Jul M

Oi

domingo, 16 de setembro de 2012

Capitulo 18-- Um Erro E Dois Acertos


Algo estranho
Edward já estava de pé, ele tinha que ir para empresa hoje ele assinaria os últimos papeis e tudo estaria legalizado, nada mais de viver as margem da lei agora ele seria um homem serio e mais respeitado ainda do já era o nome Cullen sairia de vez da escuridão. Edward deu uma olhada para Isabella deitada na cama, ela dormia tranquilamente, Edward acabou sorrindo com visão da menina, o lenço estava cobrindo apenas metade do seu corpo, suas costa estavam nua devido ao modelo da camisola, as pernas nuas e cabelo bagunçado deixavam Isabella a visão mais sexy do mundo, ele caminhou ate cama sentando e beijando as costa da menina que lamuriou.
–- Bella! Ele sussurro no seu ouvido—Estou saindo, o café ta na mesa e volto para almoça com você! Edward beijo ela bem na nuca—se comporte!
A menina deixo sorriso surgi no lábios, ela odiava admitir mais adorava ser mimada por Edward, ela não abriu os olhos para ver Edward saindo, mais sabia que sentiria falta dele assim que frio de Londres atingisse seu corpo.
(...)
Enfim um homem “serio”. Esse foi pensamento de Edward, ele estava feliz sorrindo. Suas empresa estavam todas legalizada não mais comprometia ele, a não ser algo que precisava ser resolvido, algo que estava sendo adiado tempo por de mais, mais ele não queria pensa nisso agora deixaria para quando voltasse para casa, e la daria rumo a tudo.
–- Laura, voltou depois! Edward disse—Estou indo almoça!
–- Claro! Ela disse sorrindo—E senhor Cullen, meus parabéns!
Edward sorriu e saiu o caminho para casa foi rápido ele queria da noticia para Isabella, com certeza ela ficaria feliz em saber. Edward estacionou o carro e subiu para apartamento dele. Edward entrou e já encontrou Isabella arrumada, ele sorriu para menina que sorri de volta.
–- Vejo que esta pronta! Ele disse—então vamos, tenho que volta para empresa ainda.
Isabella se levantou e caminhou ate ele e saíram. Edward preferiu um restaurante perto do apartamento, o almoço foi algo bom para os dois, ele já havia terminado, Isabella ainda comia sua sobremesa.
–- vamos fica quanto tempo aqui? Isabella quis saber
–- voltamos amanha a noite! Ele disse e viu sorriso dela sumir —podemos volta outrasvezes, se deseja!
–- Serio? Isabella perguntou animada de novo
–- sim, podemos conhecer outros lugares também! Edward deu ideia e a menina se animou ainda mais.
–- Veneza, eu gosto de Veneza podemos ir algum dia?ela perguntou
–- Claro! Ele disse vendo ela se diverti com a ideia-- assinei os papeis hoje a empresa esta legalizada agora! Edward comentou e isso fez Isabella olha para ele
–- o que isso que dizer? Isabella perguntou sem entende muito bem
–- Que acabo de perde o cargo de mafioso para vira empresário honrado! Edward orgulhoso das próprias palavras.
–- parabéns! Isabella disse animada com nova mudança—isso que dizer que você não e mais criminoso?
– Isabella ,eu nunca fui criminoso1 edward disse com leve sorriso nos lábios—Eu nunca matei ninguém de verdade, posso ter machucado ate ferido, mais nunca matei.
–- mais mandou mata! Ela disse
–- passado! ele disse—agora tudo isso e parte do passado, fique feliz menina e isso que importa.
(...)
Edward deixo Isabella no apartamento e voltou para empresa, ele fez tudo conheceu os setores da empresa sua nova e antiga equipe, viu alguns currículos e deixo Laura em carregada de contrata novos funcionário, e por hora deixo Laura encarregada de tudo, depois Edward se reuniria com sócio para escolha do novo presidente dessa empresa, alguém que ficaria na frente da empresa a final Londres era sede principal d as empresa Cullen Edward sabia que logo teria de se muda para Londres, mais antes ele tinha que deixa as ouras filiais em ordem.
Ele chegou em casa estava tudo em silencio já era noite, ele ficou ate mais tarde ajudando Laura com nova mudança que ela faria. Ele pensou em Isabella ela deveria esta no quarto e foi para o quarto onde estavam dormindo junto.
–- Isabella! Ele chamou ao ver quarto vazio—menina cadê você?
O quarto estava meio escuro e nada a não ser algumas roupas da menina sobre cama, Edward mexeu nas pesas de roupas e deixo no mesmo lugar. O silencio estava ficando insuportável ele já ia chama pela menina de novo quando ela saiu do banheiro secando os cabelos com toalha.
–- já chegou! Não era uma pergunta—o janta ainda não ta pronto. A lasanha ainda ta assando.
Edward levou tempo para entende o que menina falar. Isabella havia cozinhado para dois? Era isso mesmo que ele tava ouvido mais por que ela se deu a esse trabalho todo? A cara de Edward olhando para menina era incrivelmente engraçada ela sentiu vontade de sorri mais achou melhor não a final sabia bem como funcionava a cabeça dele sorriso agora so ia deixa ele irritado e não era o que ela queria.
–- vou termina janta! Ela disse pegando roupa e se vertido—você toma banho e tempo suficiente para você!
Isabella saiu do quarto deixando um Edward bobo e sem entende nada.
(...)
–- esta muito bom! Edward disse repetindo de novo a lasanha
Edward já estava de banho tomado e cabelo meio úmido devi ao banho, trajava apena o calça do pijama Isabella olhava atentamente cada detalhe dele de jeito estranho. Ela já havia terminado o seu janta não sentia mais fome.
–- o que foi? Edward percebeu os olhares da menina para ele
–- nada! Ela disse ganhado tom vermelhos na face—quando partimos? Ela perguntou sem graça e mudando o assunto.
–- amanha a noite! Edward disse voltando a comer.
Assim que janta terminou Isabella retirou a mesa e lavou a louça Edward viu que menina andava meio inquieta, como se algo incomodasse ela ou se algo a deixasse inquieta. Edward saiu da cozinha indo para sala quando Isabella volto a se junta com ele Edward tinha o notebook aberta analisando alguns email e vendo um site de carro esportivos.
–- vem aqui! Ele chamou ela sem nem olhar para menina
Isabella caminhou a passo rápido em direção a Edward que tirou notebook do seu colo e puxo menina para meio de sua pernas, Edward sentiu corpo da menina fica tenso, ele sabia que Isabella estava naqueles dias ele viu lenço da cama sujo pela manha então deveria ser isso motivo dela esta estranha assim.
–- o que acha desse carro? Ele perguntou apontando para monitor e mostrando
Era uma Mercedes Guardian um carro tão belo mais tinha um toque meio feminino para aquele carro.
–- e bonito! Ela disse meio sem graça
–- tem certeza? Edward pergunto animado
–- sim e bem bonito! Ela disse dando sorriso meio tímido
–- que bom que gostou! Ele disse beijando leve no seu pescoço—comprei ele pra você.
–- comprou para mim? Isabella perguntou meio surpresa—mais ,mais eu não tenho carteira.
–- você tira! Edward disse calmamente —gostou mesmo do carro?
–- sim!
Isabella estava sem reação ela não espera por isso não da parte do Edward, mais já tinha um tempo que jovem andava demonstrando um pouco de afeto com a menina ,andava lhe dando presente e ate demonstrando algum tipo de carinho por ela.
(...)
A noite quando ambos já estavam deitando Isabella achava que Edward já dormia quando foi surpreendida por mais um ato de gentileza e carinho do jovem quando Edward puxou para se fazendo ambos deitarem na posição conchinha e em um ato de puro carinho Edward enterrou rosto na curva do pescoço da menina respirando o aroma que vinha da pele da menina..
Na manha seguinte no domingo Edward levantou cedo tomou banho e vestiu uma roupa de corrida, antes de sair do quarto deu mais uma olhada em Isabella que dormia profunda mente, já que na noite passada ela demorou bastante para dormi, tendo certeza que menina ainda estava em sono profundo ele saiu para da leve corrida pelos quarteirões que ficavam em volta do apartamento dele.
Quando Edward votou da corrida o apartamento ainda estava em silencio, o que deixa claro que Isabella ainda dormia era nove da manha. Ele caminhou para quarto e constatou que a menina ainda dormia ele retirou a roupa e foi para banheiro assim que terminou o banho saiu enrolado na toalha e outra secando o cabelo. Sorriu feito bobo ao ver menina deitada na cama com corpo semi nu exposto devido falta do lenço que estava todo embolado em sua cintura. Ele caminhou ate cama e depositando beijos leve no ombro nu da menina sussurro no seu ouvido.
–- hora de acorda bela adormecida! Ele sussurro voltando beija ela so que agora era no pescoço—vamos Isabella vai perde dia lindo ai nessa cama.
–- huuum! Isabella gemeu sentindo os carinho do jovem
–- Bells acorda! Edward disse dando beijo na nuca dela—tenho planos para nos!
Isabella se mexeu na cama e com pouco mais de lentidão do que normal abriu os olhos dando de cara com belos olhos verdes. Ela sorriu de leve e se espreguiçou como gato manhoso.
–- tome banho! Edward disse ainda olhando para menina—vamos sair agora pela manha.
(....)
Isabella e Edward tiveram o manha cheia ,ele levou a menina para toma café em café conhecido de Londres , saíram para fazer algumas compras, mais coisa para menina do que para ele, almoçaram em restaurante caro e claro passaram o resto da tarde passeando pelos pontos turístico da cidade e já no final da tarde voltaram para apartamento e tomaram banho e foram para aeroporto onde avião particular que Edward contratou já esperavam e já dentro do avião Isabella sentada do seu lado com olhaos fechado e praticamente dormindo..
–- durma menina! Ele disse beijando seu cabelos—chamou você quando chegamos em Nova York.

Nenhum comentário:

Postar um comentário