Jul M

Oi

domingo, 30 de junho de 2013

O Casamento-- O Novo Contrato -- Capitulo 32


"O que não te mata te deixa mais… estranho!" - Batman, O Cavaleiro das Trevas

MONTANDO O QUEBRA CABEÇA...

Edward estava em uma reunião importante com acionistas da empresa. Mary aguardava o retorno de seu chefe e enquanto ele não chegava, ela retocava o esmalte de suas unhas, quando de repente, Isabella desponta do  elevador extremamente ofegante. Edward com toda certeza brigaria com ela ao saber que a jovem havia conseguido enrolar o segurança naquela tarde para poder ter um almoço normal com a amiga Vic. Os olhos de Mary encontraram os de Isabella que ainda estava corada devido à afobação e pelo fato de ter entrando na empresa correndo.
-- Onde está Edward? - Ela perguntou e as suas mãos e pernas tremiam
-- O Sr. Cullen está em reunião! - Disse em um tom arrogante.
-- Eu preciso falar com ele agora! - Bella disse.
O coração de Bella disparou quando a jovem escutou o barulho do elevador se abrindo atrás dela, assim que ela viu Felix sair de dentro do ascensor ela sentiu que fosse desmaiar.
-- Sra. Cullen! - Felix tentava ser  casual, mas o seu maxilar estava travado... — Queira me acompanhar!
-- Fica longe de mim Felix! - Ela disse dando um passo para trás e caminhando em direção a Mary que se encontrava atrás de mesa de trabalho dela.
-- É apenas uma conversa, não vai demorar muito! - Felix diz mais o seu olhar ameaçador dizia bem mais...
-- Se você ousar chegar perto de mim, eu gritarei! – A jovem disse sentindo um medo terrível do homem que mais parecia um felino pronto para lhe dar o bote.
-- Sra. Cullen é apenas dois minutos! - Felix segurou Isabella pelos pulsos.
-- Bella! - Emmett surgiu no corredor — Bellinha, você não deveria estar no trabalho?
Claro que os olhos de Emmett não deixaram de perceber a cena. Felix soltou Bella no mesmo instante em que os olhos de Emmett focaram as mãos do homem agarrando Bella pelo pulso...
-- Edward está em uma reunião! - Emmett informa abraçando a jovem e puxando Isabella para longe de Felix.
-- Eu disse a ela Sr. Emmett! - Mary confirma, mas ainda estava sem entender a cena que acabara de presenciar.
-- Bem, foi um prazer vê-la Sra. Cullen!
Felix estreitou os olhos para Isabella, numa típica ameaça como se dissesse “eu estou de olhou em você”... Emmett acompanhou Felix ir para longe e depois voltou a olhar para Isabella que ainda estava ofegante, trêmula e corada.
-- Srta. Mary avise ao Edward que a esposa dele está em minha sala! - Emmett comunica a bela morena — Eu vou esperar por ele lá!
-- Claro Sr. Emmett
.......................
Edward entrou na sala de Emmett parecendo um furacão, Vic estava servindo a jovem um copo de água com açúcar para que ela se acalmasse, Bella ainda tinha leves tremores pelo corpo.
-- O que aconteceu? - Edward perguntou, já puxando Isabella para os seus braços e a mantendo ali — Emmett, o que aconteceu?
-- Eu ainda não sei ao certo! - Emmett diz — Isabella ainda não conseguiu me dizer nada!
-- Lion me ligou! - Edward diz tirando alguns fios de cabelos do rosto da jovem — Por que você fugiu dele Isabella? Ele é o seu segurança, ele apenas quer te proteger.
-- Ela estava comigo Edward! - Vic responde chamando a atenção dos dois homens.
-- Como assim? - Ambos perguntaram juntos.
-- Almoçamos juntas hoje! - Vic diz se sentindo culpada — Depois de comermos, Isabella me acompanhou  até o ponto de taxi, daí não sei de mais nada, apenas marcamos de nos ver na sexta à noite!
-- Bella o que aconteceu? - Edward pergunta com carinho enquanto as suas mãos acariciavam o rosto da esposa!
-- Meu celular! - Ela sussurrou com uma voz ainda deveras trêmula.
Edward pegou Isabella em seu colo e caminhou com ela em seus braços indo se sentar no sofá de couro que havia na sala de Emmett. Ele deu um olhar significativo para o amigo indicando que pegasse o celular de Bella. Emmett foi direto à bolsa da jovem na qual o  celular se encontrava e achou o aparelho ainda com a câmera ligada. Emmett mexeu indo parar nas imagens, não que ele soubesse, mas deduziu que tinha alguma coisa a ver com fotos ou filmagem, já que o celular da moça estava com a câmera ligada.
-- Santa Maria!
...................
Isabella estava mais calma, a sua cabeça estava apoiada nos ombros largos de Edward que ainda fazia carinho nas costas e na face da jovem. Tanto Edward quanto Victoria, já haviam visto as fotos que a jovem tirou de Felix e Charlotte na saída do hotel.
--  Já consegue dizer o que aconteceu querida?
-- Eu e Vic almoçamos juntas! - Bella disse com uma voz meio tremula — Depois a acompanhei até o ponto de taxi que tinha ali próximo!
-- A gente já sabe dessa parte! - Edward diz com amabilidade — Preciso saber como conseguiu essas fotos querida!
-- Quando Vic entrou no taxi, eu me virei para ir embora e acabei os vendo sair do motel... ...hotel nem sei que lugar era aquele!
-- Ele viu você? - Emmett perguntou.
-- Sim! Quando já estava me preparando para ir embora! - Ela disse — Ele veio correndo em minha direção, eu me apressei e peguei um táxi antes que ele me alcançasse e vim direto para cá!
-- Emmett, ligue para Lion, diga que Isabella está aqui! - Edward ordenou apertando os braços em volta da esposa — Avise também a James que ela não voltará ao trabalho hoje, invente uma desculpa qualquer!
-- Ok! - Emmett diz olhando para Vic — Vamos estar lá fora!
-- Obrigada! - Ela sussurrou.
-- Quando chegarmos a nossa casa, nós conversaremos! - Edward diz — Você está metida em grandes problemas mocinha!
-- Eu...
-- Shiiii... Em casa conversamos!
Edward beijou o topo da cabeça de Isabella e a abraçou ainda mais forte, mantendo-a contra o seu peito, como se assim pudesse conservar a jovem protegida do mundo que os cercava...
...........................
Edward cancelou toda a sua agenda para o resto daquela tarde, ele pegou Isabella e caminhou com ela para fora da empresa. Não pode evitar o olhar  feio que deu para Felix que estava parado ao lado de Demitre no corredor. Lion e Tyler esperaram por eles no carro. O percurso feito até a casa deles, foi em um mais completo silêncio. Assim que o carro estacionou em frente à casa, Isabella saiu e Edward ficou para dar novas ordens aos dois seguranças.
-- A segurança vai ser redobrada! - Edward diz ao entrar no quarto, Isabella estava tirando os sapatos.
-- De novo! - Ela diz chocada — Edward eu não quero isso!
-- Depois de hoje não vejo outra saída!
-- Eu não acredito que estava fazendo isso! - Ela disse chateada — Como se já não fosse  o bastante ter Lion na minha cola o dia todo!
-- E você ainda assim fugiu dele! - Ele acusou.
-- Eu só queria algumas horas como uma pessoa comum!
-- Você não é uma pessoa comum! - Edward diz em um tom mais alto — Você está casada comigo, nada em sua vida vai ser comum como antes!
Era possível sentir as farpas na voz do rapaz, o seu olhar não estava nada amigável...
-- Eu quero a minha vida de volta! - Ela gritou.
-- Esqueça a sua vida antiga, você não a terá de volta! - Ele gritou mais alto ainda.
-- Você está me tratando como uma prisioneira! - Ela voltou a gritar e jogou um sapato com força contra o chão — Eu me sinto presa dentro da minha própria casa!
-- Eu só estou tentando manter você segura! - Ele gritou fazendo Isabella encará-lo — Você não tem idéia de como me dói só em pensar que algo possa acontecer a você por minha culpa!
Isabella não disse nada, apenas ficou encarando o marido que estava olhando diretamente em seus olhos.
-- Eu não posso perder você! Será que não entende isso?
Sem dizer mais nada Edward puxou Isabella, tomando assim a sua boca em um beijo necessitado, urgente e cheio de luxuria. Essa era a única forma que ele conseguia saber que estava tudo bem, era durante o sexo que ele sabia que nada havia mudado... ...que tudo continuava igual entre eles. As roupas caíram pelo chão e os corpos dos dois caíram sobre a cama. Edward tinha pressa, ele precisava senti-la, tê-la para si... E sem qualquer aviso invadiu o corpo da mulher amada em uma única investida, fazendo ambos gemer. O gemido de Isabella foi ainda mais profundo. Era a mistura de dor com prazer, muito mais prazer do que dor, ela não estava preparada para aquela invasão brusca e gostosa...

O ranger da cama denunciava o ato dos corpos dos amantes, eles se moviam juntos ao mesmo ritmo. A cada nova investida do membro de Edward, o corpo de Isabella  se movia... Não havia carinho, apenas necessidade que precisava ser consumida. Os gemidos da jovem se misturavam com os dele, as mãos dela arranhavam com força as costas dele, assim como a boca de Edward não saia do corpo de Isabella.

 Ora chupando seus seios, ora mordendo o seu pescoço a marcando de todas as formas possíveis com sua...
O corpo de Isabella ficou rígido, a sua boceta começou a apertar ainda mais o pau de Edward dentro dela, a cada nova investida a jovem via estrelas... ...estrelas candentes do desejo... Sem conseguir mais agüentar, a jovem gritou a todo pulmão o nome do marido e se deixou levar pelo seu próprio prazer, gozando profundamente,  fazendo o seu corpo todo tremer, mostrando o quanto foi intenso aquele orgasmo. Mais algumas investidas de Edward e o seu gozo se misturou com o de Isabella, mordendo com um pouco de força os ombros da jovem, Edward deixou o seu corpo tombar por cima do de Isabella, ainda tendo pequenos espasmos devido ao orgasmo recente...
-- Temos que parar de brigar! - Bella diz ainda envolvida nos braços dele.
-- Você começou! - Ele disse — Só quero manter você segura. Por favor, entenda isso!
-- Tudo bem! - Ela diz por fim se rendendo.
-- Amanhã  os novos seguranças se apresentarão! - Edward diz — Você ganhará mais um segurança além do Lion!
-- Ok! - ela controlou a raiva que sentiu ao saber disso, ela não queria brigar com o marido, não depois do que tinha acontecido...
-- Tony vai voltar a ficar com o meu pai! - Edward diz — É mais seguro para ele!
-- Mas aqui também tem segurança! - Bella diz olhando para ele — Não quero o nosso filho longe da gente!
-- Eu sei querida! - Edward beija a sua testa com amor — Mas é preciso! Você não vai querer sair do seu trabalho e Esme fica em casa o tempo todo, ela poderá cuidar mais de perto de Tony!
O bico de Isabella era enorme e de certo modo ela sabia que Edward tinha razão. Tony passava as tardes com Sue quando não estava na casa dos avos. Ela e Edward só chegavam à noite, que era quando ela dedicava o seu tempo para o menino até a hora que ele fosse dormir.
-- Será por pouco tempo, eu prometo! - Edward diz — Até porque, logo mudaremos de casa!
-- Como?
Edward ainda não havia contado a Isabela que ele tinha comprado uma casa maior e que ficava próxima a casa de seu pai. E ainda, que a casa onde eles moravam atualmente, seria dada para Charlie, isso se Isabella concordasse em dar a casa ao pai dela.
-- Ainda não é hora! - Edward diz beijando os seus lábios — Quando for à hora, nós conversaremos sobre isso!
Isabella estava prestes a começar uma nova discussão com o marido, quando Edward girou os corpos dos dois na cama, tomando a boca da esposa em mais um beijo faminto, dando por encerrada, pelo menos por hora, a contenda desnecessária entre os dois. Edward sabia que  havia grandes problemas pela frente, mas ele já conseguia ver uma pequena luz bem ao final do túnel...
Continua…

Um comentário:

  1. agora que ferrou tudo já que esse tal Felix sabe que a Bella viu ele.

    ResponderExcluir