Jul M

Oi

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

O casamento-- Capitulo 27-- Mudanças E Emoções!


MUDANÇAS E EMOÇÕES!

O corpo de Isabella estava estendido no chão da cozinha, sua camisola feiosa estava aberta, as mãos de Edward estavam em todo o corpo da jovem Swan, uma mão apertava um de seus seios, enquanto a boca dele sugava o outro seio dela com perfeição, deixando-a completamente louca com o toque ousando do mancebo.

-- Pare! Ela disse ofegante e quase sem força — Anthony pode nos pegar aqui!
-- Ele está dormindo! Edward disse e mordeu o bico do seio dela — Eu duvido muito que ele escute algo, esqueceu que ele tomou o remédio que o faz dormir tranquilamente!

Stefan havia prescrito alguns medicamentos para Anthony. Um comprimido para que ele dormisse serenamente, pelo menos durante a semana em que as crises fossem mais fortes, um complexo de vitaminas para fortificar e dar mais ânimo ao menino. O primeiro remédio fazia o menino dormir a noite toda e só acordar pela manhã quando o sol começava a nascer ou até um pouco antes. Edward voltou a atacar os seios da jovem, os mordendo e os chupando prazerosamente... Depois do dia que tiveram nada melhor do que um bom sexo para relaxar, mesmo que fosse feito no chão da cozinha, e este, prometia ser ótimo.
Edward puxou o corpo de Isabella que se segurava forte a ele. Em um movimento rápido, ele colocou o corpo dela sobre a mesa e se livrou do resto da camisola que ele já havia começado a rasgar. Distribui beijos por todo o corpo dela, chupando cada pedacinho que sua boca conseguia alcançar, até chegar à sua boceta molhada, melhor dizendo, encharcada... 

Passou com cuidado a língua pelo clitóris dela e mordeu de leve seus lábios vaginais, fazendo Isabella gemer de dor e prazer. Então caiu de boca na boceta da garota e começou a chupá-la. O corpo de Isabella tremia sobre a mesa, a língua de Edward invadia sua boceta levando-a ao delírio total, a sanidade da menina era nula, o prazer proporcionado pelos longos dedos do jovem era enorme e ele a provocava cada vez mais, à medida que mexia no clitóris inchado dela, fazendo Isabella gritar e gozar na boca dele.

-- Deliciosa! Ele disse chupando os lábios e olhando para ela deitava e ofegante em cima da mesa — Acho que vou fazer mais vezes isso com você! — Tinha muita malicia em sua voz — Não imagina o quanto é gostosa!

Isabella tinha a face carminada e a respiração ofegosa, seus olhos chocolates estavam bastante abertos. Ele sorriu malicioso enquanto a imprensava entre seu corpo másculo e a mesa, ele a beijava e a mordia com ardor nos ombros, ele se dirigiu a nuca dela, e lá, ele chupou a pele sensível. Usando suas pernas, ele ajudou a afastar as pernas de Bella, para logo em seguida penetrá-la. Os gemidos dela tomaram conta da cozinha, assim como os dele eram prazerosos para ela.  Edward tentava se controlar para não ir rápido demais, contudo ele queria muito sentir aquele contato de pele com pele, de estar dentro dela sentindo o calor e a receptividade que emanava daquela gruta gostosa...

O corpo de Isabella fora curvado cada vez mais para frente, deixando assim seu belo traseiro mais empinado, dando livre acesso a Edward que se movimentava lentamente causando uma tortura deliciosa a ambos. Os gemidos dela eram como música para os ouvidos dele. Aos poucos os movimentos de vai e vem, que eram feitos lentamente dentro dela, foram ganhando um novo ritmo e mais velocidade. As investidas eram fortes e a penetração era cada vez mais funda e mais funda... Isabella não conseguia verbaliza nada a não ser emitir gemidos, as mãos de Edward a torturava, assim como a boca dele que além de torturar ainda a mordia e arranhava a pele sensível da garota.
A respiração dela estava fora de compasso, o ranger da mesa com o peso dos corpos que se chocavam, estava cada vez mais alto e mais intenso.
 Os lábios dela estavam entre abertos, o corpo coberto de suor, assim como o dele que não parava de se mover atrás dela, deixando a jovem completamente preenchida de prazer.
Pequenos tremores anunciavam tomar conta do corpo dela. Ela logo em seguida foi jogada de cabeça no mundo do êxtase. Gritando o nome de Edward, Isabella chegou ao tão desejado orgasmo, sendo seguida por ele momentos depois. O corpo de Edward caiu sobre o dela, ambos estavam ofegantes e felizes, devido à onda de prazer causada pelo orgasmo dos dois. Edward se retirou de dentro dela para logo em seguida a puxar para os seus braços, em um gesto inesperado tanto para ele quanto para Isabella, ele tomou a boca dela em beijo calmo e delicioso.
......

Edward estava na empresa, mais especificamente em sua sala, ele já havia cuidado da mudança que aconteceria no sábado. Ao final daquela tarde, metades das coisas já haveriam sido mandadas para a casa de Bella. Ele ainda não gostava da ideia de ter que sair do seu lindo e confortável apartamento, mas era para o bem de seu filho, pois o pequeno precisa viver como uma criança normal, coisa que ele nunca conseguiu ser quando criança. Ele estava bastante irritado naquela manhã, já havia brigado com seu primo Jasper na primeira reunião do dia, um desentendimento que seria logo esquecido, mas não para Edward que é extremamente rancoroso. Ele estava com raiva da sua secretaria que parecia cada dia estar mais disposta a seduzi-lo e levá-lo para sua cama. Raiva até mesmo de seu melhor amigo, Emmett, que por sua vez disse algo que não lhe agradou em nada.
-- Idiota! Ele sussurrou para si mesmo — Claro que eu não estou apaixonado por ela!

Flash Black On:

-- Você vai se mudar? Emmett disse surpreso já que o amigo nunca quis sair daquele apartamento — Por que isso agora?
-- Anthony precisa de um espaço maior! Ele disse — A casa de Isabella fica em um bairro nobre. Não é o fim do mundo e meu filho vem primeiro.
-- Eu também acho! Ele disse relaxado na cadeira — Eu sei que você pode comprar uma casa bem melhor do que a dela, você tem dinheiro e poderia fazer isso!— Emmett olhou com um sorriso zombeteiro nos lábios para o amigo — Agora eu só não entendo o porquê de você estar sempre fazendo a vontade da jovem Swan! Não que eu esteja me preocupado com isso, acho que você já é bem grandinho para fazer o que quiser, mas também acho que você está apaixonado por ela... E o pior é que ainda não se deu conta disso – Falou rindo matreiro.

Flash Black Off

Sua irritação maior era essa, ele se negava a ao menos cogitar estar apaixonado por ela. Ele sempre se negaria a aceitar tal absurdo. Ele já tinha se apaixonado uma vez, mas no final não fora nada agradável. A única coisa boa que restou daquele relacionamento foi Anthony que ainda é a única parte boa de seu passado amoroso.
-- Sr. Cullen, quinze minutos para a sua próxima reunião! Lauren o avisou tirando-o de seus devaneios.
-- Ok!
....
Bella estava terminado de revisar um contrato antes de passá-lo para Jasper, seu chefe. Ele estava com um humor terrível, a jovem soube por Ângela, secretaria de Carlisle e sua amiga, que seu chefe e seu marido quase saíram aos socos e ponta pés da sala de reuniões. Ela conhecia um pouco o temperamento do marido e sabia que ele era bastante explosivo quando era contrariado. Ele tinha um gênio nada fácil de lidar, ela sabia, pois já tinha sofrido com o seu mau humor algumas vezes.

-- Jasper, eis aqui o contrato! Bella disse entrando na sala dele, a cara do chefe estava terrível, nada boa mesmo — Sua próxima reunião será em quinze minutos!
-- Obrigado! Ele disse frio e a olhando de forma penetrante — Pode ir agora!

Bella saiu da sala do seu chefe, parecia que ele a estava culpando por algo e isso estava lhe incomodando.  Ela voltou para sua mesa, retomando seu trabalho anterior, que era revisar mais contatos para poder depois os entregar ao seu chefe.
.....
A confusão estava feita na sala de reuniões.  Edward fora retirando dela com ajuda de Emmett, que o arrastou para fora do local. O amigo o levou para sua sala.
 Jasper estava com os lábios sangrando devido ao forte soco que Edward lhe deu em sua boca.  Edward tinha um de seus olhos começando a inchar, Jasper acertou em cheio um soco naquele lugar. Pareciam dois selvagens se atacando na sala de reuniões, o clima entre os dois não começou nada bem naquela manhã. Eles já haviam discordado no primeiro compromisso do dia, continuavam não se entendendo e o resultado não poderia ser outro...
Bella entrou na sala do marido sem bater e sem se importar com a secretaria vagabunda dele que tentou a impedir de entrar. Edward tinha um saco de gelo no rosto.  Emmett estava na sala, o olhar de ambos se voltou para ela, assim que ela ultrapassou as portas de madeira grossa como um furacão.

