Jul M

Oi

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Slave Of Pleasure-- Escrava Do Prazer-- cap 28

TERROR NA ESCOLA!

Isabella ficou meio frustrada depois que Edward a mandou voltar para o quarto. Apesar de eles terem trocado vários beijos durante a noite, Edward a dispensou, exigindo que ela retornasse ao seu próprio quarto, pois segundo ele, aquele não era o momento para ficarem “de boa”. Sim, quando as coisas começaram a ficar mais quentes, mais ousadas e a jovem achava que fosse acontecer algo mais, Edward apenas a mandou de volta para o quarto. Levou horas para que Isabella conseguisse dormir, mas ela finalmente conseguiu. A mente tão travessa quanto o corpo, levou a jovem para sonhos bem diferentes...
Isabella estava curvada sobre uma mesa no escritório do Cullen, na sua boca, havia algo de metal em formato de bola, que envolvia a sua cabeça também.

 As mãos estavam amarradas, esticadas e juntas sobre a mesa. Edward caminhava lentamente por trás da jovem e com muito cuidado, passava as mãos pela extensão das costas da menina, causado arrepios e deixando-a ainda mais ansiosa pelo que ainda estava por vir... Edward usava um terno cinza que o deixa cada vez mais sexy e atraente.

Os dedos de Edward provocavam a pequena ninfa, subindo e descendo pelas suas costas, até que as mãos do jovem se posicionam ao lado da cintura da jovem e os dedos dele engataram no cós de renda da calcinha que a menor usava. Edward começou a descer a calcinha dela, parando lentamente no meio das pernas leitosas e grossas.

 As mãos do rapaz passaram a subir e descer por seus quadris, causado arrepios e mandando um sinal direto a sua buceta rosada que estava cada vez mais molhada...


 Quando Isabella achou que iria acontecer algo mais, o seu despertador tocou alertando-a de que já era hora de se levantar...
-- Merda! - Ela gemeu girando na cama e levantando.
Isabella tinha aulas pela manhã e precisa ir à Escola, pois ela não fora no dia anterior. Ela saiu da cama e foi direto para o chuveiro e não demorou muito para que ela estivesse arrumada. Quando desceu para tomar café, ela encontrou Rose à mesa juntamente com Carlisle, Edward e Esme que conversavam animados sobre a festa de sábado, Alice e Jasper também estavam à mesa naquela manhã.
Assim que viu Jasper e Alice, ela não teve como não se lembrar da cena que viu na cozinha, ambos se comendo como dois coelhos. É claro, que também não saia de sua cabeça, o porquê de Alice não querer que ela chegasse perto de Edward. Estava na cara que Alice sabia sobre o que Edward praticava sexualmente falando, mesmo que nem Isabela soubesse explicar ao que o maior era adepto realmente.
--- Bom dia! - Ela disse sorrindo gentil para todos.
-- Bom dia! - Edward disse — Dormiu bem Isabella?
-- Sim, obrigada!
-- Oh querida, o vestido ficou bom em você?
-- Sim tia Esme, ele ficou ótimo!
-- Que bom! - Ela disse e voltou a sua atenção para Alice.
Jasper prestava atenção em cada comentário que Alice fazia com a sua mãe, era notável a admiração do rapaz pela pequena Alice. Edward também estava atento, porém, estava mesmo atento a sua linda Isabella que parecia estar com um bom apetite naquele dia, ela comeu muito bem durante o café da manhã.
-- Já está pronta querida? - Esme perguntou.
-- Sim, eu vou só escovar os meus dentes e pegar a minha mochila! - Ela disse já ficando de pé
-- Eu levarei Isabela! - Edward comunica - Vou ter que ir à editora agora pela manhã e a Escola dela é caminho!
-- Ótimo! Assim Benjamin poderá me levar até a loja de decoração que eu e Alice vimos ontem.
-- Faça como quiser! - Edward disse sem dar muita importância.
Jasper não deixou de lançar um olhar questionador como se estivesse avaliando o irmão. Alice deu um sorriso amarelo, mas manteve os olhos em Edward, que pareceu não se importar nem um pouco com o contemplar dos dois.
.........................
Edward estava dirigindo em direção a Escola de Isabella, a jovem estava sentada ao seu lado no banco do passageiro. No carro tocava uma musica lenta e relaxante.
-- Precisamos conversar! - Edward diz rapidamente.
-- Sobre!? - Ela pergunta mordendo os lábios.
-- Nós! - Edward diz diminuindo a velocidade — Você já sabe o que eu sou. Já sabe do que eu gosto, e como eu gosto! - Edward a lembra — Mas, temos alguns termos que precisamos negociar Bella! — Edward olha para ela rapidamente — Tem que ser bom para os dois. Eu preciso que você também sinta prazer com tudo e não apenas aceite, só porque eu queira que aceite, mas porque também lhe faz bem.
-- Eu aceito! - Ela sussurrou.
-- Oh minha querida! - Edward diz e pega uma das mãos da jovem — Você não viveu quase nada, você não pode simplesmente aceitar o meu estilo de vida!
-- Quer que eu faça o quê? - Isabella diz irritada — Que eu saía por aí transando com outros caras?
-- Cuidado com essa boca menina! - Edward diz e seus ombros ficaram tensos — Vai ser um prazer para eu te dar palmadas em sua bunda linda.
-- Mas foi você quem provocou...
-- Eu quis dizer que você não viveu muitas experiências sexuais! - Edward fala — Mas eu terei o maior prazer em ensinar a você!
Isabella não comentou, apenas sentiu uma leve agitação por dentro, algo lhe dizia que tudo aquilo estava longe de acabar. Edward estacionou o carro na frente da Escola de Isabela, algumas alunas ficaram olhando enquanto a jovem descia do carro e antes de fechar a porta Edward disse.
-- Isabella! – Ele tinha um olhar sério — Fique o mais longe do Felix possível.
-- Tudo bem!
-- Não!!! Eu estou falando sério, qualquer avanço suspeito desse cara, você me dirá na hora!
-- Edward você está exagerando!
-- Não, estou não! - Edward diz circunspecto — Esse cara não presta, e está na cara que não mede esforços para ter o que quer! Mas ele não vai pegar o que já é meu!
-- Tudo bem! - Ela assentiu.
Edward não disse mais nada, Isabela apenas saiu do carro e correu em direção à Escola, pois já havia batido o sinal de entrada. Edward ficou observando até que a menor entrasse, ele viu quando Felix ficou olhando para Isabella, que passou por ele sem nem ao menos notar a presença do professor.
......................
As aulas ocorreram normalmente, o último tempo era de Felix, Rose mais uma vez havia faltado a Escola e Felix não estava gostando nada daquilo. Mas ele começava a visualizar uma nova saída, ele analisou Isabella durante toda a aula, quando o sinal bateu e todos começaram arrumar as suas coisas para sair, Felix impediu Isabella de ir embora.
-- Srta. Swan! - Felix disse — Por favor, espere um pouco, eu quero falar com a senhorita!
-- Tudo bem! - Isabella disse não gostando nada daquilo, sem que Felix notasse, ela digitou uma mensagem rápida para Edward. 

