Jul M

Oi

domingo, 14 de abril de 2013

Slave Of Pleasure -- Escrava Do Prazer -- Capitulo 3


PRIMEIRO CONTATO!

O jantar acontecia em silêncio até o momento em que Carlisle começou a falar sobre o almoço de domingo, no qual Jasper e Emmett estariam presentes. Falou ainda, que as primas dos rapazes, Kate e Irina também participariam do compromisso familiar e que logo eu as conheceria. Carlisle, além disso, me perguntou a respeito do meu dia. Fora um jantar calmo! Antes da sobremesa Edward se retirou da mesa alegando que iria trabalhar em quarto nos deixando à mesa. Ficamos eu, a Sra. e o Sr. Cullen, por algum motivo a mim desconhecido, Alice não ficou para jantar conosco.
 Quando voltei ao meu quarto, tive uma grata surpresa, eu notei que havia um objeto novo ali, um notebook de última geração e ao lado dele um pequeno bilhete.
“Para você usar!
Com carinho,
Esme”

Ela estava me dando um notebook de presente! Uau!!! Isso é que é ter dinheiro! Meu antigo computado mal funcionava direito. Era velho e de um modelo bem antigo, ele ficou em Forks juntamente com a maioria das coisas que eu possuo. Sento-me à escrivaninha e ligo o notebook, fico mexendo por  algum tempo e aproveito para fazer pesquisas sobre a minha nova Escola, além de procurar a localização de algumas livrarias para que eu possa comprar meus livros. Só então eu me lembro de que preciso arrumar um emprego e aproveito para navegar em algumas ofertas de trabalho encontradas na NET. Depois de muito navegar pela internet me sinto cansada, acredito que seja o resultado da peregrinação de loja em loja naquela tarde no shopping com Alice. Vou para o banheiro, escovo os meus dentes e troco de roupas, decido vestir minhas calças de moletom e a mesma camiseta branca com a qual eu havia dormido à noite passada. Deito em minha cama e logo em seguida adormeço profundamente.
...
Sinto algo prazeroso pelo meu corpo, de repente sai de minha boca um gemido involuntário. Sinto algo molhado em contado com o meu pescoço. Estou ficando ofegante, eu sinto... Abro os meus olhos e bruscamente eu  me deparo com ele encima de mim. 


A boca dele no meu pescoço me dando beijos e mordendo a pele sensível e quente do local, as suas mãos sobem pela minha barriga indo em direção aos meus seios para logo os apertar por cima da roupa.

-- Ah! - Solto um gemido enquanto o meu corpo arqueia com a sensação que ele provoca...
-- Você tem um cheiro muito bom! - Ele sussurra — Tão gostosa! - Ele urra roucamente entre os dentes e volta a atacar o meu pescoço, além de apertar com um pouco mais de força os meus seios.
 Sinto o cheiro de álcool, ele esteve bebendo, tento inutilmente empurrá-lo para longe, mas ele pesa mais do que eu.
-- Edward para! - Digo mais do que ofegante — Pare ou  eu vou gritar!
-- Oh querida, pode gritar a vontade! - Ele diz — Acha que os meus pais vão pensar o quê? - Ele se afasta e me encara — Eu posso muito bem dizer que foi você quem começou tudo! - Ele dá um cínico sorriso torto e provocativo — Acha que eles vão acreditar em quem? Lógico que em mim, afinal eu sou filho deles...
-- Mas você está mentido! - Sussurro assusta e começando a ficar  com medo.
-- É, mas eles não sabem boneca.
-- Você não presta! - Digo ainda deveras ofegante!
-- Ah que meigo! - Ele diz — Olha para você! Está toda ofegante! Admita, você estava gostando boneca...
-- Saia do meu quarto!
-- Você está em minha casa! - Ele diz — Vamos fazer assim boneca! - Ele toca em meus lábios com os dedos — Essa noite passa! Amanhã eu volto e vamos nos divertir, você vai gostar, acredite! Vai ser muito prazeroso para nós dois...
Em um gesto rápido ele me beija na boca e logo sai da minha cama, caminhando para fora de meu quarto. Assim que ele sai eu corro e fecho a porta à chave. Estou nervosa, ofegante e para minha surpresa a minha calcinha está bastante molhada. O que será que está acontecendo comigo? Por que o meu corpo está agindo assim? Vou até o banheiro, lavo o meu rosto e aproveito para fazer xixi... Quando saio do banheiro volto para a minha cama, passo quase uma hora virando de um lado para o outro, até finalmente conseguir dormi novamente.
...
 O sol já entrava forte pela janela do meu quarto quando eu desperto na manhã seguinte. Olho para o lado e vejo que já passava das nove horas, dou um salto da cama e vou correndo para o banheiro. Merda! Com certeza já perdi o café da manhã! Eu escovo os meus dentes, tomo um banho e vou trocar de roupas. Droga! Preciso comer algo estou com uma baita fome. Saio rapidamente pelo corredor, mas meu corpo esbarra em alguém. Meu corpo vai ao chão e escuto alguém proferir um palavrão! Levanto o rosto para me deparar com uma montanha de músculos sorrindo para mim.
-- Oi! - Ele diz.
-- Oi! – Sussurro.
-- Que merda ninguém mais pode dormir nessa casa! - Edward sai de seu quarto  vestindo apenas uma calça do pijama, eu suponho. Ele observa a cena para depois rir torto — Emmett, pelo visto você já conheceu Isabella!
--Oh! - Ele faz cara de surpresa e sorri — Então você é a pequena Isabella! - Ele diz — Acabei de ouvir muita coisa sobre você!
-- Espero que seja coisa boa! - Digo e aceito a mão que ele me oferece para que eu volte a ficar de pé.
-- Dona Esme não falar mal de ninguém acredite! - Ele pisca para mim — E você é um grande preguiçoso. Não vai sair da cama não? - Ele se volta para Edward que ainda está parado à porta em frente de seu quarto.
--Vou! - Ele diz, mas os  seus olhos ainda estão em mim — Cadê o Jasper, ele já chegou?
-- Já sim! - Emmett diz — Ficou lá embaixo, Irina não deixa ele ir muito longe...
Edward revira os olhos e sorri para mim. Merda meu coração dá um salto dentro do peito.
-- Bom dia Isabella! - Edward diz e há muito malicia em sua voz.
-- Bom dia! - Digo e me apresso em sair dali, deixando Edward para trás assim como Emmett.
.....
Alice estava muito desanimada aquela manhã, eu não entendi o porquê, normalmente ela era bastante falante. E hoje ela estava calada! Achei o fato muito estranho... Eu conheci as irmãs Denalli que são sobrinhas de Carlisle e namoram os seus filhos. Emmett namora  Kate e Jasper a Irina. Parece que tudo acabou ficando entre família mesmo. Jasper, como Alice havia dito é meio calado, mas sorriu algumas vezes durante o almoço. Edward não desviava os seus olhares de mim. Aquilo estava ficando muito bizarro, uma parte de mim se encontrava muito incomodada, mas a outra parecia gostar de toda aquela atenção que ele me dispensava.
-- Então Isabella quantos anos você tem? - Emmett perguntou de um jeito meio divertido. Ele definitivamente era engraçado.
-- Faço dezessete em setembro! – Digo.
-- Você é bem nova! - Ele diz e por algum motivo percebo que há duplo sentido em seu comentário.
-- Acho que sim!
-- Deixou algum namorado em Forks? - Ele é direto.
-- Emmett! - Esme repreende o jovem — Isabella ficou sem graça!
-- Ah, qual é mãe! - Emmett diz rindo — Eu na idade dela já estava pegando geral... - Ele sorriu.
-- Você era safado isso sim! - Edward diz dando um sorriso torto.
-- Ok, já chega! Vamos mudar de assunto! - Esme adverti — Irina querida, quando você vai se formar na faculdade?
-- Ainda vai demorar Esme! - Ela responde.
 Irina é uma bela mulher que chama atenção de qualquer um de longe, mas fora isso, eu percebo que ela parece ser fútil demais. Jasper é um amor de rapaz, parecer ser bem diferente dela, não entendo como ele pode namorar uma pessoa assim.
-- E Kate, o que você anda fazendo? - Esme pergunta.
-- Ainda trabalho no jornal! - Ela diz  sorridente — Fui promovida essa semana, estou escrevendo sobre casamentos.
-- Ah! Que bom querida!
-- Deve ser bom mesmo! - Edward zomba — Falando nisso, por onde anda sua irmã? Tânia não quis vir?
-- Edward ela disse que vocês brigaram! - Irina replica.
-- Terminamos! - Edward diz com descaso — Ela sabe muito bem disso!
-- Vocês terminaram? - Esme pergunta surpresa — Quando iria nos falar?
-- Estou falando agora! - Edward diz e se levanta.
-- Edward... - Esme chama, mas ele rapidamente sobe as escadas, indo para o seu quarto, eu acho!
Já era final de tarde quando  Emmett e Jasper começaram a se despedir de todos. Alice estava na sala junto com a gente, sorrindo, mas não como antes! Emmett me abraça e me deseja boa sorte em meu primeiro dia de aulas na amanhã seguinte. Jasper me cumprimenta de um jeito formal demais  e chega mais perto de Alice, ele a abraça e sussurra algo no ouvido  dela que a deixa corada e a faz sorrir.
-- Bom acho que o dia foi longo! - Sorrido Esme diz.
--Verdade! - Alice diz — Vou sair tia! Fiquei de encontrar algumas amigas! Beijos.
-- Vou ver onde Carlisle está! - Esme diz — Fica a vontade querida!
Por algum motivo  eu estou agitada, quando olho pela janela  noto que a noite já chegou e que está tudo escuro lá fora. Meu coração pulsa mais rápido e eu me lembro das palavras de Edward para mim. E mais uma vez, ao invés de sentir medo eu sinto uma enorme ansiedade como se desejasse isso...
...
Durante longas horas fiquei me revirando na cama. Estava tão ansiosa quanto nervosa. Eu não saberia dizer ao certo. Mas eu tinha certeza de que Edward me atraia... Para mim era tudo novo, o único contato que tive com o sexo oposto fora na Escola em Forks, quando apenas dei alguns beijinhos inconsequentes em meu parceiro de Física. Depois daí nada de contatos. Suspiro alto com a lembrança da noite passada. Edward definitivamente me fez sentir coisas novas. Meu corpo reagiu ao seu toque e eu me senti desejada...
-- Que merda esse cara está fazendo comigo! - Sussurro socando o meu travesseiro.
Não sei quanto tempo fique virando de um lado para o outra em minha cama, mas quando  adormeci foi só para sonhar com aquele maldito filho da puta.
.

Continua.

3 comentários:

  1. Noss estou adorando sua nova fic....
    Quando vc vaai postar outro capitulo de Noites De tTormenta ¿¿
    xoxo

    ResponderExcluir
  2. Irene Abreu = Imam17 de abril de 2013 06:20

    Olha JuL M sou nova aqui mais estou amando , suas fics são SIMPLISMENTE M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.A. tem enredo , Criatividade,historia, sensualidades enfim muito boas , Parabéns. Irene Abreu =Imam

    ResponderExcluir
  3. suas fics são d mais e nos faz ficar sem folego se é q me entende,,,,,mega parabens e não demore por favor....

    ResponderExcluir