Jul M

Oi

domingo, 5 de maio de 2013

Slave Of Pleasure -- Escrava Do Prazer -- Capitulo 9


ACONTECIMENTOS...
POV. BELLA


Não consegui dormir nada naquela noite, Rose parecia muito bem descansada no dia seguinte. Ela estava com o seu belo sorriso nos lábios e o maldito batom rosa... Eu tinha duvidas se eu realmente queria aquilo, que dizer, tudo mudava quando Edward estava por perto, se ele me mandasse eu me jogaria de uma ponte enquanto ele me tocava... É, provavelmente eu faria isso... Meu corpo era o meu pior inimigo. O problema é que a brincadeira acabou! Edward foi bem claro quando disse que se eu deixasse a porta do meu quarto destrancada, era porque eu queria entrar naquele jogo. O pior é não saber que jogo era aquele que ele tanto falava. Que dizer, eu sei mais ou menos, é sexo o que ele quer, mas o modo que ele demonstra, parece que sempre tem mais algo...  Realmente é um jogo! O único problema é que eu teria que jogar conforme as regras dele.
-- Está muito calada Isabella! - Rose disse quando saímos do carro.
-- Estou só pensando! - Digo sorrindo timidamente — Como foi a sua noite? – Pergunto, eu sei que Rose vai falar sobre Emmett, mas prefiro perguntar discretamente, afinal, o que ela pensaria se soubesse que eu vi boa parte da trepada deles...
-- Ótima! - Ela disse dando o seu sorriso “eu sou puta mesmo” — Eu dei uma trepada sacana com o Cullen!
Era incrível como Rose não tinha vergonha de dizer essas coisas. Ela simplesmente dizia e ponto final! Quem achasse ruim que saísse de perto, porque ela não estava nem aí...
-- Com quem? - Digo fingindo surpresa e não saber.
-- Com o grandão, o ursão! - Rose diz rindo — O cara tem uma pegada que Santa Maria! - Rose se abana e sorri — Eu teparia com ele sempre que ele quisesse.
-- Você ficou com Emmett? - Pergunto tentando ainda manter a surpresa na voz.
-- Não Belinha, eu trepei com ele, é bem diferente! - Rose diz e já estávamos quase chegando a nossa sala de aulas – Opa, o professor delicia está na área!
Sigo os olhos de Rose e  vejo que Felix está vindo em nossa direção. Ele está vestindo o seu terno marrom escuro e tem uma pasta preta nas mãos. Rose tem um sorriso safado nos lábios. Caramba, eu não acredito que depois de ontem e de tudo o que ela fez com Emmett, a mulher ainda tinha fogo para dar uma trepada com o professor.
-- Srta. Swan! - Felix diz ao passar por mim — Srta. Halle  me encontre depois da aula na sala dos professores.
-- Claro professor! - Rose diz fazendo um beicinho cheio de charme para o homem.
Não posso negar que Felix é um homem bonito, mas porra, ele é o nosso professor, onde está a sua ética profissional? Se bem que eu não posso culpá-lo, Rose sabe provocar quando quer e nesse momento ela queria provocá-lo... Felix caminha em direção a última sala do corredor e Rose dar risinhos...
-- Não acredito que vai trepar com o professor de novo! - Digo chocada.
-- Claro! - Rose diz — Tudo bem que ele perto do Emmett, não me faz gozar nem a metade do que Emmett me fez ontem! - Rose diz sorrindo — Mas Felix sabe como comer uma mulher, você deveria experimentar. Você iria gostar sua safada.
As palavras de Rose me deixam corada, por algum motivo, eu penso que ela desconfia do fiz na noite passada, mas depois deixo para lá e entro na sala logo depois dela.
....
Minha cabeça ainda estava a mil, mas Rose como sempre, estava a dez mil, ela passou a manhã toda mandando mensagens que não faço a menor ideia para quem, nem o que falavam, mas ela sempre estava com um sorriso sacana no rosto. Quando as aulas terminaram, eu e Rose estávamos caminhando pelo corredor rumo à saída...
-- Bella, eu preciso que você faça uma coisa para mim! -Rose diz com um sorriso sacana no rosto.
-- Ah Rose... - Digo imaginando o que ela queria — Benjamin já deve estar me esperando
-- É coisa rápida! - Rose diz sorrindo.
-- Ok, o que você quer?
-- Vem comigo! - Rose me puxou para o corredor onde ficava a sala dos professores, naquele horário a sala já estava vazia, Rose demorou uma eternidade na sala de aula de proposito — Quero que você tire umas três fotos minha trepando com o professor! - Rose pede e meus olhos se arregalaram — Relaxa! - Ela diz vendo que eu fico surpresa com o seu pedido — Não vou chantagear o professor, vou usar em outra coisa! - Ela diz com um sorriso sacana ainda maior — Toma aqui o meu celular, você tira as fotos e deixa o meu celular no meu armário, eu pego quando eu sair daqui...
-- Rose para quê isso? - Pergunto não entendendo nada.
-- É coisa minha Bella! - Rose diz — Você vai fazer ou não?
Eu suspiro derrotada, na verdade, eu estou curiosa para saber o que Rose vai fazer, já fui à sala dos professores antes, ela é bem maior do que a nossa sala e tem um sofá se não estou enganada.
-- Obrigada Bellinha! - Ela diz gritando e me dando o celular — Espera aqui, daqui a uns vinte minutos você vai e tira as fotos. Tira da janela, o professor delicia vai está muito ocupado para notar alguma coisa — Rose abre os dois botões da camisa deixando boa parte dos seios a mostra no seu sutiã rosa — Tira o flash da câmera e, por favor, pegue as melhores posições...
Ante que eu pudesse dizer algo, Rose saiu toda  saltitante pelo corredor indo para sala dos professores. Suspirei e deixei passar o tempo que Rose pediu, assim que se passou o tempo exato, eu saí em direção a sala dos professores, eu chegaria atrasada em casa de novo. Era uma merda isso, e o pior, é que eu ainda não tinha tomando a minha decisão sobre ir ou não adiante com tudo aquilo. Parei em frente à única janela que havia ali, as cortinas não estavam fechadas, com toda certeza fora Rose quem as deixou propositalmente assim, bem a cara dela, eu me perguntava para que seria que ela queria essas fotos... Suspiro e fico em frente à janela e olho para dentro, Rose está de joelhos no chão e Felix soca com força o seu pau dentro da boca dela. A cabeça de Rose ia para frente e para trás... 

De sua boca saia uns gemidos, assim como da de Felix. Ligo a câmera do celular dela e tiro umas cinco fotos dela chupando o pau do professor delicia, como ela mesma o chamava. Não demorou muito para Felix puxar os cabelos dela e dá duas tapas na cara dela. Por algum motivo isso foi bem quente para mim, eu senti a minha calcinha molhar na mesma hora. Rose lambeu os lábios quando Felix tirou o seu pau duro e grosso de dentro da boca dela.
-- Você é uma putinha mesmo Srta. Halle! - Felix diz sorrindo safado para Rose que passava a língua pelos lábios.
-- E você gosta! - Rose afirma...
-- Eu gosto é da sua boceta no meu pau! - Felix diz puxando os cabelos de Rose e a colocando de pé — Tira essa roupa putinha que eu quero você pelada quando eu for te comer encima daquela mesa.
 Era incrível ver Rose que sempre parecia ser senhora da situação se rebaixando a  esse nível, sendo humilhada por Felix. Tudo bem que a cena era de deixar qualquer um com tesão, mas Felix estava tratando ela com uma verdadeira puta de beira de estrada e Rose parecia nem se importar. Rose tirou completamente o uniforme, ficando nua na sala dos professores, aproveitei para tirar algumas fotos dela assim completamente nua. Felix começou a tocar na boceta de Rose que fechou os olhos ao sentir os dedos do professor a estimulando, arrancando gemidos dela. 

Do nada, Felix deu uma tapa em cheio na boceta de Rose, fazendo-a gritar. Com mais brutalidade ainda, ele jogou Rose sobre a mesa dos professores, um mesa grande e comprida que ficava no meio da sala. Parecia mais uma mesa de reunião.
-- Empina essa bunda! - Felix disse dando uma tapa forte na bunda dela.
Rose apenas gemeu e eu aproveitei mais uma vez para tirar mais fotos dela, foi nesse momento que Felix meteu o seu pau com tudo dentro da boceta dela. Socando com força e com certa violência. 

Rose gemia cada vez mais alto feliz, ele batia na bunda dela com força sem parar de meter dentro dela. Ambos estavam pelados e trepavam na sala dos professores. Minha boceta estava pingando, deixando assim a minha calcinha completamente molhada. E tudo o que veio a minha cabeça foi à promessa  que Edward me fez, caso eu trancasse a porta do meu quarto, ele não me procuraria mais... Suspirando fundo, eu acabara de tomar a minha decisão, essa era a verdade. Volto a olhar para dentro da sala quando me deparo com uma cena nova, Rose e Felix já tinham mudado de posição. Rose estava encima de Felix cavalgando Felix como uma louca, subindo e descendo sobre ele, as mãos de Felix apertavam com força os seios de Rose.

 Felix não deixa de xingar Rose, a chamando de cadela, piranha e puta. Sempre batendo na bunda ou até mesmo na barriga de Rose, eu tirei mais algumas fotos e vi quando Felix colocou Rose de quatro no chão e voltou a socar o seu pau dentro dela. 

Foram as ultimas foto que tirei antes de sair de lá correndo em direção aos armários da Escola, joguei o celular de Rose dentro do armário dela e novamente corri, sendo que agora em direção ao estacionamento onde Benjamin já me esperava...
-- Desculpa Benjamin! - Digo jogando a minha bolsa no banco de trás do carro e entrando — Eu tive um problema no banheiro.
-- Tudo bem Srta. Swan!
Benjamin como sempre fingiu não ver o meu atraso, ele entrou no carro e seguiu em direção à mansão Cullen!
....
Não havia ninguém em casa quando cheguei, só Sue que fez o almoço somente para mim. Ela comentou que Edward havia  indo trabalhar, Esme não estava em casa, o que não era novidade. Terminei o meu almoço e fui por quarto e lá fiquei até a hora do jantar. Mais uma vez Edward não estava à mesa, apenas eu, Carlisle e Esme que comemos em silêncio. Parecia que havia algo errado com o casal perfeito, porém não fiquei para saber o que era, terminei de comer e fui para o meu quarto. Liguei o computador entrando em meu e-mail e checando se algum havia chegado, eu me espantei quando uma janelinha com o nome de Rose apareceu piscando no monitor.
Rose diz: Você viu o showzinho que eu dei?
Bella diz: Como não ver, você esqueceu que eu tirei as suas fotos?
Rose Diz: Por falar nisso! As fotos ficaram ótimas, recebi muito elogios por elas.
Reviro os olhos sabendo que Rose tinha me pedido aquilo com algum objetivo especifico para as fotos...
Bella diz: Para quem você mostrou essas fotos?
Rose diz: Esquece Bella, quem sabe outro dia eu te conte! rsrsrs...
Rose mandava vários risinhos no chat de bate papo, ela e a sua mania de querer fazer mistério sobre as coisas. Mas lá no fundo eu sabia ou tinha uma leve impressão de para que tivessem sido usadas as fotos... Fiquei conversando com Rose até às dez horas da noite, por ser uma sexta-feira e no dia seguinte não haver aulas, não teria problemas em eu ficar até tarde no computador. Claro que ao mesmo tempo em que eu falava com Rose, eu estava carregando alguns vídeos pornôs, os que mais me chamaram atenção, evidente que a porta do meu quarto estava bem trancada nessa hora... Quando Rose saiu do chat eu desliguei o PC e fui ao banheiro tomar meu banho. Calculado muito bem o que iria usar, eu resolvi não vestir nada, apenas fiquei enrolada na toalha e fui até a porta para destrancá-la. Sim, eu queria jogar o mesmo jogo que Edward tanto desejava jogar comigo. Mal sabia ele que eu estava louca para jogar. Ao deixar a porta destrancada eu fui para cama e me deitei, não sei quanto tempo eu fique ali esperando, porém acabei caindo no sono, já imaginado como tudo aconteceria...
Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário