Jul M

Oi

sábado, 22 de junho de 2013

O Casamento -- O Novo Contrato-- Capitulo 31


“As vezes a gente ouve tantas vozes em nossas cabeças. Algumas nos dizem pra desistir, enquanto outras nos fazer acreditar que ainda vale a pena insistir. O problema é que a gente quase nunca sabe qual voz seguir.”

— Frase do Filme Querido John.

HÁ ALGO FORA DO LUGAR...
Edward sabia que ele ainda era o principal suspeito dos  assassinatos, mas havia alguns fios soltos que nem o próprio Detetive Marcos desconfiava. Para o Detetive Marcos, Edward era o culpado, afinal, não seria a primeira vez que um riquinho cometeria assassinatos daquele porte. Então ele sabia que uma hora ou outra, Edward deixaria provas. O que Detetive não sabia, era que Edward estava atrás de suas próprias provas de defesa...
-- Srta Mary ligue para Emmett, peça para que ele venha a minha sala!
Edward estava saindo de uma reunião, Mary estava usando um vestido branco de tecido bem fino, quase transparente, que inclusive deixava a sua calcinha bem visível através da roupa, ou melhor, descrevendo, o pequeno pedaço de pano que era a minúscula calcinha que a mulher vestia naquela manhã, ela estava muito bonita e sabia muito bem  disso. Mas para o seu total desespero, Edward parecia nem notar a sua existência...
-- Claro Sr. Cullen!
Alguns minutos depois, Emmet entrou na sala do amigo, ele tinha em suas mãos uma pasta preta, na qual continha dentro as mais novas investigações que ele havia feito.
-- Como você está? - Edward perguntou.
-- Bem! - Emmett disse lhe entregando a pasta — Eis aqui tudo o que eu consegui sobre a vida Charlotte.
-- Obrigado! - Edward disse pegando o arquivo.
-- Você acredita mesmo que ela possa estar envolvida?  - Emmett perguntou.
-- Não! - Edward pondera — Acho que estão querendo fazer dela uma suspeita...
-- Tipo despistando!
-- Sim! Alguém quer passar despercebido e está deixando fios soltos para que não possa ser achado...
-- Só que, quem quer fosse não estaria esperando que você entrasse nas investigações!
-- Sim, eles não esperavam! Mas eu fui envolvido nessa merda até o topo e não vou sair dessa história até achar o verdadeiro culpado!
-- Não acha que pode ser perigoso?
-- Emmett, você acha mesmo que eu não sei disso? – Edward encara o amigo — A minha maior preocupação são Bella e Tony. Eu não quero que algo aconteça a eles...
-- Por isso o reforço da segurança!
-- Sim! Tyler e Lion são ótimos no que fazem, mas eu preciso manter Bella e Tony seguros, eu preciso saber que eles estão seguros...
-- Vai ficar tudo bem! - Emmett diz.
-- E você e Victoria? Como anda o relacionamento de vocês? E não tente negar, eu já notei o seu interesse pela amiga de Bella!
Emmett deu um sorriso maroto e balançou a cabeça como se tentasse afastar algo de sua cabeça, talvez a lembrança do beijo que roubou da jovem ruiva na noite passada, foi apenas um beijo, depois de uma semana de convivência, mas o ato havia mexido muito com ele...
-- Complicado! - Emmett diz — Com Vic tem quer ser tudo com muita calma, eu  tenho medo de bagunçar ainda mais o emocional dela!
-- Eu entendo você! - Edward diz — Depois de tudo que ela passou nas mãos de James, é normal que fique na defensiva.
-- Aquele verme! - Emmett diz — Mas deixa estar, o que é dele não demorará a chegar...
-- Vai com calma Emmett! - Edward diz — Eu não sei o porquê, mas tenho quase certeza que James tem alguma coisa a ver com tudo isso que estar acontecendo!
-- E se for verdadeira a sua suspeita... - Emmett diz — Não acha que Isabella estaria correndo perigo?
-- Esse é o meu maior medo!
Edward conhecia o passado de James... James podia até não se lembrar de Edward, mas ele sim, se lembrava muito bem de James. Nunca confiou em James e não seria agora que daria esse mole,  ainda mais sabendo que havia algo em risco...
..............
Quando Edward chegou a sua casa, já passa das sete horas da noite, ele havia tido uma reunião de última hora com o seu pai, eles discutiram alguns itens do fim de um contrato. Assim que entrou em casa, ele viu Isabella cercada de papéis  e  Tony brincando no chão da sala perto dos pés de Isabella. Edward sabia que Tony tivera consulta com Stefan naquele dia, e por mais que ele odiasse pensar que Stefan chegou a dar encima de Isabella descaradamente, o médico tinha feito grandes progressos com o seu filho, e isso, ele não poderia negar...
-- Oi! - Edward disse chamando atenção de ambos.
-- Oi amor! - Isabella disse sorrindo.
- Que papéis são esses? - Edward perguntou dando um beijo no topo da cabeça da jovem e acariciando a cabeça do filho que brincava distraído e feliz.
-- Contratos! - Bella disse — O seu pai deixou aqui  para eu dar uma olhada! - Edward enrugou a testa — Ele quer uma opinião feminina nesses projetos e como eu já trabalhei com vocês...
-- Entendi! - Edward diz beijando novamente os cabelos da esposa — Eu vou tomar  banho! Já jantaram?
-- Não! Estávamos esperando por você!
-- Ok! Vou tomar banho e já desço.
..............
O jantar estava maravilho, Edward sabia que Isabella cozinhava muito bem, e, sempre que podia, cozinhava para o marido e o filho. Tony acabou dormindo no sofá. Edward estava sentando no sofá com a cabeça do menino em seu colo.
-- Ainda vai demorar muito? - Edward perguntou.
-- Não muito! - Ela diz — Só estou fazendo algumas anotações! Confesso que estava com saudades disso!
-- Então por que não volta a trabalhar comigo?
-- Edward eu já tenho emprego! E você já tem secretaria!
-- Não, quero você como minha secretaria! Quero você como minha assistente pessoal, querida!
-- Sei... e dar amasso em sua assistente pessoal nas horas livres, faria parte do meu trabalho?
-- Bem, isso seria extra! - Edward diz sorrindo com malicia.
-- Você não vale nada! - Ela diz sorrindo e balançando a cabeça — Ok! Dê-me o meu menino para que eu o coloque na cama!
-- Claro!
Bella pegou Tony no colo e o levou para o quarto dele. Edward arrumou os documentos que estavam espalhados pela mesa de centro da sala de estar e os guardou em uma pasta transparente que  tinha ali. Quando terminou, ele colocou a pasta sobre a mesa de centro e se sentou no sofá esperando a sua mulher voltar.
-- Prontinho! - Bella disse sorrindo — Dormindo como um anjinho!
-- Também pudera, depois de tanto brincar e correr, tinha que cansar uma hora!
-- Não diz isso! - Bella disse rindo e sentando em seu colo — Ele é apenas uma criança.
Os braços de Edward envolveram a cintura de Isabella, mantendo a jovem em seu colo.
-- Tentando me seduzir senhora Cullen? - Edward diz dando beijinhos inocentes no pescoço e nos ombros da jovem.
-- Na verdade! - Bella diz passando as mãos pelos cabelos dele — Eu estava pensando em dar uns bons amasso no sofá com você.
-- Hummmm! Tô começando a gostar dessa idéia!

E antes que Isabela pudesse dizer algo, Edward tomou a boca dela em um beijo urgente e profundo... ...fora só questão de tempo para que as roupas sumissem e ambos os corpos se encaixasse perfeitamente...

......................
Vic passou na livraria na hora do almoço de Bella e ambas saíram juntas para comer em um restaurante perto dali.
-- Então quais são as novidades?
-- Eu tô trabalhando com Emmett! - Vic diz tomando um pouco da sua limonada.
-- Ah, que bom! - Bella disse sorrindo — Vamos Vic, não me engane! O que está acontecendo entre você e Emmett.
Vic suspirou e balançou a cabeça, ela não conseguiria esconder mesmo e precisava conversar com alguém! A única amiga que tinha no momento era Isabella, na verdade ela era a única amiga que ela tinha...
-- Ele me beijou! - Ela diz — Que dizer a gente se beijou...
-- Mas isso é bom!
-- É sim! - Ela diz – Mas sei lá, Emmett é tão perfeito que tenho medo disso tudo não passar de um sonho!
-- Vic, você merecer  alguém como Emmett! - Bella diz — Alguém que cuide de você e que te ame de verdade!
-- Ah Bella, é bem complicado, eu tenho medo de me apegar demais e sofrer de novo!
-- Você vai ter que encarar essa se quiser saber o final! - Bella diz — Vic eu passei boa parte da minha vida fugindo de tudo e com medo de todos... Não deixe que isso aconteça com você!
-- Vamos comer!
-- Sim vamos!
O resto do almoço foi mais calmo e tranqüilo, Vic e Bella conversaram sobre outras coisas, elas marcaram uma saída só para meninas, entre mais outras tantas coisas bobas e sem importância a não ser o divertimento das duas. Quando terminaram de comer, pagaram a conta e estavam caminhando de volta para  o trabalho, quando Bella e Vic pararam em frente ao ponto de taxi para que Vic pegasse um para voltar para o trabalho dela.

--- Ok! Eu vejo você na sexta à noite! - Vic diz sorrindo, pois jantaria na casa de Bella.
-- Ok, eu vou ficar te esperando!
-- Até mais Bella!
Bella deixou o taxi partir, só então se deu conta de que estava parado em frente a um hotel, o local não era  assim tão chique, mas tinha certa elegância. Porém não fora isso que lhe havia chamado atenção, fora o fato de Charlotte estar saindo do hotel, contudo ela não estava sozinha, ela estava acompanhada de Felix, ambos estavam com os cabelos úmidos, Charlotte tinha os lábios inchados e Felix tinha uma leve mordida no pescoço. Sem pensar duas vezes, Isabella sacou o celular da bolsa e tirou varias fotos do casal, as coisas começavam a fazer sentido e Isabella sabia que isso só queria dizer uma coisa... Mais problemas a caminho...

 Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário