Jul M

Oi

domingo, 16 de setembro de 2012

Capitulo 16-- Um Erro E Dois Acertos


Algumas verdades.
A semana começou bem agitada para Edward uma visita ilustre esteve em sua sala, em sua empresa. Sim agora a Cullen entretenimentos era uma empresa que seguia as regras e obedecias as leis agora. Edward estava deixando ser um criminoso que vivia as margem da lei quebrando regras e lutando contra justiça ele pode ter começando do morro errado mais agora estava fazendo as coisa certa, todas empresa que levavam o nome da família estavam sendo legalizada e passado sujo sendo apago a ultima empresa era que estava em Londres e era para la que ele iria viaja na sexta para pode regulariza o que faltava. Sair do mundo do crime e sonho de qual quer criminoso, a final todo mundo saber que esse caminho sempre tem período curto e a qual quer momento outro pode tomo seu reinado, Edward sabia que dinheiro vinha rápido nesse negocio mais sabia também que muito mafioso brigavam por espaço, espaço esse que rapidamente era ocupado, e muito mafioso acabavam morrendo por briga de território ou por velhos acerto de contas. Edward já havia perdido amigos nesse meio, seu pai batalhou metade da vida para legaliza tudo mais não foi assim tão fácil e quando velho Cullen se aposentou deixando o reinado mafioso para filho ele deixo metade do caminho proto para filho legaliza os negócios. A filha mais nova Roselie se formou em moda e para felicidade dos pais abriu sua própria grife algo que deixo a sra. Cullen extremamente feliz, mais claro que para monta tudo que filha mimada desejava em sua grife e lojas foi necessário usa o bom velho dinheiro da máfia, mais Edward não liga o negocio da irma era algo legalizado e não vivia as margem da lei era menos um problema pra ele resolver.
O poderoso Cullen filho, sentiu seu coração vibra, quando assinou os papais que legalizavam as cinco empresas que levavam o nome da família. A Cullen entretenimentos, a Cullen importação , A Cullen turismo, A Cullen produtora e a Cullen tecnologia em filmes. Todas as empresa foram legalizada e agora seguiam a lei do Estados Unidos pagando seu imposto como qual quer outra empresa, foi grande peso tirado de sua costa, agora ele iria para Londres onde a maior e mais lucrativa empresa Cullen se localizava a Cullen previsões essa empresa mexia com bolsa de valores e todo pais do mundo, tinha algumas perda, mais a maior parte dela era de lucros era que mais rendiam dinheiro a família e era ultima para se legalizada os papais já estavam pronto so faltavam a sua assinatura e tudo estaria dentro da lei.
Mais a visita que Edward resebeu logo cedo não foi nada agradável, e tão pouco fez bem ao seu humor. A jovem Volturi estava a sua espera assim que ele chegou no escritori, sua nova secretaria ele ainda não lembrava nome, mais sabia que não duraria muito já que Bella já havia feito queixa logo pela manha, esse motivo dele ter chegado atrasado no trabalho, Bella atormentou seu juízo logo pela manha e para conter menina que fazia questão de perturbalho acabaram tomando banho junto, e o que era para ser banho gostoso acabou sendo sexo selvagem no chuveiro.
–- Senhor Cullen! A jovem secretaria disse ao ver ele saindo do elavadorEssa senhorita esta a sua espera.
–- Não me lembro de ter marcado algo com você! Edward disse curto e grosso caminhado para sua sala
A jovem Jane Volturi não ligou para comentário grotesco do jovem apenas o seguiu ate sua sala. Jane e Edward tiveram um relacionamento turbulento e muito agitado Edward nunca perdoou a loira por ter deixando ele sem era e sem berra em Londres. Edward não entrou no mundo do crime por que quis e sim por já não ter mais escolhas, ele saiu de casa quando completou a maior idade foi para Londres quando conheceu a jovem e linda Jane Volturi, a filha do mafioso britânico que tentava a todo custo expandir seu território. Edward entrou para faculdade de medicina, tinha grande sonho de ser medico nada relacionado com máfia Le chamava atenção e isso deixava seu pai um pouco preocupado com rumo que jovem tomava, mais não negou o direito dele escolher seu caminho. Jane também fazia faculdade de moda em Londres e foi em festa de faculdade que ambos se conheceram, Edward ficou fascinado com jovem com cara de anjo, mais descobriu logo que jovem so tinha cara por era diaba, o relacionamento deles começou como furação era tudo tão intenso entre os dois um dia Edward chamou a jovem para janta com ele, levou garota no restaurante mais caro de Londres , e na mesma noite jovem Volturi estava em sua cama e de la quase não saia. Jane gostava de luxo e tudo do bom e de melhor, Edward começou gasta tudo que tinha para agrada a mulher que jura ama, as noite ao lado da jovem era sempre regrada a muito sexo e champanhe caro, assim como vinhos e restaurantes de nome de Londres, concertos e recitais da alta burguesia coisa que tava levando Edward a ruína em menos de cinco meses com ela. Quando Edward não tinha mais nem um vintém furado no bolso, e devido orgulho que tinha não podia liga para pai e dizer que tinha gastado toda sua herança deixado pelo seu avo Edward Masen e que agora precisava de dinheiro pois estava atolado me dividas. Jane se foi sem dizer nada , nem mesmo um recado ou telefonema do mesmo jeito que ela entrou ela saiu da vida dele como furação. E depois daí tudo que sobrou para Edward foi liga, para pai dizer que estava arruinado em menos de um ano, seu pai pagou todas suas dividas e em troca pediu para filho trabalha junto com ele e foi assim que Edward tomo gostou pelo negocio do pai, e logo assumiu o império da máfia Cullen.
–- vinte minutos! Edward disse sentando em sua cadeiravocê tem vinte minuto para dizer por que veio
Agora pela primeira vez Edward conseguiu ver Jane perfeitamente, a loira que sempre soube chama a tenção quando queria ,usava um vertido preto que fazia jus a suas curvas e destacava sua pele branca, seus sapato de salto finos dava a ela uma postura de classe, e única coisa que se destacava sobre tudo ela vertia era batom vermelho que jovem tinha posto nos lábios, era a tentação em pessoa que dizer em mulher.
–- Precisamos conversa Edward! ela disse sentando na cadeira a frente do jovem
–- Depois de anos, sem noticia você resolveu conversa! Edward disse com ironia.
–- Edward não seja rancoroso! Jane disse de jeito manhoso Voce saber quem e meu pai, ele nunca veria com bom olhos nosso relacionamento.
Edward gargalhou e o olhar mortal que Edward deu para ela faria qual quer um treme menos Jane, a loira com rosto angelical era tão fria quando gelo, e Edward descobriu isso do jeito mais doloroso.
–- Jane, você sumiu do nada! Ele disse trincando dentesnada, foi isso que você me deixo em Londres nada, eu fiquei sem nem um trocado, você sugou ate a ultima gota do meu dinheiro e quando viu que estava falido sumiu, sem deixa rastro sem dizer nada, você não vale nada e babaca aqui so descobriu tarde de mais.
–- eu fui acostumada a luxo Edward e você sabia disso! Ela acusoununca mentir para você e soube dês do inicio que eu gostava de coisa caras. Não diga que culpa e minha pois você que saiu gastando tudo que tinha e o que não tinha.
–- Eu sei, eu sempre soube! Edward disse e era verdade ele sempre soubemais por algum motivo, eu acreditava que você me amava, mais você ama mais dinheiro .
Dessa vezes Jane sorriu de jeito estranho e quase tímido, o que deixo Edward estranhamente desconfiado.
–- Se não tem mais nada a dizer saia da minha empresa e da minha vida! Edward disse
–- Eu amo você! Jane disse com voz chorosaEdward eu não fiz por mau, você saber
Edward gargalho tão alto que foi ouvido do lado de fora da sala
–- Ama? Edward perguntou com ironia Jane minha querida, em outro tempo eu ate teria acreditado em você, mais agora eu sei bem com que estou lidando.
–- idiota! A loira disse com amarguraacha mesmo que vai se livra de mim assim? Edward Cullen ou Masen seja como você se chama eu sou Jane Volturi ninguém nunca me diz não.
–- então a mascara caiu senhorita Volturi! Edward foi irônico e sorriso de deboche que esbanjou foi o que deixo Jane ainda mais furiosa
–- você simplesmente não pode esquecer tudo que vivemos! Ela disse em tom pouco alto para alguém que seguia a boa etiqueta.
–- VOCE FEZ ISSO PRIMEIRO! Edward gritouagora saia da minha sala, não tenho nada a falar com você.
Jane bufava, e seu olhos brilhavam em ódio, ela respirou fundo e pegando bolsa que estava sobre mesa de Edward, se dirigiu a porta, Edward relaxou na cadeira quando viu a loira sumir pela porta.
(...)
Jane passou pela secretaria sem nem ao menos deseja bom dia para moça, quando jovem aperto botam do elevado e a porta se abriu Jane deu de cara com Isabella, ela trajava o uniforme da escola, Jane reconheceu de cara a menina foi mesma que rasgou seu vertido, ela poderia ate te dito algo para menina e se vingado do que ela havia feito com ela na festa da sócia, mais Isabella não estava sozinha no elevador havia um homem que Jane deduziu logo ser segurança da garota, ela achou melhor deixa essa vingança para outra hora e também Isabella passou por ela feito furação e nem notou sua presença.
Isabella entrou na sala sem bater ela sabia que Edward ficava bravo com essa mania dela e ela fazia de propósito so para irrita-lo por mais que eles estivesse se dando bem e relacionamento dos dois estavam melhorando ela ainda gostava de provoca-lo so para ver ele perde cabeça. Mais quando Isabella entrou na sala viu um homem tenso e de olhos fechado, seu maxilar estavam travado e mãos fechado em punhos, Isabella ficou com medo e sem saber se seguia o trajeto que fazia ou se voltava.
–- não devia esta na aula! Edward perguntou ele já estava de olhos aberto e fitavam a meninaE por que você não bateu na porta? Quando vai perde essa mania!
Isabella sorriu de jeito tímido, Edward acabou esboçado um leve sorriso, a pensa de Isabella ter feito mesmo que Jane o sorriso tímido o de Isabella sim era inocente.
–- E teria resolvido alguma coisa? Ela perguntouparecia tão concentrado acho que não ouvira nem se mundo la for cai-se sobre sua cabeça, so sentira a dor.
–- Ainda não me respondeu, por que não esta na aula?
–- as aulas foram cancelada! Ela disse indo para sofá da sala do Cullen problemas com eletricidade!
–- E por que não foi para casa? Edward perguntou
–- Erick achou melhor vim para cá! Ela deu sorriso forcado---Eu queria ir no shopping!
–- Não, você não vai para lugar nem um! Edward disse e viu Eric encostado na porta--Ta dispensado Erick
Nada disse Erick saiu da sala do chefe e cumprimentou a jovem secretaria e foi para casa. Edward ficou o resto da manha com Isabella em sua sala depois da visita de Jane ele não conseguiu se concentra em mais nada, tinha algo errado, Jane era do tipo que se humilhava como ele mesmo havia dito ela era uma Volturi e ninguém diz não para um Volturi, e fato da jovem ter ido visita-lo estava deixando ele muito intrigado. Edward saiu junto com Isabella e avisou a secretaria que não voltaria mais hoje, ele iria falar com Emmett para arruma outra secretaria pois Isabella não se agradava em nada da nova secretaria do jovem Cullen. A semana passou rápido e corrida, Edward não teve muitas surpresa durante o resto da semana e já era sexta feira, ele já estava a caminho do aeroporto e Isabella estava ao seu lado, ela tinha os olhos fechado ainda era muito cedo, ainda era de madruga Edward preferia viaja esse horário era melhor ele preferia assim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário