Jul M

Oi

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Um Erro E Dois Acertos-- Capitulo 37


Amor meu grande amor!

Bella estava no quarto de seu querido Nick, seus olhos brilhavam de admiração pelo pequeno rebento. O menino lindo, mesmo tão jovem, já demonstrava uma personalidade forte, algo que lembrava muito ao pai, fora os seus belos olhos verdes, e pequeno sorriso torto que Isabella já tinha notado serem iguais aos de Edward. O bebê dormia acalentado em seu colo. Em sua mão direita, no dedo depois do mindinho estava o belo anel de diamante de brilho tão forte que quando a luz do sol batia no adorno, pequenos arco-íris se formavam. O sorriso nos lábios de Isabella se formou ao lembrar-se do dia em que Edward fez o pedido...

Flash Black On

Bella estava com Nick no colo, ela tinha acabado de chegar a seu lar e Nick dormia depois de mamar durante todo o caminho de retorno para casa. Isabella colocou seu filho no berço e ligou a babá eletrônica. O quarto do menino era lindo, fora todo montado por ela com ajuda de Edward que resolveu mudar algumas coisas antes do nascimento do pequenino. Edward estava encostado na porta vendo Isabella fazer carinho na face do filho, ele tinha um sorriso bobo nos lábios, o que demonstrava o tamanho imenso de sua felicidade.

-- Oi papai! - Ela disse quando o viu à porta.

-- Oi mamãe! - Ele estendeu sua mão para ela que a pegou de muito bom grado — Venha tenho algo para você! - Ele enrugou a testa, Isabella não devia estar em pé, ela havia feito uma cesariana e não devia fazer tanto esforço.

-- Já estou indo para cama! - Ela disse assim que entendeu os olhares do rapaz.

Ambos caminharam juntos para o aposento do casal, mas antes que entrasse no local, Edward a segurou...

-- Espera! - Ele exclamou nervoso — Tenho algo para você ai dentro! - Ele pegou um lenço em seu bolso de trás da calça e tapou os olhos de Isabella com ele — Não se preocupe você logo verá do que se trata...

Isabella tinha os olhos vendados e um sorriso truão nos lábios, ela sabia que Edward estava aprontando algo, ele esteve muito agitado durante toda aquela manhã. O homem abriu a porta a ajudando a entrar no quarto. Bella estava usando um vestido soltinho no corpo, seus seios estavam cheios de leite e pareciam bem tentadores. Edward sorriu do pensamento malicioso, mas bem sabia que não poderia tocar em sua amada mulher até que ela se recuperasse totalmente do parto. Seria quase dois meses de resguardo prescrito pela médica para a recuperação de Isabella, isso se ela não fizesse nada de inconsequente ou estúpido no período de convalescência. Edward a colocou no meio do quarto e assim que ela estava na posição que ele queria, Edward puxou a venda de seus olhos mostrando a Isabella a grande surpresa.
Isabella fixou seu olhar na cama que estava coberta por pétalas de rosas vermelhas, além de flores do campo espalhadas por todo o quarto. O que mais a emocionou foi à pergunta escrita com as pétalas de rosas vermelhas na cama sobre os travesseiros brancos.

“Casa comigo?”

Isabella não conseguiu conter suas lágrimas, ela já era dele desde o primeiro dia em que o viu, mas agora era o pedido oficial. Domenick veio primeiro, antes de seu casamento antes do seu tão sonhado matrimônio. Ela se virou para poder olhar Edward e ele estava de joelhos em sua frente com uma caixinha preta de veludo aberta mostrando um belo anel gravado em diamantes, a jovem já choram extremamente emocionada.

- Isabella Mary Swan, eu a amo mais do que tudo, acho mais do que você possa se quer imaginar! Amo a você e ao fruto deste amor, Nick! Seja minha de todas as formas que um homem considere ser possível! - Ele olhava para a menina que chorava comovida — Quero cuidar de você todos os dias, mimar você com carinhos e fazer amor somente com você pelo resto de nossas vidas, quero te proteger, te abrigar em meus braços, dividir meus momentos, compartilhar nossos desejos e te ter muito mais do que o ar que respiro te sentir minha mulher eternamente! — ele sorriu meigo — Case-se comigo!!!?

Não conseguindo conter as lágrimas de emoção que se espalhavam por todo o seu rosto, a jovem se ajoelhou na frente de seu homem e com muita devoção aceitou o pedido...

-- Sim! Eu aceito! Eu te amo!

Flash Black Off

Edward estava na porta do quarto apenas admirando a mulher que ele tanto amava com seu pequeno grande homem no colo. Nick dormia angelicalmente, como se ali fosse o lugar mais seguro do mundo, e de certo modo era o lugar mais seguro da face da terra, ele estava nos braços de sua mãe, daquela que o trouxe ao mundo, a mulher que daria a vida dela para que nada acontecesse a ele. Assim como seu pai que seria capaz de destruir qualquer um que tentasse machucar o pequenino ser.

-- Perdida em memórias? - Edward sussurrou para não acordar Nick que dormia pacificamente.

-- Pensando em você! - Ela deu um largo sorriso para ele.

Isabella levantou e colocou o pequenino no berço e como de costume ligou a babá eletrônica. Ela e Edward estavam se revezando nas madrugadas em cuidados com o filho. Era sempre Edward quem primeiro levantava para pegar o menino quando ele chorava. O bebê já contava com quase dois meses de vida! Era tão bom ver o carinho e o jeito que Edward tinha com o menino, mesmo porque, ele era um pai bastante preocupado e super protetor, mas o que Isabella poderia esperar? Só em ser o primeiro filho dele, já indicava a superproteção e o amor extremo do pai.

-- Vem, vamos voltar para o nosso quarto! - Ele disse lhe oferecendo a mão para que ela segurasse — Você parece melhor hoje! - Havia um sorriso travesso nos lábios de Edward, Isabella ainda não havia se esquecido da noite anterior.

Flash Black On

Edward estava deitando na cama, Bella ainda estava dentro do banheiro, o que era algo estranho, pois assim que estavam perto de dormir Isabella normalmente não demorava muito no banho. Nick dormia e a babá eletrônica estava ligada. Edward não deu muita importância ao fato, até por achar que Isabella precisa relaxar mais, mesmo que fosse em um banho demorado. Apesar de ter a ajuda de Sue e Esme, que não saiam mais da casa do casal, ainda assim Isabella preferia tomar conta de Nick sozinha, principalmente amava dar banhos no filho, trocar suas fraldas e colocar o pequeno para arrotar. Edward ficava emocionado com o gesto da mulher, mas sabia que tudo aquilo era cansativo demais e que muitas das vezes era bem estressante, mesmo para sua noiva forte e destemida... Ele estava lendo um livro sobre economia, seus negócios estavam se expandindo e isso estava sendo ótimo para ele. Quando ele ouviu o barulho da porta do banheiro sendo destrancada, seus olhos saíram do livro para encontrar uma Isabella totalmente linda e sexy.

 Depois daí ele entendeu muito bem o recado da mulher, fora só questão de segundos para que o corpo de Isabella estivesse sobre a cama... 

Ela já estava completamente nua com Edward metendo nela com força e fazendo-a gemer. Os movimentos ritmados deixavam a dança dos corpos ainda mais quente, os gemidos de Isabella cada vez mais altos à medida que ele entrava e saia dela... Edward estava cada vez mais guloso por ela, o que só aumentava o seu desejo insano de se afundar ainda mais dentro dela, à medida que se perdia entre toques e gemidos. Isabella gritou quando chegou ao orgasmo, Edward veio mais atrás derramando todo o seu prazer dentro dela e caindo ao seu lado completamente ofegante.

-- Você continua muito apertada e mais gotosa ainda! - Ele sussurrou mordendo a pontinha da orelha da mulher a fazendo sorrir arrepiada.

Flash Black Off

Já no quarto do casal Isabella estava trocando de roupa para dormirem, precisou respirar fundo e balançar a cabeça para afastar as lembranças boas que estavam tomando conta dela, ela não poderia estar mais realizada do que se encontrava agora. Ela tinha um filho lindo, um futuro marido perfeito, além de ser lindo e super carinho. Sim, ela tirou a sorte grande! Essa sorte ela devia totalmente a Charlie, que por mais que ele tivesse feito muita merda em sua vida, ele foi o principal responsável em colocar Edward no caminho da filha.

-- Pensando em mim? - Edward perguntou ao beijar o pescoço da jovem.
-- Sempre! - Ela sussurrou e enroscou suas mãos nos cabelos dele apoiando sua cabeça em seus ombros.
-- Já sabe onde quer passa a nossa lua de mel? - Edward perguntou com malicia enquanto mordia a pontinha da orelha dela.
-- Não! – Bella praticamente gemeu a palavra — Ainda nem escolhi o vestido de noiva!
-- Bella seja rápida! - Edward exigiu — O tempo está passando e quero me casar com você antes do natal!
-- Por que tanta presa? Não me importo em viver mais um pouco no pecado! – Ela desafiou e Edward rosnou — Tá bom, essa semana eu arrumo tudo, prometo!
-- Ótimo! - Ele assentiu a abraçando pela cintura — Não vejo a hora de ter você só para mim! Só minha!
-- Mas eu já sou sua!
-- Mas eu quero mais! Quero você oficialmente minha, com bênção do padre e do juiz de paz, ou seja mais lá de quem for!  - Edward beijou o pescoço dela fazendo-a sorrir.
-- O nosso felizes para sempre! - Bella murmura feliz...
-- Sim, o nosso felizes para sempre baby!

Continua...

Um comentário:

  1. OMG!EU AMEI O CAP!E TORCENDO MUITO PRA QUE TUDO DE SERTO QUE OS INIMIGOS DO ED NÃO APRONTE COM ELES.BJS E PF PF PF NÃO DEMORA A POSTAR.

    ResponderExcluir