“Socorro”

Felix caminhou em direção a jovem sempre com um sorriso nos lábios, o seu andar de felino, deixava claro que ele iria atacar à jovem.
-- Você mora com o Cullen! - Felix disse vindo cada vez mais para perto da aluna — Os seus pais morrem, você vive de favor na casa dos Cullen
-- Isso não é da sua conta! - Ela disse dando dois passos para trás — Fique longe de mim.
-- Calma querida! - Felix sorrir zombeteiro — Só estamos conversando.
-- Eu não tenho nada para falar com você! - Ela diz e tenta sair correndo, mas Felix a segura — Me solte!
-- Quieta! - Felix diz puxando a jovem e a prendendo contra o seu corpo — Quieta sua vadia!
Isabela se debatia contra o corpo de Felix, mas o homem era mais forte e a segurava com força, Felix jogou Isabella para perto de uma cadeira, fazendo um grande barulho.
-- Socorro! - Ela gritou e tentou correr até a porta.
-- Não adianta gritar! - Ele disse sorrindo — Ninguém vai ouvir!
-- Eu vou contar tudo para a Direção da Escola! - Ela diz andando ao redor da mesa.
-- Para a Professora Lucinda? - Felix diz rindo — Ela não vai fazer nada!
Os olhos de Isabella só faltaram saltar de sua cara, como assim, a Diretora não iria fazer nada?
-- Aquela vadia é tão puta quanto as suas amiginhas! - Felix diz – Eu tenho muitas coisas que podem mandar a puta da Lucinda para cadeia, acha mesmo que ela iria contra qualquer coisa que eu faça? - Felix gargalhou mais uma vez — Ela também tira vantagens do que eu faço, a diferença é que ela não aparece, mas eu sim...
Isabella tentou correr, mas infelizmente Feliz a agarrou, rasgando assim a sua blusa da farda. 

Isabella se debateu contra Felix que a jogou direto contra a cadeira, local em que ela bateu os ombros.
-- Aaaah! - Ela gritou de dor.
-- Ah, já está chorando querida! - Felix disse rindo e chegando perto da jovem.
Isabella não sabia dizer como, mas ela sentiu quando Felix pisou nos dedos da suas mãos, fazendo os seus olhos lagrimarem de dor e a jovem gemer...
-- Você será uma ótima boneca de luxo! - Felix diz rindo.
Isabella fechou os olhos e não viu quando tudo começou, ela só ouviu um baque e um barulho alto, que a fez abrir os olhos novamente...
Com rapidez Edward estava por cima de Felix o socado e batendo com força nele, a sua raiva era tanta que o rapaz já tinha as mãos sujas de sangue. A boca de Felix fora quebrada com os dois primeiros socos de Edward.
-- Seu desgraçado! - Edward gritou socando ainda mais o homem que parecia não saber se defender.
Isabella não sabia dizer o porquê de Felix não se defender. Só então viu que as pernas de Edward estavam prendendo as mãos do Professor, o impedindo de se defender.
-- Edward pare! - Isabella gritou com medo do jovem matar o cretino.
Felix aproveitou a distração do jovem e empurrou Edward para o lado, se levantando e correndo em direção a porta, Isabella entrou no caminho para não deixar Felix fugir, mas o homem a empurrou lançando a jovem contra a cadeira. Isabella caiu de cabeça batendo com força e apagando em seguida.
-- Isabella!!!!!
Fora isso que Isabella ouviu antes de apagar de vez.

2 comentários:

  1. eu sabia que esse FELIX ia ataca a Bella ainda bem que o EDWARD apareceu

    ResponderExcluir