Jul M

Oi

domingo, 9 de junho de 2013

O Casamento -- O Novo Contrato -- Capitulo 29


"Quando estava na faculdade, li todos aqueles livros clínicos sobre o sexo: Havelock Ellis, Freud, Krafft-Ebing. Não é novidade para mim que os homens que se casam com mulheres bonitas são com freqüência alvo da suspeita do homossexualismo. Eles contam com suas mulheres para atrair admiradores."
                                     Saul Bellow; A Mágoa Mata Mais

FIOS SOLTOS...

A semana passou rápido, Edward montou o seu plano criteriosamente com a ajuda de Emmett, o jantar seria na quarta à noite, para não levantar suspeitas, ele também convidou Carlisle, a sua esposa Esme e Emmett que estava junto com ele naquela empreitada. Quando a quarta-feira a noite chegou, Tony estava arrumado como um rapazinho, ele vestia uma camisa branca social, calças jeans com tênis. Ele estava com as mangas da camisa dobradas até os cotovelos,  Isabella sorriu ao ver o seu menino parecendo um mocinho e o seu sorriso ficou ainda maior quando viu o marido vestindo uma camisa da mesma cor dobrada até os cotovelos e calças jeans, porém com sapatos italianos pretos. Era uma cópia perfeita um do outro.
-- Vocês estão lindos! - Ela diz sorrindo.
-- Igual a você querida!
Isabella usava um vestido creme, justo na parte de cima e mais solto na cintura, um par de sandálias de saltos  não muito altos, a sua maquiagem era leve como sempre e o batom rosa bem fraco quase imperceptível.
-- Está pronta? - Edward pergunta - Quero você do meu lado a noite toda!
-- Claro! - Ela diz e segura o braço que Edward lhe oferece, em seu outro braço está Tony.
...
Emmett vestia uma camisa social preta e calças da mesma cor, Isabella ficou surpresa ao ver Vic com ele, ela sabia que ambos acabaram virando amigos, mas não sabia até em que nível andava aquela amizade e se realmente era só amizade... A ruiva estava linda usando um vestido preto, discreto nada chamativo, fazendo dela uma legitima dama, ela estava de saltos altos e os seus cabelos estavam soltos. Vic sorriu ao ver a amiga. Em um sofá estavam Esme e Carlisle  que estava perfeito em um visual casual, ele vstia um suéter preto com branco e calças bege, ele estava relaxado e calmo. Esme usava um vestido azul soltinho.  Tony correu para o avô, assim que o viu, o rosto de Isabella perdeu o sorriso assim que viu Alice e Jasper, ela não tinha nada contra Jasper, ela até gostava do jovem, era da esposa dele que ela não gostava, principalmente depois da forma que ela havia agido em relação a Tony... Alice usava um vestido rosado com uma fita vermelha nos cabelos curtos, sua maquiagem era perfeita, assim como as suas unhas pintadas de vermelho.
-- Que bom que todos vieram!  - Edward disse no mesmo instante em que a campainha tocava! - Acho que devem ser Peter e Charlotte!
Era verdade, Peter e Charlotte haviam acabado de chegar. Como sempre a moça estava bem produzida, vestindo um vestido vermelho curto e um colar de diamantes, ela tinha um sorriso falso em seu rosto  e os olhos brilharam quando olharam para Edward, em sua plena juventude, enquanto ela estava presa ao lado de um velho que nunca morria, e sempre que podia, ele a traía com outras, a única coisa boa daquele casamento, era que ela gastava o dinheiro de Peter como se fosse água. Joias, perfumes, bolsas, sapatos dentre outras coisas  fúteis, era assim que ela vivia...
-- Que bom que vieram! - Edward diz cumprimentando o casal.
-- Edward! - Peter diz – Oh Bella, minha querida Bella, você está radiante!
-- Charlotte, Peter! - Bella os cumprimentou — Que bom que vieram!
-- Não havia como recusar o convite de um velho amigo, não é mesmo Edward? - Peter galanteia.
-- Vamos sentem-se! - Edward diz — O jantar já vai ser servido.
....
O jantar corria bem, todos conversavam agradavelmente, Vic parecia muito à vontade ao lado de Emmett, Charlotte parecia estar entediada e Alice que vez ou outra comentava algo. Assim que todos voltaram para a sala de estar, Carlisle chamou todos os homens para uma conversa particular no escritório de Edward, claro que deixando as mulheres sozinhas na sala. Não levou muito tempo para Jasper e Carlisle saírem da sala deixando apenas Emmett e Peter juntos com Edward  no escritório.
-- Peter! - Edward chamou à atenção do homem que estava lendo alguns documentos, ele lia a nova proposta da empresa, na qual ele tinha uma pequena parte.
-- Edward, eu sei que você não me chamou aqui só para colocarmos o papo em dia! - Peter diz sendo direto.
-- Ainda bem que você sabe! - Edward foi direto também — Preciso saber o que Felix fez naquela festa dada pelos patrocinadores da Voz Fix?
Peter sabia bem qual era a festa que ele se referia, a empresa de Carlisle trabalhou na campanha publicitaria para a empresa de canto. Foi uma excelente campanha, tanto que teve um grande reconhecimento nos vários países em foi exibida.
-- Edward  não me lembro de tudo muito bem! - Peter diz — Porém Felix chegou cedo, ele estava acompanhado de sua prima Heidi. Ele ficou alguns minutos e depois saiu pelos fundos sem ser visto, mas eu o vi saindo, porque eu estava tendo uma conversa com alguém naquele local...
-- Ele voltou para a festa?
-- Sim! Muito depois, quase a meia noite! - Peter diz — Eu estranhei, ele tinha mudado de roupa e estava com os cabelos molhados, olhos dilatados como se tivesse consumido droga! - Peter ficou em silêncio — Você sabe que Felix já se envolveu com droga, né?
-- Sim, claro! - Edward diz — Ele voltou e ficou até que horas?
-- Acho que até o final! - Peter diz tentando forçar a sua mente a lembrar — Bem, eu saí antes das duas, Felix continuou  na festa, ele estava bebendo muito, parecia comemorar algo, só sei lhe dizer que ele não parecia estar em seu estado normal, acho que ele voltou a usar aquela merda...
-- Obrigado Peter! - Edward diz.
-- Espero ter ajudado! - Peter diz — Eu não acredito que você tenha matado alguém, tão pouco essas mulheres!
-- É bom ouvir isso!
-- Edward, eu conheço você desde criança, eu sou amigo do seu pai há tanto tempo que  posso até jurar que vi você nascer! - Ele diz — Conheço o seu passado e fico feliz de ver você  se saindo bem e construindo uma família, você tem muita sorte meu rapaz.
-- Um dia a sorte tinha que sorrir para mim! – Diz — Vamos voltar, as nossas mulheres devem estar esperando por nós.
......
Vic estava saindo do banheiro quando esbarrou em Charlotte que ia abrindo a porta.
-- Oh! Desculpe! - Charlotte disse - Achei que não tinha ninguém!
-- Já estou de saída! - Vic diz — Nossa que pulseira linda!
-- Obrigada! Foi um presente do meu marido! - Charlotte disse.
-- Acho que estar faltando um diamante aqui! - Vic aponta para um lugar vazio que com toda certeza deveria ter um diamante.
-- Devo ter perdido! Se permitir, eu vou usar o banheiro!
-- Ah claro!
Vic voltou para a sala e se juntou aos demais, a noite estava chegando ao fim, Alice e Jasper foram os primeiros a partir, sendo seguidos por Peter e Charlotte, logo depois por Carlisle e Esme que passaram no quarto do pequeno Tony para lhe dar um beijo de boa noite! Restando assim na sala apenas Vic e Emmett.
-- Tony já está dormindo feito um anjinho! - Bella disse ao se juntar a eles na sala — Como foi a reunião? - Ela perguntou.
-- Ótima! - Edward diz sorrindo — Estamos no caminho certo, minha querida!
-- Fico feliz por isso! - Ela sorri e Edward segura as suas mãos sobre o seu colo — E vocês dois, vão passar a noite aqui?
Vic ficou vermelha na mesma hora, ela e Emmett eram apenas bons amigos, isso porque  ela ainda não conseguira superar o fim do seu relacionamento com James.
-- Não, Emmett vai me levar em casa!
-- Claro que vai! - Edward diz dando um sorriso malicioso – Emmett é um cavalheiro, ele jamais deixaria uma dama como você andando sozinha a essa hora da noite, não estou certo amigão?
-- Não seja tão cretino Edward! - Ambos começam a ri, até mesmo Isabella, que pela primeira vez naquela noite, estava se  sentindo entre amigos — Então pronta para irmos?
 -- Claro! - Ela diz.
-- Emmett os documentos, não se esqueça de examiná-los com atenção!  - Edward diz passando um envelope pardo para o jovem, que para a sua infelicidade, acaba rasgando, deixando as fotos que havia dentro cair no chão.
-- Merda! - Emmett lamentou e junto com Vic se abaixaram para juntá-las.
-- Que pulseira bonita! - Vic disse e fechou os olhos um pouco.
-- É um modelo único! - Emmett diz e Edward fica olhando a cena ao lado de Isabella.
-- Acho que não! A Charlotte tem uma pulseira igual a essa!
-- Como? - Tanto Edward quanto Emmett falaram juntos.
- Sim! - Vic diz sem entender a reação deles — No braço de Charlotte tinha uma pulseira como essa! Qual é o problema?
-- Vic você tem certeza? - Bella pergunta — Era a mesma pulseira?
-- Sim é uma pulseira como essa! - Vic diz – Tem vários diamantes, só que  está faltando um nessa direção.
Edward olhou no mesmo instante para Emmett, ambos sabiam muito bem o que estava acontecendo.
-- Emmett leve Vic para casa! - Edward diz dando um sorriso doce para a jovem — Receio que ela esteja cansada.
-- Claro! - Ele diz – Vamos Vic!
-- Boa noite Bella, Edward!
-- Boa noite Vic! - Edward diz, mas antes que Vic saísse Edward a chamou e perguntou — Vic, a Charlotte disse algo sobre a pulseira?
-- Quando eu disse que a pulseira era bonita, ela disse que foi um presente do marido!
-- Obrigado! Durma bem! - Edward disse olhando para Emmett — Já sabe o que tem que fazer!
.....
Emmett já estava chegando à casa de Vic. Ela estava calada ao seu lado, as mãos sobre o seu colo e ela aparentava estar nervosa.
-- Algum problema Vic? - Emmett perguntou.
-- Eu disse algo errado? - Ela perguntou.
-- Como? - Do que você está falando?
-- Quando eu falei da pulseira! - Ela morde os lábios — Você e o seu amigo Edward, parecem não ter gostado...
-- Oh minha querida pelo contrário! - Emmett diz — Você ajudou e muito!
-- Como assim?
-- Vic deixe isso pra lá! - Emmett diz — Vou passar a noite no seu apartamento.
-- Por quê? Bom quer dizer...
Vic ficou nervosa, ela não entendia o porquê daquilo, ela ficava nervosa com Emmett por perto, essa era a verdade, ainda mais ele sendo gentil daquele jeito que ele era com ela.
-- Não se preocupe Vic! - Emmett diz quando vê a reação dela — É para a sua segurança, vai por mim!
Nada mais fora dito, Emmett ajudou Vic a sair do carro e ambos caminharam em direção ao seu pequeno apartamento, eles subiram as escadas, ela usava o casaco de Emmett, ela ainda se sentia sem graça, mas ambos pararam bruscamente em frente à porta do apartamento.
-- O que você está fazendo aqui? - Vic perguntou sem sair do lugar, pois estava sentindo medo só de olhar para James.
-- O que eu estou fazendo aqui, sua vadia? - James grita — Quem é esse otário? Vamos vagabunda, quem é esse cara?
-- Olha lá como falar com ela? - Emmett diz tentando não rir dos hematomas que ainda estavam na face dele.
-- Cala a sua boca seu imbecil, o papo não é com você, é com essa vadia aí! - James tinha raiva nos olhos – Quem é esse mané Victoria? Diga?
-- Não é da sua conta! - Vic diz sem olhar nos olhos dele, tão pouco em seu rosto — Nós não temos mais nada!
-- Nós não temos? - James grita — Quem você pensa que é vadia, para me dispensar assim? - James dá dois passos em direção a Vic, mas Emmett se mete na frente — Você não é nada sua puta, não passa de uma vadia de beira de estrada, que foi graças a mim que virou gente!
-- Cala a porra da sua boca agora! - Emmett gritou.
-- O quê? Já está trepando com esse otário? - James gargalha — Deixe-me te contar uma coisa, essa aí não passa de uma vadia,  você está comprando gato por lebre, ela não gosta de ninguém, ela só gosta de dinheiro!
-- Para! - Vic diz.
-- Sim, vadia barata que se vende por alguns trocados. Uma puta!
Emmett partiu para cima de James, o socando com força no rosto, ele jogou o cara de uma só vez ao chão.
-- Você não tem moral para falar dela! - Emmett diz  segurando James pela gola da camisa - Você não passa de um verme que vive à custa de sua mulher, que gosta de humilhar os outros para se sentir mais homem e que bate em mulher, você é um covarde! – Emmett o joga no chão — Vem me bater seu merda! Oh, você só bate em mulher, não é?
-- Não Emmett! - Vic segura o seu braço quando Emmett se preparava para chutar o rosto James.
-- Some daqui seu verme! - Emmett diz pegando James pela gola da camisa e o colocando de pé.
-- Você me paga seu filha da puta! - James diz entre os dentes, já cuspindo sangue — E você sua puta, nem pense em voltar em minha livraria, você está demitida!
James saiu correndo do prédio de Victoria  que começava a chorar sentindo já a perda do emprego.
-- Eu estou ferrada!
Emmett a puxou para os seus braços a mantendo ali por alguns segundos.
-- Vic não se preocupe! - Emmett diz — Eu vou cuidar de você, fique calma!
Vic sentiu a seriedade daquelas palavras, ela sabia que Emmett não a deixaria desamparada, quando ambos entraram no apartamento, Emmett a conduziu até o quarto e a ajudou a se livrar dos sapatos, sem dizer nada, ele deitou a jovem na cama, ela ainda estava usando o vestido de noite, ele simplesmente tratou de cuidar dela sem segundas intenções, ele queria apenas mostrar para Vic que James era um verme e não valia nada e que ela não era a culpada de nada...
.......
Bella e Edward estavam deitados na cama, a jovem vestia uma camisa azul e o marido estava usando uma camisa regata e calças do pijama. A noite tinha sido muito agitada para um simples jantar.

-- Como foi que a pulseira de Maggie foi parar com Charlotte? - Bella instiga...
-- Isso é algo que eu estou me perguntando até agora! - Edward comenta — Maggie foi morta usando aquela pulseira, eu não entendo! Alguma coisa não está se encaixando aí...
-- Muita coisa não está se encaixando! - Bella diz deitando a cabeça sobre o peito do marido — A única coisa que sei, é que você não é um assassino!
-- E esse é o único motivo que me mantém sóbrio e não me faz perder a cabeça! - Edward diz — Você confiar e acreditar em mim!
-- Você é meu marido! - Bella diz o olhando com doçura — Eu te amo e vou sempre estar ao seu lado!

-- Eu amo você Bella!

Um comentário:

  1. parece que os mistérios tão se desvendando aos poucos, essa charlote oque diabos ela tem a ver com a morte da maggie ai eu fico curiosa pra saber a continuação do capitulo>>>

    ResponderExcluir