Jul M

Oi

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

O Casamento -- Capitulo 39-- Dizendo Adeus!




DIZENDO ADEUS!

Se sábado fora um dia ruim o domingo não foi diferente, Edward manteve-se trancado no escritório, recebeu apenas a visita de Emmett, que ficou em sua companhia até o finalzinho da tarde. Isabella estava intriga e perdida em seus pensamentos. Ela não esquecia o que Edward lhe dissera, ela não sabia se ele queria realmente assustá-la ou estava dizendo a verdade. E se ele não fosse o mocinho da história? Como ela conseguiria respostas para tantas incógnitas e lacunas? De Edward, ela nunca as teria, ele não falava do seu passado, a única coisa que ela tinha certeza e sabia era que Maggie era a principal culpada de tudo. Em uma súbita compreensão dos fatos, ela teve uma ideia maluca, talvez não tão louca assim, talvez ela realmente tenha encontrado a sua tão sonhada luz no final túnel... Ela subiu as escadas correndo e pegou sua bolsa, utilizando-se da saída dos fundos, ela saiu de casa sem ser notada e sem a companhia dos seguranças. Ela sabia que isso deixaria Edward ainda mais bravo com ela, porém ela tinha que procurar a única pessoa que poderia lhe oferecer algumas respostas...
O carro parou em frente ao grande edifício de vários andares, o porteiro já a conhecia, pois ela já tinha estado ali algumas vezes. Ela estava nervosa e talvez não fosse uma boa ideia estar naquele local, mas no momento era tudo que ela tinha. A cobertura continuava igual, tudo bem que não tinha tanto tempo assim desde a última vez em que esteve naquele lugar, ela tocou a campainha do apartamento e alguns minutos depois a porta fora aberta. Dois olhos azuis a fitaram de cima a baixo e então um sorriso brotou nos seus lábios.

-- A que devo a honra! Jasper falou sem conter a ironia em sua voz.
-- Podemos conversar? Ela perguntou já se arrependendo de ter ido até ele.
-- Claro Isabella, entre! Ele deu o espaço necessário para que ela entrasse em seu apartamento.

O lugar continuava igual, o sofá de couro preto estava harmonicamente situado próximo à mesinha de chá, os móveis eram os mesmos, os quadros que decoravam as paredes estava no mesmo lugar de sempre, nada havia mudado naquele luxuoso apartamento. Jasper era rico, ele era o filho da irmã de Grace irmã mais nova de Carlisle. Uma mulher admirável e que raramente era vista nas grandes festas sociais, ela preferia viajar, gastar um pouco do dinheiro herdado de seus pais e aproveitar a boa mesada que ganhava do seu ex-marido e do irmão que ainda fazia suas vontades.

-- Não me leve a mau, mas estou muito curioso em saber qual seria o motivo de sua visita? Jasper questionou curioso.

Isabella finalmente se deu conta que fora uma péssima ideia ter vindo ao apartamento do primo de Edward, mas agora era tarde demais, ela precisava de respostas e se Jasper seria a única opção que lhe restava para obtê-las ela iria tentar.

-- Uma vez na sua sala! Ela diz com cautela — Você disse que Edward não era assim! Que ele não era frio e que um dia teve um bom coração.
-- Sim! Ele disse sentando-se e levando as mãos ao seu queixo o coçando — É verdade! Edward era uma pessoa agradável até se tornar o ser insuportável de se conviver de hoje.
-- O que aconteceu? Bella perguntou e um sorriso enigmático surgiu nos lábios de Jasper.
-- Ele não te contou? Edward ainda não falou?
-- Se você está falando a respeito de Maggie, eu já sei! Quero saber o quê o mudou, o porquê de ele ter ficado assim...
Jasper perdeu o sorriso ao ouvir o nome de Maggie, ele então se sentou no sofá, ele estava pensativo, Isabella tinha dúvidas se ele falaria alguma coisa, afinal ninguém na família Cullen possuía o hábito de se expor muito.
-- Eu não sabia de nada! Jasper disse — Edward era muito calado, nerd demais para dizer a verdade, magrelo e sem jeito com as garotas - Ele fez uma pausa e sorriu para Isabella — Difícil de acreditar quando se ver várias mulheres querendo ele, mas nem sempre foi assim Isabella — Ele deu um seu sorriso torto, herança de família talvez — Eu consegui me enturmar rápido, estudávamos na mesma Escola, só que não fazíamos parte do mesmo grupo de amigos. Então ele a conheceu... Maggie...

