Jul M

Oi

sábado, 20 de outubro de 2012

A Prostituta-- Capitulo 19-- Fatos E Atos


Fatos e atos.
James Bloom, ele estava em seu quinto mandato como governador tentando ganhar o sexto mandato. Corrupto, mau caráter e sem nenhum escrúpulo capaz de fazer tudo e um pouco mais para ficar no poder. Victoria era a sua secretária e o caso dele, tinham um relacionamento estranho e muito liberal, a única coisa que unia de verdade os dois era o fato de ambos serem gananciosos. James conhecia a vida de todos, principalmente a vida dos homens poderosos, sabia sobre a miss Halle, alguns amigos em comum contavam para ele como era Rolasie Halle uma cadela na cama e fora dela, foi assim que James classificou Rose quando a jovem se recusou a fazer parte de festinhas particulares dele, a miss Canadá era diferente, James ficou sabendo do que ela fazia  através da mulher com quem se relacionava, apesar da Tânia Denali gostar de um belo pau  lhe fodendo ela também gostava de chupar muito bem algumas bocetas, na maioria das suas orgias a jovem miss estava sempre envolvida á três e sendo que a terceira pessoa era sempre outra mulher. E sobre a pequena e jovem Bree Tanner, essa seu passado era mais antigo e muito intenso a jovem começou cedo nesse mundo de orgias e em muitas das quais esteve James sempre a assistiu de longe, observando e esperando a hora de atacar e agora parecia ser o momento exato já que todas as três belas mulheres estavam fodidas perante a sociedade.
_ Fiquei surpreso ao saber que você estava aqui! - James disse abrindo um sorriso grande para a bela morena que adentrou a sua sala — a que devo a honra de sua visita senhorita Tanner?
_ Preciso de sua ajuda para tirar alguém do meu caminho! - A bela dama fora direto ao assunto — dou á você o que desejar senhor Bloom!
_ Tem noção da gravidade das suas palavras senhorita Tanner? - James provocou, ele queria ver ela se humilhar e se comportar como a verdadeira cadela que era.
_ Claro que tenho! - Bree disse dando seu singelo sorriso — mas quero algo em troca. — ela olhou para James — quero Isabella Swan fora do meu caminho, como não me importa só quero ela fora! — Bree sorriu — e você terá de mim o que quiser meu caro James! - Mais uma vez ela sorriu.
 Bree sabia muito bem o que James desejava, não era o primeiro e talvez não seria o ultimo homem que desejaria ela em sua cama, e claro que a jovem estava se dando de bandeja para ele, mas o que ela pediu em troca era algo que James não podia fazer, mas ele não seria bobo de dizer isso á ela agora, primeiro ele iria se divertir com ela e com as outras duas vadias que sempre o rejeitaram.
_ Entendo! - Ele disse tocando no telefone — Victoria venha á minha sala querida! — James sorriu para Bree e cruzou as mãos abaixo do queixo. — senhorita Tanner eu costumo cobrar meus favores antecipadamente acho que você já imaginava isso — ele sorriu — mas por hora farei diferente com você, apenas um teste e se você passar eu darei o que você quer e você me servirá do jeito que eu quero!
_ Quem me garante que você vai cumprir? - Bree questionou.
_ Você terá que confiar e além do mais você não teria me procurado se pudesse recorrer a mais alguém.
James tinha razão Bree não tinha mais ninguém para recorrer, ninguém que aceitasse seu corpo como forma de pagamento, o pior é que ela também sabia que não podia confiar cegamente em James afinal ele não era a pessoa mais confiável do mundo, mas por hora era a única saída que ela tinha, era confiar.
_ Ok farei seu teste e vou passar! - Bree disse com petulância e arrogância.
_ Assim espero querida! - James sorriu e a porta de sua sala fora aberta e Victoria entrou — minha querida se sente! - James disse para Victoria que conhecia muito bem esse tipo de tom dele e sabia bem o que queria dizer. — Vic minha linda, a senhorita Tanner veio me pedir um favor! — James disse segurando a mão de Victoria e beijando-a — você sabe como costumo cobrar meus favores querida, apenas um teste mostre para ela o que desejo, e terá que me dizer se ela se saiu bem ou não minha cara.
Malícia e  safadeza em cada palavra que saiu da boca de James, nada que Bree já não esperasse, só ficou surpresa em saber que seria Victoria a testá-la. Victoria se colocou em pé e com um sorriso de pura safadeza nos lábios se virou para Tanner que ainda estava sentada.
_ Senhorita Tanner que tal se sentar naquele sofá ali! - Victoria apontou para o sofá que tinha no canto da sala. — e tire a roupa, minha querida.
Tanner não parecia surpresa com o pedido da jovem, sabia que Victoria era  bissexual já tinha visto ela em algumas festas particulares cercada por mulheres e algumas vezes até sendo chupada por elas, não que isso fosse novidade para ela, Bree já tinha ficado com mulheres, e algumas delas foi com Rose e até mesmo Tânia Denali, as loiras adoravam essas festinhas onde elas acabavam na cama com homens ou mulheres, o importante para elas era sair da festa devidamente gozada e fodida. Bree caminhou até o sofá e fora logo se livrando das roupas, James  se manteve em sua cadeira e se  colocou de um jeito onde ficava devidamente confortável e com a visão privilegiada do que iria acontecer naquela sala. Bree estava seminua, de calcinha vermelha e sutiã na mesma tonalidade a jovem parecia nem se importar com os olhares de James para cima dela, ela se sentou no sofá e manteve as pernas bem abertas deixando a visão do sexo mesmo coberto pela calcinha para Victoria e James que estava sentado em sua cadeira olhando-as.
_ Tire o resto da roupa querida! - Victoria disse já retirando seu vestido vermelho e levando junto sua calcinha — quero você pelada e acho que James também quer!
Bree  levantou e fez o que a jovem ruiva pediu, tirou o resto das peças que ainda cobriam o seu corpo e jogou ao lado assim como colocou as suas roupas, a morena linda voltou a se sentar e como da primeira vez manteve

 as penas abertas e para provocar ainda mais levou sua mão para o seu sexo e começou a se tocar. Victoria já estava completamente pelada e ficou de joelhos e logo depois engatinhou de quatro em direção a jovem Bree onde afastou as mãos dela e ela mesma passou a tocar a jovem que não perdeu tempo em jogar a cabeça para trás e deixar alguns gemidos escaparem devido aos toques experientes da jovem ruiva.



 Vic retirou os dedos do sexo de Bree e levou á sua boca para logo em seguida cair de boca com chupadas fortes que fez o corpo da jovem tremer sobre a sua boca, a língua da jovem ruiva fazia loucuras no sexo da morena, Bree gemia alto e sem se importar onde estava e quem assistia a cena, Vic tinha uma experiência grande quando o assunto era dar prazer á outra mulher, não demorou muito para Bree gozar em sua boca e com a mesma habilidade que uso a língua no sexo dela usou para limpar o que derramou em seus lábios.
_ Ela tem um gosto bom minha querida? - James perguntou e só então ambas notaram que o rapaz estava ao lado com seu pau para fora da calça lhe acariciando.
 _ Sim! - Vic disse sorrindo para ele.
_ Que bom! - Ele disse fazendo carinhos no rosto de Vic. — continua minha querida!
 Victoria parecia  um animal de estimação do James faria tudo o que ele pedisse e não questionaria em nada sua ordem. Vic se levantou e sorriu para Bree que ainda tinha a face vermelha devido ao orgasmo que a jovem ruiva lhe proporcionou.
_ Levanta! - Vic disse e James apenas observava — quero ver o que você sabe fazer queridinha!

Bree levantou e Vic tomou o seu lugar deitando no sofá com as pernas aberta se com as mãos em volta dos seus seios, a jovem ruiva se tocava nos seios.
_ Chupe-a! - James disse dando um tapa na bunda de Bree com força deixando a marca dos seus dedos na pele clara dela — quero ouvir Victoria gemendo Tanner e acho bom você conseguir fazer isso.
_ Consigo fazer bem mais! - Bree disse caindo no jogo de James.


 
A jovem deitou sobre a Vic e passou a sugar os seios da jovem que parecia delirar de pazer, uma das mãos da jovem Bree desceu pelo corpo de Victoria indo direto para o seu sexo a penetrando com os dedos, Bree sabia muito bem como usar os dedos e parecia ter acertado em cheio quando Vic começou a gemer embaixo dela e o corpo começou a tremer, James sabia que era cedo demais para Victoria já estar tendo o seu orgasmo, ele queria ver as duas de um jeito bem melhor, onde ele pudesse entrar na dança já que seu pau já estava no ponto.
_ Pare! - James disse e fora preciso ele bater na bunda de Bree e na coxa de Victoria para que ambas parassem o que estavam fazendo — quero as duas de quatro! - James disse — Victoria fique de quatro e você Bree fique atrás dela e a chupe!
Bree esperou por Victoria e assim que a ruiva já estava posta na nova posição ela fora para trás da jovem e em vez de tocar ela usou a língua para torturar a jovem e chupa-la como uma verdadeira cadela. A língua de Bree passava por todo o sexo da jovem fazendo o corpo de Victoria tremer e fora ai no momento de distração entre as duas que James não perdeu tempo e penetrou Bree em uma única estocada.
_ James! - Bree tentou impedi-lo de a penetrar de novo, mas ele deu um tapa com força na bunda dela.
_ Volte a chupá-la sua cadela! - Ele disse puxando o cabelo da jovem em um rabo de cavalo e votando a penetra-la com força — você terá o que você quer lhe dou a minha palavra!
 Bree não tinha para onde escapar, era confiar ou não e nesse momento ela não podia fazer mais nada, James jamais pararia de fode-la, só depois de gozar e isso se ele não quisesse inovar de novo, sem saída a jovem voltou a chupar Victoria e os três começaram uma rodada estranha e prazerosa de sexo.
....
Já tinha se passado duas horas desde que a senhorita Tanner havia deixado a sala do governador Bloom, Victoria continuava em sua sala, mas o sorriso nos lábios de James deixou a jovem ruiva bem confusa.
_ Você vai fazer o que a menina pediu? - Vic quis saber.
_ Claro que não! - James disse — mais vou enganar ela e as outras!
 _ Outras?
_ Sim minha querida! - James disse sorrindo — as vadias estão loucas querendo vingança! - Ele gargalhou - Rosalie Halle e Tânia Denali querem a cabeça de Isabella, e o único problema é que eu não vou dar.
_ Elas ficarão furiosas quando descobrirem que está enganando-as! - Vic disse.
_ Mas quem disse que elas vão descobrir? - James sorriu — Isabella está saindo da cidade, vai ficar alguns dias fora.
_ Então? - Vic ainda não tinha entendido, pensar não era muito seu forte.
_ Com Isabella fora da cidade as três vadias vão achar que eu cumpri minha parte! - Ele disse — vou fazer um pequeno vídeo das três no meu apartamento e bom depois vou pensar no que fazer!
.....

Bella estava saindo da boate, já era tarde não fora surpresa ver o carro dele parado no estacionamento e ele encostado ao lado, estava sendo assim nos últimos dias, desde o dia em que ela havia colocado suas condições para poder ficar com ele, Edward sempre ia busca-la na saída, ás vezes iam para casa dela, mas na maioria acabavam na casa dele. Edward não aceitou tão bem a condição que ela colocou para poder ficar com ele, mas não retrucou na hora, mas como ele mesmo disse isso não quer dizer que ele não vá tenta a fazer mudar de ideia.
_ Vamos! - Ele disse abrindo a porta para ela — tenho uma surpresa pra você!
_ Edward...
 Ele a calou com um beijo, ela sempre negava e recusava os presentes dele, mas não era bem um presente, ou surpresa ele estava tirando ela da cidade por esse final de semana, havia falado com Aro e não fora nada gentil com as palavras, ele sabia do contrato de Isabella com ele e das clausulas que ela havia colocado então Aro não pode impendir ele de levar a menina, deixando Aro sem sua melhor dançaria por um final de semana todo.
_ Vamos agora! - Ele disse rindo e ofegante — entra no carro senhorita!
 Bella nada disse apenas entrou no carro indo com ele sabe-se lá para onde, mas de uma coisa ela tinha certeza ela não tinha medo isso ela já não sentia mais.
Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário