levasse adiante qualquer denúncia contra o seu filho... — Isabella respirava com dificuldade — James estava no último ano da Escola, entraria para a Faculdade com uma bolsa de atleta e com um caso como aquele, ele acabaria por perder tudo...
-- E ele aceitou?
-- O meu pai não teve muita escolha...
-- Todos nós temos escolha, Isabella! - Edward pontuou.
-- Você está sangrando! - Ela murmurou preocupada — O meu pai não fez a parte dele, mas eu, bem, eu fiz a minha parte...
-- O que você quer dizer com isso?
-- O meu pai me disse que não poderia fazer nada a respeito! - Ela disse com um sorriso sem vida nos lábios — Eu fiz, eu arrebentei o carro dele, e com a ajuda de Jake, nós dois quebramos a cara dele. James só foi para cima de Nessie, porque sabia que isso me afetaria e também ao Jacob... ele tem raiva de Jacob.
-- Isso não dá o direito a ele de acabar com a vida das pessoas...
-- Se você der queixa, só vai piorar as coisas, Edward! - Isabella constatou tristonha — Existem outros meios de se acabar com isso...
-- Sim existem! - Edward confirmou — E eu vou usá-los!


Continua...

Notas finais.
O que acharam meninas?
Vamos comenta?
Quem ainda nao recomendou pode recomenda!
Tem pagina propria para recomendações,,
Quero todos comentarios preciso saber o que estão achando da fic
Estarei postando aqui ate Nyah volta a funcionar.
beijos para todos.
Tuca minha beta querida voce foi incrivel.
Ate proxima meninas lindas.

9 comentários:

  1. Uouuuuu... to chocada aqui!!! Tadinha da Bella.. e Nesse tbm.. se bem que rla mereceu por ser tao burra!
    Quero nem ver (mintira, quero sim) o q o Edward vai fazer. Serio, o James e a Victória vão se dar muito mal!
    Amando muito a fic... serio! Tava com sdds ja... enfim, to loca pra saber o q eles vao aprontar! Posta logo mais..*-*

    ResponderExcluir
  2. Primeiro de tudo, menina como você pôde demorar tanto com esse post? Estava quase enlouquecendo aqui sem Nyah, sem post novo, graças a Deus você voltou.. Alias você está com uma conta nova no Nyah? Se tiver manda pra mim o link depois ;)
    Agora sobre o cap, sério eu em algum momento desejei um futuro feliz pra Rosalie e o Emmett, mas depois de tudo o que veio acontecendo eu quero mais é que esses dois tenham um final muitoooooooooooo infeliz, fico imaginando como vai ser a reação da Rosalie quando a Nessie contar a ela o que houve, é capaz de dizer que ela foi uma bestinha por não ter aproveitado mais, apesar que a Rose não gosta muito quando envolvem mulheres nos rolos dela né, ela sempre prefere muitos homens #vadia.. E o Emmett sem comparação, isso não é um pai, não se pode ser de maneira nenhuma denominado assim ¬¬, queria que o Edward fosse dar uma surra nele também seria bem merecido.. A Bella é realmente muito boa menina, ainda defendeu a Nessie, guardou o segredo dela pelo tempo necessário, e aguentou o seu próprio até que alguém estivesse disposto a lutar por ela.. Ai que essa má fase passe logo e que Beward possa encontrar seu caminho de volta para o amor, estou com saudades de momentos felizes dos dois, espero ansiosa por mais beijos Kah.

    ResponderExcluir
  3. Gente o pai da Bella é um babaca, e amei o que a Bella e o Jake fizeram com os dois malditos.
    O Ed é maravilhoso!!!!!!!!!!!

    Estava com saudades das fics, e se vc tá com uma conta nova no Nyah, please me mande.

    ResponderExcluir
  4. caraba adorei a surra... nossa Bella possou por tudo isso ??? que raiva do Emment

    ResponderExcluir
  5. caraca amei as tapa que a Bella deu na cadela da Victoria e a Nesse cabeça oca espero que agora ela aprenda, o Emm me decepcionou como pai.

    ResponderExcluir
  6. aaaaaaaaaaaaaaa amei a surra que bela e jake deu neles mas que pai bela tem so quero ver que ed vai fazer com com isso tudo que ele soube que sera que a família de ed vai dizer to louca pra ler mais

    ResponderExcluir
  7. adorei a surra que a vitoria tomou,como sempre vc arrasou sua fic cada dia
    melhor ,parabéns!!!!
    vai volta a post no nyah.,

    ResponderExcluir
  8. Amei a surra que a Bella deu na Vitoria, curiosa para saber o que o Edward vai fazer. Acho que agora a Nessi vai cair na real.
    Caramba cada dia fico mais decepcionada com o Emmett.

    ResponderExcluir