Jasper olhava para Isabella tentando achar surpresa em seu rosto, mas ela estava apenas atenta a tudo que ele dizia, em pé atrás da poltrona preta, sua face estava sem expressão alguma, nem um sinal de raiva ou de espanto, era como se não houvesse ninguém ali apenas seu corpo estivesse presente, mas sem espírito...

-- Quer que eu pare? Ele perguntou e ela negou com a cabeça — A Maggie era bonita, rica e o sonho de consumo de qualquer nerd como Edward, meu primo era muito inteligente Bella — Ela mordeu os lábios — Então Maggie me viu uma vez falando com ele, ela já vinha tentando ficar comigo querendo chamar a minha atenção a todo custo, mas nessa época eu tinha uma namorada, uma garota novata mais muito bonita, acho que o nome dela era Sandy. Não lembro ao certo! Eu sei é estranho, mas meu amor por ela não fora tão forte acabou assim que ela se mudou para Londres.
-- Então? Bella perguntou.
-- Ela descobriu que Edward era meu primo e chegou nele! Jasper deu um sorriso tímido e encolheu os ombros como se pedisse desculpas — Eu fique feliz por Edward, ela era bonita e popular, o namoro deles era o mais falado da Escola, até porque Edward não era do time dos populares, então ele sofria algumas retaliações dos outros — Eles ficou calado por um tempo — O time de futebol era o pior Demitri e Felix sempre sacaneavam com ele. Eles enfiavam Edward na lata de lixo, o trancava no banheiro fedorento, entre essas coisas que a maioria dos nerd sofrem na Escola Isabella. Você sabe, não é fácil mesmo quando se tem dinheiro.

E como Isabella sabia! Agora algumas palavras dele faziam sentindo, quando Edward dizia que já fora como ela, ele se referia a isso, ao fato de ambos terem sido humilhados na Escola.

-- Então o grande baile estava chegando, Maggie andava com Demitre e Felix, afinal ela era a capitã das Cheerleaders da Escola! Jasper olhou para Bella que ainda estava sem expressão algum no rosto — Foi no baile que tudo veio à tona, Edward fora humilhado em meio a toda a Escola, bem no baile de primavera perto das férias de verão — Jasper estava com sua mente voltada para aquele dia — Ele estava tão animado, era aniversario de namoro dele e de Maggie, eles estavam na pista de dança, então Maggie saiu o deixando sozinho. De repente Felix estava ao lado dele e jogou tinta dentre outras coisas nele. Todo riram debochadamente de Edward, ele ficou desorientado e bastante enfurecido. Em sua raiva, Edward partira para cima de Felix, mas ele nunca estava sozinho, Edward fora arrastado para fora do baile por boa parte do time de futebol que estava com Felix — Jasper se calou e voltou a falar após alguns segundos — Edward levou uma surra tão grande que só o deixaram em paz quando ele caiu desmaiado no chão — Jasper olhou para Isabella que estava chocada com tudo que ouvia — Então Felix disse que aquilo era para que ele aprendesse que um nerd não poderia se dar ao luxo de andar e tão pouco namorar com garotas como Maggie Scott.
-- Então foi por isso que ele ficou assim? Bella perguntou quando conseguiu achar sua voz, mesmo que tremula...
-- Sim e não! Jasper disse ficando em pé — Edward foi levado para um hospital e ficou alguns dias internado, então quando saiu foi atrás de um por um dos caras que o haviam agredido naquele dia, deixando por último Felix e Demitre — Jasper deu de ombros — O incidente ajudou Edward a colocar a ira adormecida que havia dentro dele para fora, fora bem feito para eles! Edward se vingou de cada um deles, e então ele achou que estava tudo em paz e resolvido. Maggie ainda estava com ele.
-- Jasper por que Carlisle disse que fora Maggie a culpada por Edward ser assim?
-- Maggie estava no meio de todo o ocorrido, porém Edward só veio a descobrir isso durante as férias de verão quando ela havia ido para Paris com a família — Jasper se calou — Edward já não era o mesmo, ele estava mais forte, resultado de muita malhação... ele tinha o apoio de Carlisle e estava em uma rotina de esportes radicais, musculação, práticas de arte marcial como o judô e outras — Jasper olhou para Bella — Felix armou tudo Isabella, antes de Maggie começar a namorar com ele, bem antes da festa eu acabei me envolvendo com ela, eu estava bêbado e ela tirou proveito disso. No dia seguinte na Escola eu a mandei pastar! Então ela surtou, e foi aí que ela achou que usando Edward ela conseguiria me afetar.
-- Como Felix armou tudo?
-- Bella, Felix filmou meu encontro com Maggie! Ele disse — Filmou quando ela me disse que só estava com Edward porque queria me fazer mal e que tudo que acontecesse de ruim com ele era minha culpa. E por último ele filmou Demitre e Maggie transando e mandou tudo isso para o Edward no dia do aniversario dele.

Bella tinha seus olhos arregalados e uma expressão de espanto e pena que com toda a certeza demonstrava o quanto ela estava arrasada e ao mesmo tempo chocada com tudo. Ela se sentia enjoada com toda aquela situação.

-- Ele perdeu a fé nas pessoas e no amor! Tornou-se calculista, e foi ai que tudo começou, ele queria vingança e a teve — Humilhar Maggie Scott na festa dela de aniversario, não irei lhe contar o que ele fez, pois sei que você não vai gostar de saber! Mas não foi só uma coisa, foram várias coisas, que levaram ao um ato perfeito e o mais humilhante de todos para ela — Jasper suspirou — Esse dramalhão foi só o começo Bella. Maggie parece ter um forte domínio sobre Edward, ele fraquejava quando ela estava por perto.
-- Ele me disse que não era o mocinho hoje pela manhã, que talvez ele fosse o vilão, o que isso significa Jasper?
-- Significa a verdade! Ele disse — Maggie fez de Edward sua obsessão, algo que ela tinha, mas perdeu! Ele a amava disso eu não tenho dúvidas. Mas depois de tudo o que ela fez ele mudou — Jasper olhou para Isabella com pena — Ele sempre tem suas recaídas Bella! Maggie é como o alho ou água benta para ele. Digamos que ele é um vampiro e ela a franqueza dele, e fora nessa fraqueza que ela engravidou dele.
-- Ela tentou tirar o Tony? Bella perguntou assustada prevendo a resposta que Jasper daria.
-- Sim! Jasper disse — Por duas vezes e Edward não deixou! Ele fingiu entrar no jogo dela e a aceitou de volta, ficou com ela até Tony nascer, então partiu deixando-a para trás. Ela o perseguiu durante alguns meses, e então ela recuou, pois ela não estava pronta para ser mãe e ficar com Edward era aceitar ser mãe do Tony e ela não queria. Ela gosta da liberdade que tem, de poder ir e vir sem ter que dar satisfações a ninguém! É disso que ela gosta... E o fato de saber que Edward ainda é um fraco por ela é o que a deixa ainda mais interessada nele.
-- Mas ele ainda pode mudar! Bella argumenta.
-- Não Bella, ele não pode! Jasper afirma com convicção — Edward gosta dessa loucura, é como esse pandemônio de imaturidade o mantivesse vivo. Depois do que eu te contei, você já teve tempo de se perguntar sobre o porquê de ele ainda manter este contrato ridículo com você?
Era verdade, ainda havia o contrato, o maldito contrato em que tudo começou.
-- Ele não ama ninguém! Maggie foi o único amor da vida dele! Jasper disse dando um sorriso de aparo para ela — Maggie e ele são iguais, eles jogam o mesmo jogo, nenhum dos dois tem coração! Você tem que sair disso antes seja tarde demais!
Bella sentia um nó na garganta e uma vontade enorme de chorar, mas ela estava conseguindo se controlar, não choraria na frente de Jasper.
-- Você  lembra ela! Jasper afirma.
-- Como? Bella pergunta confusa.
-- Maggie, aquela que ele amou! Jasper disse — Você a lembra muito! Quando ele começou a namorar com Maggie, ela era assim como você, tímida e inocente, com grandes olhos assustados e o modo como cora quando está com vergonha — Jasper ficou calado pensativo e depois voltou a falar — Acho que você nunca entendeu o porquê dele ter escolhido justamente você, qualquer pessoa serviria, qualquer uma mesmo. Mas você sempre o lembrou dela, por isso ele nunca te olhava e nunca te tratava bem, você não é Maggie, mas você lembra muita coisa dela — Ele suspirou e sorriu sem humor — Talvez vocês até se pareçam, mas Maggie nunca será igual a você. Você é pura e amável.

Bella estava perdida com tantas informações de uma única vez, então era isso, nunca fora por causa da sua condição financeira e o fato de seus móveis terem sido roubados. Ele calculou cada detalhe, ela não fora apenas à primeira opção, ela fora o alvo certo que ele havia pré-escolhido. Bella arrumou sua bolsa e olhou para Jasper, ela sentia as lágrimas quererem explodir em seus olhos, mas não iria deixá-las cair não frente de Halle.

-- Eu preciso ir! Ela disse contendo a rouquidão de sua voz.
-- Desculpe-me por tudo isso Bella! Jasper disse — Mas você procurou as resposta eu apenas dei o que desejava.
-- Você não tem culpa de nada Jasper! Ela se virou e sem esperar ele abrir a porta ela mesma o fez e saiu.
....

Os seguranças estavam a postos apenas recebendo as últimas instruções de Edward quando a porta da frente fora aberta e Isabella entrou. Os olhos de todos ali se voltaram para ela, Edward estava bastante nervoso.

-- Por onde você andou? Ele perguntou em um tom sutilmente alterado — Por que saiu sem avisar nada, e pior, sem nenhum segurança Isabella?
-- Eu preciso de um banho! Fora tudo que ela dissera e logo fora subindo para o quarto.

Ela chegou ao quarto antes de Edward, mas em questão de segundos ele invadiu o local para confrontá-la.

-- Ficou louca? Ele perguntou a segurando bruscamente pelos braços.
-- Fiquei! Ela gritou o empurrando – Eu fiquei quando aceitei essa merda toda!
Os olhos de Edward se arregalaram, havia algo de errado com ela, Isabella não era assim e agora parecia descontrolada.
-- Onde você foi? Ele perguntou e ela se manteve calada — Onde você foi Isabella? Ele gritou.
-- Estava com Jasper! Ela disse com um olhar sem vida — Eu pedi tanto a você para me dizer a verdade. Por que você não fez isso?
-- O que ele disse? Edward perguntou com cautela.
Isabella o encarava com um sorriso uma tanto quanto débil, ela não tinha nenhuma ponta de humor em sua face, seu estado era deprimente.
-- O que eu sou pra você? Ela perguntou.
-- O quê? Ele não entendeu a mudança de assunto.
-- O QUE EU SOU PARA VOCÊ, PORRA? Ela gritou.
-- Minha mulher? Ele disse automaticamente assustado.
-- Mentira! Ela disse entre os dentes — É tudo uma porra de uma mentira! Ela rugiu...
- Somos casados Isabella! Ele disse — Você é minha mulher! O que foi que o maldito do meu primo disse para você?

Ela gargalhou como se as palavras dele fosse engraçadas, era como se ela estivesse surtando, mas não, ela estava sóbria por demais até...

-- Somos tão parecidos Edward! Ela disse com uma ironia que ele quase nunca notava nela — Nosso passado é tão fudidamente parecido, só que eu não consegui me vingar de nenhum dos que me fizeram mal. É de verdade, estou me lixando para eles. Para mim, eles já estão mortos e enterrados a muito tempo...

Edward sentiu o sangue correr por todo o seu rosto. Então, ela descobriu tudo ou sabia apenas de uma parte, ele ainda tinha esperanças.

-- Não é bem assim! Ele negou...
-- Então com é! Ela se exalta.
-- Eu tive meus problemas Bella e...
-- Eu não quero saber! Ela disse sacudindo a cabeça, ela estava bastante confusa — O contrato, você ainda tem uma cópia do contrato?
-- Você também teria a sua se não a tivesse rasgando! Ele a acusou.
-- Carlisle já sabia a verdade Edward, por que cargas d’água você ainda manteve esse contrato?
A mente de Edward o alertava: “Diga a ela o porquê Edward, essa é a hora certa, diga a ela toda a verdade que te cerca”.
-- Por que eu? Ela perguntou quando ele ficou calado.
-- Você precisava de ajuda! Ele respondeu simplesmente.
-- EU TE LEMBRO DELA! - Não fora uma pergunta — Minha “doçura e inocência” te fazem lembra-se dela, você apenas queria alguém igual a ela para fazer o que você não podia fazer com ela — As palavras foram cuspida em meios a gritos e lágrimas que ela já não conseguia segurar.
-- Não é verdade nada disso! Edward rebateu de volta, Isabella estava vermelha e seu rosto totalmente molhado pelas lágrimas sentidas -- Eu não queria alguém parecido com ela e você não é ela!

Um olhar marimbondo foi laçando para Edward, um sorriso sem humor surgiu nos lábios de Isabella, então ela despencou em gargalhadas débeis.

-- Você é um fudido filho da mãe, que precisa fudidamente resolver seus problemas! Ela urrou entre os dentes.
-- Bella se acalma! Ele tentava apaziguar — Não sei o que Jasper te falou, mas nada disso é verdade.

Bella entrou no banheiro trancando a porta não deixando Edward entrar. Ele bateu durante um bom tempo na porta, quase a fazendo desabar, nesse tempo Bella se enfiou embaixo do chuveiro chorando todas as lágrimas sofridas que havia contido. Então por fim as batida cessaram. Mas as lágrimas ainda teimavam em escorrer por sua face abalada. Ela precisa fazer alguma coisa, ela tinha que fazer algo, não seria possível continuar assim. Sua mente cansada lhe alertou que só havia uma única coisa a ser feita, a que parecia ser a mais sensata... partir! Isabella saiu do quarto e Edward não estava, ela nem percebeu que ele estava ali, sentando no chão no canto ao lado da porta do banheiro... ela correu e entrou no closet vestindo a primeira coisa que achou na frente, uma calça jeans e uma blusa florida de mangas, calçou  o tênis e pegou a primeira mala que viu pela frente e foi jogando algumas da suas coisas dentro.

-- O que está fazendo? Edward perguntou já em pé se dirigindo a ela — O que você está fazendo? Ele a puxou pelos braços com um pouco de força — Para quê essa mala?
-- Eu não posso mais ficar! Ela disse e ele soltou os braços dela na mesma hora em estado de choque — Acabou Edward! Eu estou indo embora! Cansei desta maldita farsa, cansei de ser seu fantoche... seu brinquedo! Eu tenho sentimentos!
-- NÃO! Você não pode ir? Ele diz como quem tivesse acabado de acordar para o mundo real — Você está presa a mim por quatro longos anos, você não pode partir! Ele balançava a cabeça.
-- Não estou não! Ela disse — O contrato só valia se Carlisle não soubesse! Ela o lembrou.
-- Eu tenho o contrato e você me pertence!
-- Eu não pertenço a você! PORRA!!! Eu sou um ser humano! - Ela gritou — Eu não sou ELA Edward! É a Maggie quem você ama, é por ela que você sofre. Você está livre, vai atrás dela e seja feliz. Agora me deixa em paz eu estou indo e você não pode fazer nada em relação a isto! — Ela suspirou contendo mais lágrimas traiçoeiras que ameaçam cair novamente — Seu contrato não é mais válido, você não pode me prender e eu não vou ficar!
-- A casa é sua! Ele sussurrou tristemente, não havia mais vida dentro dele, nem em seus olhos. Uma amargura atravessava o corpo do rapaz totalmente, uma dor intensa e aguda, como jamais ele sentiu antes.
-- Vou pra casa dos meus pais! Ela disse — Você tem duas semanas para sair da minha casa. Acho que isso dará a você tempo o bastante para arrumar um novo lugar ou voltar para sua cobertura.
-- Bella fica! Ele disse segurando carinhosamente um dos braços dela quando ela passou por ele levando a mala — Por favor, fica?
-- Me dê um motivo Edward? Só um motivo para mim ficar e seguir ao seu lado!

No fundo, bem lá no fundo Bella sabia que ele não iria dizer nada, mas ela queria tentar, tenta ouvir da boca dele que ele a amava e não a Maggie. Que o motivo para ela ficar, seria que ele havia se apaixonado por ela e estava a amando. Mas ele nada disse, apenas soltou o braço dela e deixou que seus próprios braços caíssem ao lado de seu corpo em uma visível expressão de derrota.

-- Deixe pelo menos Tyler levar você em casa! Ele pediu.
-- Tudo bem! Ela respondeu também derrotada.
- Bella eu...
-- Adeus Edward! Ela disse e seguiu em direção à porta.
-- Adeus Bella...

Porque tudo não podia ter sido de uma forma mais simples, ele só teria que ter dito a ela que a amava e tudo ficaria calmo de novo, era apenas isso, sete palavras – eu te amo! - e toda a tempestade teria desaparecido...


                                                                         The end!!!

                                 “Nossas digitais não se apagam das vidas que tocamos
                               “O conhecimento do passado nos limita ou nos beneficia? 
                                                         ( Frases do filme – Lembranças...)

5 comentários:

  1. menina do ceu que foi esse cap!!eu to sem palavras sem rumo.EU NAO ESPERAVA ISSO TD

    ResponderExcluir
  2. ... realmente sem palavras ... adoro a fic

    ResponderExcluir
  3. Eu amei esse bônus e conhecer esse lado do ex coração de gelo foi ótimo!

    Bjs,
    Therose

    ResponderExcluir
  4. Como assim terminou assim???

    ResponderExcluir