-- Ai meu Deus! Ela disse vendo o estado do marido — Ficaram loucos? Perderam toda a civilidade e voltaram a ser selvagens? Ela perguntou irritada.
-- Não é da sua conta! Edward disse grosso, mas nem mesmo seu tom ameaçador deteve a garota.
-- Não é da minha conta? Ela praticamente gritou e travou o maxilar — Vocês parecem dois selvagens, dois macacos babuínos em ataque!
-- E se for? Não muda o fato de que aquele bastado mereceu cada soco que levou!
-- Ótimo! Agora voltamos aos tempos das cavernas, onde tudo se resolvia na base do soco! Ela disse próxima a ele — Tira a mão, me deixa ver isso! O tom dela era mandão parecido com o dele, Emmett se controlava de todo jeito para não rir do amigo — Edward Cullen tira a porra dessa mão daí!

O olho bom dele se arregalou, ela nunca havia falado “palavrões” antes e nem tão pouco falado com ele naquele tom.  Edward olhou rapidamente para o amigo que mordia os lábios para não gargalhar, então ouvindo a bufada da esposa ele retirou a bolsa de gelo do olho para que ela o examinasse. O olho estava começando a ganhar uma tonalidade roxa.

-- Isso está horrível! Ela disse puxando a cabeça dele para trás o examinando tal qual fosse uma perita no assunto, ela suspirou — Um pouco de maquiagem ajudará, mas ainda vai ficar roxo!
-- Eu não vou usar maquiagem! Ele protestou.
-- Tudo bem! Ela disse olhando feio para ele — Você poderá aparecer em sua próxima reunião com esse olho assim, será muito interessante ver o que os principais acionistas da empresa acharam da sua explicação para isso.
-- Eu odeio você! Ele diz soltando o ar.
-- Tanto faz! Ela disse dando de ombros — Vou pegar minha bolsa, lá tem uma base perfeita para cuidar disso!

Fora só Bella sair para Emmett cair na gargalhada, nunca tinha visto uma mulher intimidar o seu amigo, mas Isabella parecia saber muito bem o que estava fazendo.

-- Essa mulher está dominando você! Emmett disse entre risos ouvindo o amigo rosnar para ele!
-- Saia daqui! Ele disse grosso — Saia daqui antes que eu arrebente você também!
Emmett gargalhou e se levantou saindo em direção à porta, enquanto Isabella retornava pela mesma, ele sorriu para ela e disse:
-- Boa sorte com ele Bellinha!
.....
Bella estava com Anthony no colo vendo TV, Edward terminava de colocar algumas coisas em uma caixa. Seria a última noite deles naquele apartamento. Sue já fora avisada do novo endereço. Os olhos de Edward ainda estavam inchados, ele não quis falar para ela qual fora o motivo da briga com o primo. Ele ignorou todas as vezes que ela perguntou ou tentou obter tal informação.
Bella colocou Anthony na cama, e fora para o quarto sem mobília a não ser uma cama, já que na manhã seguinte eles estariam na casa nova.

-- Oi! Ela disse olhando para ele que estava com uma bolsa de gelo sobre o olho machucado — Ainda doendo muito?
-- Não! Ele disse sem dar muita importância — Só estou tentando fazer isso sumir.
-- Entendo! Ela disse retirando seus sapatos e pegando sua camisola — Na segunda-feira você pode pedir para Jasper acertar seu olho bom, assim fica tudo igual!

Ele olhou feio para ela vendo-a ir em direção ao banheiro para colocar umas de suas camisolas feiosas. Quando Isabella voltou, ele já não estava mais com a bolsa de gelo no rosto. Bella caminhava calmamente em direção à cama, mas fora pega de surpresa quando fora puxada por ele e seu corpo imprensado contra o colchão.

-- Ficou louco! Ela disse ofegante sentindo sua presença bastante viva.
-- Nunca mais fale comigo nesse tom! Ele disse com sua voz ameaçadora — Está me ouvido.
-- Então pare de agir como uma criança birrenta! Ela disse ríspida.
-- Você adora me provocar! Ele disse olhando friamente para ela — E isso me excita muito!

Os olhos dele estavam em chamas e em um ato nada comum entre eles, ele tomou a boca dela, a beijando sedutoramente e profundamente... em poucos segundos tudo se tornou em um algo mais...


Continua..

Um comentário:

  1. OMG!!OQUE FOI ISSO TD E QUE QUE FOI AQUILO NA COZINHA AI QUASI TIVI UM AVC KKKKKKK COM A PEGADA DO TUDÃO,EU TO AMANDO A FIC MAIS QUANDO A BELLA VAI DEIXA DE USAR ROUPAS FEIAS E CAMISOLAS DO SECLU PASSADO,EU ACHO Q TA NA HORA DELA MUDAR,E AMARAR O ED GOSTOSO CULLEN PRA SEMPRE A ELA

    ResponderExcluir