Jul M

Oi

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Noites De tormenta-- Estou Pirando!


Estou pirando!

 Edward ainda estava em choque com a notícia que recebera, era estranho, complicado e perturbador. Ele seria pai, esse era o seu sonho e depois que conheceu Isabella isso só se intensificou. Queria esse filho tanto quanto precisava de ar para respirar, mas o momento era critico e até doloroso, pois a mãe de seu filho e mulher da sua vida estava dormindo, estava em coma e isso fez com que não pudesse desfrutar da noticia. Bella dormia e ninguém sabia dizer quanto tempodemoraria a acordar, poderia ser apenas alguns dias, semanas, meses ou até mesmo anos. Sua cabeça estava uma bagunça só e o que ele mais desejava era que tudo fosse apenas um sonho, queria poder acordar desse pesadelo e ver sua Bella ali, do seu lado na cama e sorrindo.

Edward estava de cabeça baixa, sentado na poltrona do corredor e não viu quando Charlie invadiu o lugar atrás de sua filha. Alice correu em direção ao tio tentando acalma-lo, mas ele estava descontrolado.

– Alguém tem que saber algo! – Gritou chamando a atenção de Edward. – Alice saia do meu caminho agora.

Ele usava um uniforme da polícia e se não fosse os olhos, da mesma cor dos de Bella, Edward jamais teria chegado à conclusão que esse era o pai dela. O Cullen ficou de pé, sabia que não era o melhor momento para conversar com o pai de Isabella, mas a situação não lhe deixava escolha. Ele já havia planejado em como iria conhecer o pai de sua namorada, tinha programado uma viajem e além de conhecer os pais de Bella também iria pedi-la em casamento.

– Senhor Swan! – Cumprimentou parando em frente ao sogro. – Sou Edward Cullen, o namorado de Isabella.

– Namorado? – Perguntou surpreso. – Ela nunca me falou que tinha um namorado. – Realmente Isabella ainda não havia contado a novidade para o pai e para a mãe. – Você é o culpado por ela estar aqui? – Charlie meio que o acusou.

– Tio! – Alice o repreendeu. – Edward não tem nada haver com isso, Isabella estava no trabalho quando sofreu o acidente.

Charlie olhou para a sobrinha que sabia ser bem impertinente quando queria.

– O que os médicos falaram? Qual o estado dela?

Edward e Alice contaram tudo o que os médicos haviam dito para eles, mas deixaram escondido o fato de Isabella estar grávida. Charlie parecia bastante abalado com a notícia de que sua única filha estava em coma e por isso não era a hora certa de lhe dizer que ela estava grávida.

– Charlie se quiser pode ficar na minha casa. – Edward ofereceu.

– Obrigado, mas ficarei na casa de Alice.

– Tudo bem. Eu vou para minha casa agora, preciso tomar um banho e comer alguma coisa. Alice me mantenha informado, prometo que volto logo.

– Edward, ela não irá acordar agora e você precisa descansar. Os médicos que estão cuidando dela vão nos manter avisados.

– Ok. – Concordou abatido. – Eu volto então pela manhã.

Esme e Carlisle já haviam partido logo depois de saberem que seriam avós. Esme estava muito feliz, pois ganharia seu primeiro neto, a única coisa que estava lhe deixando triste era o fato de sua futura nora estar em coma e seu filho não poder aproveitar a notícia.

(Trilha Sonora: Time after time - Cyndi Lauper)

Time After Time
Lying in my bed
I hear the clock tick and think of you
Caught up in circles

O tempo todo 
Deitada na minha cama,
Ouço o tique-taque do relógio e penso em você
Presa em círculos

O caminho de volta para casa fora mais triste do que Edward imaginara. Ele estava com dor, sentia seu peito arder e os sentimentos estavam sufocando-o. Finalmente havia se libertado, encontrado a mulher de sua vida e seria pai, então como tudo poderia desabar logo agora? Ele poderia passar por tudo isso? Estava tão arrasado que sentia muito medo de não dar conta de superar os obstáculos e acabar se perdendo em meio à própria dor.

Confusion is nothing new 
Flash back warm night, almost left behind
Suitcase of memories
Time after

Confusão não é novidade
Lembranças de noites quentes ficaram para trás
Como uma mala de memórias
Tempos passados

O apartamento estava completamente escuro e Edward nem se importou com esse fato, entrou e caminhou em direção ao quarto, deixando a roupa espalhada pelo caminho. Quando não lhe restava nada no corpo, entrou no banheiro, ligou o chuveiro e deixou a água cair sobre si como se tentasse retirar toda a sujeira que ali estive, e, desse jeito, conseguisse apagar as lembranças ruins daquele dia.

Sometime you pictured me
I'm walking too far ahead
You're calling to me

Às vezes você me imaginava
Eu estou andando bem à sua frente
Você está chamando por mim

 Edward saiu do banheiro ainda molhado e fora desse mesmo jeito que se jogou na cama puxando travesseiro que era dela e inalando seu cheiro doce e agradável ela cheirava a lavanda flores  uma mistura de jasmir com morango, ele adormeceu abraçado ao seu travesseiro sentindo como se aquele pedaço de espuma fosse a única  coisa que lhe mantinha vivo e de fato era única coisa que tinha seu cheiro naquele momento.

Can't hear what you've said
Then you said, "Go slow, I fall behind"
The second hand unwinds

Eu não consigo ouvir o que você dizia
Então você me pedia: "Vá com calma, estou ficando para trás”
O ponteiro dos segundos vai para trás

Os dias foram se passando e tudo continuava na mesma, a única coisa que mudou fora que Edward adotara uma nova rotina. Ele passava o dia no hospital com Isabella e a noite voltava para casa somente para dormir, só fazia isso porque os médicos praticamente o forçavam sair daquele quarto. Durante as primeiras semanas nada aconteceu, não houve nenhum sinal de melhora e Charlie ficou durante duas semanas  acompanhando a filha de perto, como não houve mudança no quadro clínico voltou para Forks, pois tinha que trabalhar. Edward prometeu a ele que não sairia do lado de sua filha e que o manteria informado de tudo. Os trabalhos do Cullen ficaram em segundo já que não tinha cabeça para pensar em nada que não fosse Isabella.

Ele chamara o médico que cuidou de si em Londres, por algum motivo tinha esperança que o doutor Dwyer conseguisse algum resultado e já havia três dias que tinha assumido o caso de Isabella, porém, até agora, nada havia mudado.

If you're lost you can look
And you will find me, time after time
If you fall I will catch you
I'll be waiting, time after time

Se você estiver perdido, olhe ao redor
E vai me encontrar o tempo todo
Se você cair, eu vou te segurar
Eu estarei esperando o tempo todo

Ficar em casa não era nada bom, pois aquele apartamento só fazia com que ele lembrasse ainda mais de Bella. Tudo ali exalava sua presença, era como se tivesse deixado uma lembrança de si em cada canto daquela casa e ele sentia um vazio imenso com isso. Para evitar esse sentimento Edward andava bebendo todos os dias, tentando aplacar assim sua dor e a falta que sentia de sua amada.

If you're lost you can look
And you will find me, time after time
If you fall I will catch you
I'll be waiting, time after time

Se você estiver perdido, olhe ao redor
E vai me encontrar o tempo todo
Se você cair, eu vou te segurar
Eu estarei esperando o tempo todo

Edward estava na cama abraçado ao travesseiro que era de Bella, o seu cheiro quase não existia mais, estava se perdendo e se misturando com o dele. Ele fazia questão de estar todos os dias no hospital, vendo e falando com sua amada mesmo que ela não respondesse. Tocava-a para não esquecer o quão macia era sua pele, acariciava seu rosto pedindo aos céus para ver o brilho em seus olhos novamente.

After my picture fades
And darkness has turned to grey
Watching through Windows

Depois, minha imagem some,
E a escuridão começa a ficar cinza.
Observando pelas janelas

O silêncio do apartamento era sufocante e insuportável. Edward podia até jurar que algumas vezes chegou a ouvir o som da risada de Bella ecoando pelo local. Ele ficava ali, sozinho, curtindo sua própria solidão, não suportava mais essa situação, não suportava mais ficar sem ela e às vezes tinha a impressão de que Bella estava ao seu lado, mas quando abria os olhos tudo o que via era o vazio. Edward até pensou em ir para casa da mãe, pois achava que estava enlouquecendo, algumas coisas estranhas andavam acontecendo ali, objetos fora do lugar, quando que chegava a TV estava liga, havia pegada de pés molhados que terminavam sempre em sua cama e aquela velha sensação de estar sendo observado, o que o deixava bastante inquieto.

Ele chegou a instalar câmeras de segurança no apartamento, achando que  pudesse ser Heide, porém nada anormal aparecia nas imagens, mas quando chegava em casa via copo sobre a mesa do centro da sala e a TV ligada, a cama bagunçada e o banheiro molhado. Já estava a ponto de enlouquecer, mas não queria deixar aquele lugar, pois era especial, era como se sentisse a presença de Bella ali.


You're wondering if I'm OK
Secrets stolen from deep inside
The drum beats out of time

Você quer saber se estou bem
Segredos roubados de lá do fundo
Meu coração bate descompassado

Edward estava para sair do hospital e voltar para casa, mas antes olhou pela última vez, naquela noite, o rosto de Isabella e com um enorme aperto no peito deixou o local. Assim que chegou ao local viu que a TV estava novamente ligada, mas o que chamou sua atenção foi um barulho que vinha do quarto. Ele se armou pegando um taco de beisebol, não sabia quem poderia estar ali dentro, mas não daria chance alguma dessa pessoa tentar algo contra si. Caminhou lentamente para o quarto, a porta estava aberta, cama novamente bagunçada e o travesseiro de Isabella estava no meio da cama. Edward lembrou-se que quando essas coisas estranhas começaram a acontecer ele passou a sentir o cheiro de sua amada mais forte no travesseiro, era como se ela tivesse dormindo ali, mas sempre que acordava pela manhã só encontrava o vazio.

You said, "Go slow, I fall behind"
The second hand unwinds

Você me pede para ir devagar
O ponteiro dos segundos vai para trás

Mandou esses pensamentos para longe e entrou de uma vez no quarto, observou então que a luz estava acesa, mas ele não havia deixando nenhuma lâmpada ligada. Ficou olhando a cama bagunçada quando outro barulho lhe chamou a atenção, o chuveiro estava ligado e isso era sinal que alguém estava lá dentro do banheiro. Ele respirou fundo. Mataria Heide se ela estivesse novamente tentando o seduzir, pois há três noites a jovem Volturi invadiu o seu apartamento, deitou-se em sua cama lhe causando uma surpresa indesejada. A ex-noiva estava o esperando completamente nua. Na hora da raiva, Edward colocou a jovem para fora de seu apartamento do mesmo jeito que estava, completamente pelada. Quando ficou mais calmo jogou suas roupas para fora e avisou ao porteiro que não a deixasse subir nunca mais sem a sua permissão.

Time after time...

Tempo após tempo...

Ele  ficou pensando se entrava ou não no banheiro, se realmente fosse Heide era bem provável que a esganaria até a morte, então achou melhor esperar que ela saísse de lá. Ficou aguardando parado em frente à porta quando ouviu o chuveiro ser desligado e passos do lado de dentro indicando que a pessoa estava se preparando para sair. Edward sentiu a respiração falhar e seus olhos se arregalarem, o medo estava estampado em sua face. Aquilo não podia ser real, não era real! Com certeza era novamente sua mente lhe pregando uma peça, só que dessa vez não era nada legal. Edward tinha acabado de ver Isabella no hospital então não tinha a menor chance dela estar em sua casa, mas como se explicava o fato de estar a vendo agora? 

Ela estava parada na frente, enrolada em uma tolha branca, tinha os cabelos molhados indicando que acabara de sair do banho.

– Isabella!? – Sussurrou com medo até da sua própria voz. – É você?

Ele levantou a mão lentamente como se tentasse tocar o rosto da garota e um sorriso brotou nos lábios dela que parecia bem feliz ao vê-lo
.
– Você está me vendo! – Falou super animada. – Finalmente você consegue me ver! – 

Em um ato desesperado Bella se jogou nos braços de Edward, tomando sua boca em um beijo faminto e cheio de desejo.

 Continua...

3 comentários:

  1. POR FAVOR!!!! ACORDA A BELLA LOGO!!!!!!!!!!!! eu nao conhecia o seu blog e uma amiga me passou o link.. eu simplesmente AMEI essa fic... adoreiiiii!!!!!!!!!!! to acompanhando pelo nyah mas eu leio aqui kkkkkk posta mais logo.. nao me deixa nessa agonia!! a Bella tem q acorda logo pra acompanhar a gravidez dela.. :(
    xoxo

    ResponderExcluir
  2. Oi, já acompanho vc faz tempo, mas agora leio no Nyah e venho conferir aqui.....vai ser bem divertido o Ed com a Bela ........mas acorda ela logo..quero ver o baby deles...beijos

    ResponderExcluir