Jul M

Oi

sábado, 13 de abril de 2013

O Casamento -- O Novo Contrato-- Capitulo 20


 
"Nunca deixe alguém te fazer sentir como se não merecesse o que quer."
                          10 coisas que eu odeio em você

CONTRADIÇÕES

Os dias foram se passando e parecia que tudo estava voltando aos eixos. Edward havia praticamente se mudado para a casa de Isabella, todo o sistema de segurança da casa fora reforçado novamente, todas as câmeras foram reativadas e os seguranças voltaram aos seus postos. Tyler e Lion cuidavam pessoalmente da segurança da família. A casa na árvore de Tony ficou pronta e o menino já passava mais tempo com os pais do que na casa dos avós. Edward visitava a mãe na clínica onde ela estava internada para que se curasse do vicio do alcoolismo, pelo menos duas vezes por semana. Claro que ele só passou a fazer isso, depois que Bella começou a falar e o ameaçou de colocá-lo para dormir no sofá. Parecia que tudo estava correndo bem para eles. Edward estava trabalhando muito, ainda que sozinho, pois Jasper ainda não havia voltado de sua lua de mel, então Edward andava sobrecarregado de trabalho, mas sempre conseguia tempo para Tony e Isabella.
-- Tyler virá buscar você! - Edward comentou quando o carro parou em frente à livraria.
-- Por quê?  - Bella perguntou sem entender.
-- Vou ficar até mais tarde na empresa! - Edward disse — Tony quer sair no sábado ir ao park, mas para isso preciso adiantar uma parte do trabalho.
- Tudo bem! - Isabella disse dando um sorriso radiante para ele — Vejo você em casa então.
-- Vou chegar tarde Bella! - Edward avisa — Vá para cama, isso sim!
-- Vejo você à noite! - Ela disse saindo do carro e Lion estava a sua espera como sempre.
Bella entrou na livraria e encontrou Victoria usando roupas nada comuns para o seu dia a dia. Ela usava uma blusa de mangas e gola alta, assim como usava uma calça jeans, coisa que raramente Victoria vestia. Ela sempre estava com saias e blusas decotadas, batom vermelho nos lábios e maquiada a caráter. Porém naquela manhã, ela estava sem maquiagem e simples demais para o seu normal.
-- Bom dia Victoria! - Isabella a cumprimentou.
-- Bom dia!
Fora tudo o que Victoria disse. A manhã toda fora assim, Isabella trabalhando praticamente sozinha, Victoria que sempre fora bastante falante estava calada demais. Uma vez ou outra, Isabella conseguia ver algumas manchas roxas nos pulsos da jovem, mas não dava para se ter certeza, porque Victoria cobria rapidamente os pulsos puxando as mangas da camisa.
-- Quer vir almoçar comigo? - Bella perguntou.
-- Não obrigada!

Isabella sabia que tinha algo de estranho acontecendo, era a segunda vez que Victoria ficava assim, a primeira vez Isabella teve certeza das manchas roxas nos braços da jovem. Ela poderia até dizer que a jovem fora espancada, mas Victoria não falava sobre o assunto e Bella sabia que ela não falaria tão cedo.
....
Edward estava em sua sala, há alguns dias que ele sempre conversava com Emmett sobre Mike, querendo saber o que o jovem andava fazendo. Por algum motivo Edward não confiava no rapaz, ele tinha convicção que Mike estava na cidade por causa de Isabella.
Edward também andava intrigado e queria saber como Mike conseguiu comprar as ações da empresa. Esses negócios sempre são bem específicos, mesmo Mike tendo dinheiro, seria meio difícil para ele conseguir assim de primeira, sendo assim, havia gente mais experiente querendo o mesmo que ele. Emmett não conseguiu nada de novo, aparentemente Mike andava bem longe de Isabella e não a seguia mais nem tentava uma aproximação mais acirrada, parecia que estava apenas vivendo a vida. Mas para Edward, ele estava apenas esperando o momento certo...
Já era quase dez horas da manhã quando Edward deu falta do seu celular, então ele lembrou que o havia colocado no casaco que tinha entregado a Isabella logo pela manhã, quando ela tremeu devido ao frio matinal. O pior era que ele não poderia ficar sem o celular e não poderia pedia para Lion vir deixá-lo, já Tyler tinha saindo para resolver algo que ele mesmo tinha mandando. Não havia saída teria que pedir para Bella trazer o seu celular para a empresa na hora do almoço. E fora o que ele fez, pediu para Mary ligar para a namorada e dá o recado, enquanto ele se encaminhava em direção a sala do pai para uma importante reunião.
-- Srta. Mary fez o que eu lhe pedi? - Edward perguntou voltando da reunião, já era quase meio dia.
-- Sim senhor! - Mary disse de forma doce, mas que nunca chamou atenção do chefe — A Srta. Swan está vindo deixar o seu celular.
-- Obrigado Mary! - Edward disse olhando para o seu relógio de pulso — Você pode sair para almoçar, acho que já passou do seu horário.
-- Claro senhor! - Mary anuiu e se arrumou para sair.
Edward não pode deixar de notar que a moça estava super elegante de uma maneira sexy, mas clássica. Ele notou que ela vestia uma saia grafite, e usava a blusa vermelha social colada ao seu corpo, marcada por um cinto bem fino. Os sapatos de saltos finos pretos deixavam Mary extremamente sexy. Mary pegou olhares do chefe para cima dela, e claro, que tirou suas conclusões erradas e fora com esse pensamento errado que a jovem saiu em direção ao elevador dos funcionários.
....
Bella ficou surpresa ao receber a ligação de Mary, a secretaria do namorado. E assim que ela lhe deu o recado, todos os seus planos para o almoço foram mudados. Ela aproveitou que estava indo almoçar com o namorado e passou em um restaurante chinês, comprou comida chinesa para os dois. Ela estava feliz, ela simplesmente andava feliz ultimamente. A sua relação com o pai andava bem melhor, mesmo Renée e Tânia não falando com ela, fato que não incomodava nada Isabella. Charlie estava se dando muito bem com Edward e adorava Tony, que deu para chamar Charlie de avó também, fazendo o homem mais velho ficar bobo só em olhar para o menino doce que Tony sempre foi... Já tinha tempo que o menino não tinha crises de pânico e isso estava ótimo, Stefan seu psicólogo, explicou que o caso de Tony era mais fácil, pelo simples fato do jovem não ter desenvolvido a doença completamente, ainda estava nos sintomas iniciais da mazela e nem todos os sinais tinham se desenvolvido e isso ajudava e muito ao menino.
A porta do elevador se abriu e Isabella congelou no lugar, o seu coração logo disparou, a sua boca ficou seca e os seus olhos se arregalaram de medo. Sentiu a pernas falharem e se sentiu tonta diante dos grandes olhos azuis bebê que estavam fitando a jovem com intensidade, a boca estava curvada em um sorriso debochado que só ele era capaz de dar, o medo estava visível em seus olhos, Isabella apertava com tanta força a sacola que parecia que dependia deste ato para sobreviver.
-- Como você está bonita! - Mike disse.
-- Isso não é da sua conta! - Isabella disse tentando conter a sua voz tremula.
-- Como estamos rebeldes! - Mike disse — Até um tempo atrás você era tão obediente, e me obedecia totalmente... – Ele riu malicioso.
-- Fique longe de mim! - Bella disse entre dentes.
Mike deu um passo para frente, levantando a mão direita para tocar no rosto de Isabella, que automaticamente, deu dois passos para trás, batendo as costas contra a parede fria do elevador.
-- Acho melhor baixar a sua mão! - Edward disse vindo em direção à namorada — Se não quiser que ela seja quebrada.
Bella soltou um suspiro alto e se sentiu mais segura quando Edward entrou em seu campo de visão, a cara do amado não era uma das melhores e Mike parecia não se importar com isso. Edward puxou Isabella para o seu lado a tirando do elevador, e, em uma postura defensiva colocou a jovem às suas costas tentando proteger melhor a namorada.
-- Eu já avisei você uma vez e vou avisar novamente... - Edward o advertiu em um tom frio e assustador — Fique longe da minha mulher ou você não vai sair vivo!
-- Está me ameaçando? - Mike perguntou debochando — Você sempre elimina os que surgem em seu caminho? - Ele perguntou lascivo...
-- No seu caso eu abro uma grande exceção! - Edward replicou.
-- Claro assim como Maggie Scott! - Mike disse e Edward fechou suas mãos em punho — Cullen eu conheço melhor Isabella do que você, não se iluda com essa carinha de menina inocente, ela sempre será uma putinha que adora um pau...
Edward não controlou a raiva e deferiu um soco na cara de Mike, fazendo o jovem tombar para trás e bater contra a parede. Edward não perdeu tempo e voltou a socar e socar a cara de Mike, que quanto mais tentava se defender, mais Edward parecia furioso e não lhe dava chances de defesa. O jovem o acertava e em um determinado momento fora tão rápido, que logo os dois estavam rolando no chão, foi só então que Isabella conseguiu sair do transe em que se encontrava e começou a gritar por ajuda. Emmett fora o primeiro a chegar para ajudar, sendo seguido por Demitri e Carlisle que ajudaram a separar os jovens e a tirar Edward de cima de Mike que tinha os lábios ensanguentados e os olhos já começando a ficar roxos.
-- É a ultima vez que você fala da minha mulher desse jeito! - Edward gritou a pleno pulmões.
-- Uma puta é isso o que ela é - Mike disse raivoso e cuspindo sangue.
-- Eu estou dizendo, chegue perto dela de novo e acabo com a sua vida.
Se a sorte estava contra Edward ninguém saberia dizer, mas fora nessa mesma hora que o detetive Marcos saiu do elevador. Claro que ele ouviu perfeitamente o que o jovem disse e por mais que tudo ali fosse fácil de explicar, Edward já era um dos suspeitos do assassinato da jovem Scott...
...
Dentro da sala de Carlisle o detetive Marcos pediu explicações, depois de tudo explicado pelo menos assim por dizer, o homem ainda duvidava que Edward estivesse dizendo a verdade.
-- Sr. Newton deseja prestar queixas? - Marcos perguntou — O senhor foi agredido e tem o direito de prestar queixas se assim o quiser.
-- Como è? - Edward disse tentando se levantar, mas Carlisle o segurou no seu lugar — Ele ofendeu a minha mulher.
-- Tecnicamente ela é a sua ex-mulher! – O Detetive disse — Sr. Cullen eu não faço a mínima ideia de como é a sua relação com a Srta. Swan, mas de fato vocês já foram casados e estão separados agora, e por mais louco que seja, estão namorando também, eu não sei se quero entender isso. Porém o fato é que você agrediu o Sr. Newton e isso é crime, você também o ameaçou de morte...
-- Detetive Marcos isso fora dito na euforia do momento! - Carlisle interveio — O Sr. Newton conseguiu seriamente tirar o meu filho do sério, afinal, ele ofendeu a namorada do meu filho!
-- Pode até ser Sr. Cullen, mas de fato o seu filho o ameaçou e Srta. Swan também poderá registrar queixas contra o Sr. Newton por cometer o crime de calúnia e difamação.
-- E isso vai devolver a honra da minha mulher? - Edward perguntou irônico, ele até poderia denunciar o que Mike fez e mandar o filho da puta direto para cadeia, mas ele sabia que isso só colocaria Isabella em uma maior exposição e isso era tudo o que ele não queria...
-- Sr. Cullen você não está ajudando - Marcos refletiu —Sr. Newton volto a lhe perguntar, vai querer prestar queixas? - Marcos olhou para Mike que estava sentando em uma cadeira sendo socorrido por Irina.
-- Eu não vou prestar queixas! - Mike afirmou — E não pense que é por você – Ele olhou para Edward - É para não sujar o nome do seu pai que não merece isso... — Mike ficou de pé — Sr. Cullen, Detetive, se me permitem estou saindo, não vejo motivos para ficar aqui, já que tudo foi esclarecido e eu não tenho a intenção de registrar queixas.
Mike não esperou que o Detetive dissesse algo, ele saiu da sala sendo seguido de perto por Irina e Demitre que não disseram nada, apenas o seguiram para fora da sala de Carlisle.
-- Detetive Marcos! - Carlisle disse — Agora que toda a confusão foi esclarecida, você poderia dizer o que veio fazer aqui?
-- Oh sim claro! - Marcos disse — Vim avisar pessoalmente que o caso da Srta. Scott está sendo arquivado por falta de provas – Marcos comunicou — Mas se aparecer alguma nova evidencia, este será reaberto.
-- Claro! - Edward disse - Falta de provas...
-- Isso não quer dizer que não ficarei de olho em você Sr. Cullen! - Marcos disse — Bom era apenas isso. Estou indo.
Todos ficaram em silêncio vendo o Detetive Marcos sair sem falar mais nada, apenas fechando a porta atrás de si, deixando uma grande incógnita dentro da sala onde Edward, Carlisle, Emmett e Bella se encontravam...
Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário