Jul M

Oi

domingo, 16 de setembro de 2012

Capitulo 15 -- Um Erro E Dois Acertos


Virando a cabeça
Pov narrativa
Assim que dia nascer Edward ligou para irmã pedindo numero de ginecologista, claro que Rose passou um bronca no irmão pelo pequeno showzinho que acompanhante dele fez na festa, e avisou que irmão pagaria conta do vertido de Jane. Edward ignorou boa parte da conversa e assim que pegou numero da medica ele desligou o telefone sem muita gentileza. Eric ficou responsável por leva Bella no medico a consulta dela seria a tarde e jovem poderia passa manha dormindo.
No escritório Edward tentava resolver alguns problemas, boa parte do seu negócios obscuro já estavam legalizado, so faltava um das empresas de importação de bebidas, e essa ficava em Londres ele teria que ir pessoalmente para pode resolver esse problemas.
–- Edward! Emmett disse entrando em sua sala—E melhor você ver isso aqui!
Emmett entrou com vários papeis nas mão, ele passava os olhos por cada papeis analisando tudo antes de entrega para Edward que permaneceu sentando em seu lugar.
–- Não pergunte como consegui isso tudo mais e prova que você queria! Emmett disse
Edward olhava atentamente cada papel, e cada vez mais seu olhar ficava frio e se coração apertava ainda mais no peito.
–- Desgraçado! Edward disse—Ele colocou tudo no nome dela!
A voz de Edward não passou de sussurro, Emmett olhou para chefe que não ficou tão surpreso com que acabava de ver nos relatórios que Emmett entregou.
–- Emmett eu já sabia! Edward disse anda analisado papeis—Logo depois daquela conversa com James, fiz umas buscas por mim mesmo!
–- Entao por que não me disse! Emmett disse meio chateado poderia ter poupado esforço por nada.--- Ela já saber?
–- Não, achei melhor não deixa ela preocupada! Edward disse—E também, tem Erick ele ta cuidado dela.
–- tudo bem,eu entendo esse seu lado. Emmett disse olhando ele—Mais a garota tem mais de um milhão em uma conta no nome dela Edward, você não acha que assim como eu conseguir esse acesso outra pessoa também pode.
Edward respirou fundo, ele também já tinha pensado nisso, tanto que reforçou a segurança de Isabella ate mesmo sem ela saber, Erick era so fachada, haviam mais quatro homens trabalhando em sua segurança.
–- Emmett fora eu e você, ninguém mais saber que Isabella e filha do Charlie! Edward disse-- E nome dela e Isabella Mary Swan, ninguém saber ela usa sobre nome da mãe. O que facilita ainda mais para vida dela.
–- Eu não sei! Emmett disse realmente preocupado—Mais acho melhor reforça a segurança dela.
–- Já fiz isso! Edward disse—Isabella e de menor, so pode toca nesse dinheiro quando completa vinte um anos. Charlie pensou em tudo ele so não achou que seria pegou antes de coloca as mãos no dinheiro.
–- Ok, chefe! Emmett disse rindo—Vou cuida de outras coisa, qual quer coisa me avisa.
–-Emmett! Edward chamou ele antes de sair da sala—Vou viajar pesa para minha secretaria alugar um jatinho pequeno e avise que para duas pessoas!
–- Para onde vai? Emmett perguntou-
–- Londres! Edward disse voltando a olha para papeis —Isabella vai comigo antes que pergunte.
–- Não tinha duvidas disso! Emmett disse saindo de vez da sala
(...)
Edward estava saindo da empresa, Isabella não fora para empresa hoje como de costume, Isabella fora ao medico acompanhada por Erick. No caminho de volta Edward resolveu encosta no shopping era caminho para sua casa, ele não sabia dizer o por que mais resolveu compra algo em especial pra Isabella. Edward não gostava de trata menina com frieza e nem mesmo com grosseria, mais Isabella mexia tanto com seu humor que ele não conseguia controla as emoções. Edward ando boa parte do shopping ate acha algo que lhe agradou, ele se sentiu culpado, por mais que Isabella fosse uma mulher por assim dizer ela so tinha dezessete anos ainda era jovem uma adolescente.
–- Boa noite senhor! Uma atendente da loja recebeu Edward com sorriso gigantesco nos lábios—Posso ajuda-lo ?
–- Acho que sim? Edward disse voltado seu olhos pela loja em busca do que chamou sua atenção—Quero aquele ali! Ele aponto para objeto— Embrulhe e para presente!
== Claro senhor!
A atendente fez o que Edward disse pego o presente e levou para caixa Edward foi junto para paga pelo presente, assim que fez pegou o embrulho e saiu da loja voltando a anda pelo vasto corredores de lojas ate para novamente em outra loja so que essa era especial era uma loja de joias, Edward entrou e ficou algum tempo olhando as belas pesa exposta na vitrine e por toda loja ate acha algo que lhe chamou atenção.
–- Desejo leva esse! Edward aponto para bela joia mostrando a vendedora.
–- Claro senhor! Ele pegou e levou ate caixa sendo acompanhada por Edward—Esta aqui senhor!
A vendedora entregou a sacola com joia em caixa de veludo preta entregando para jovem. Edward saiu da loja levando com ele dois presente todos para Isabella de algum ela teria que gosta. Edward entrou dentro carro e colocou os presente no banco do passageiro e assim ele foi para casa.
(...)
Edward chegou em casa, e estranho fato de esta muito silencio, nada de TV ligado nem som com musica, andou colocado a pasta sobre mesa de canto.
–- Marta! Edward chamou pela governanta—Marta, Isabella alguém em casa?
Edward ouvir barulho vindo para da sala pequena de estar uma sala resevada para receber visita ou amigos mais que nunca fora usada por ninguém a não ser pelo familiares.
–- Edward! a voz feminina e muito família ecoou na sala.
A jovem loira com rosto angélica e ao seu lado um loira deslumbrante que fazia parte da família e mais no canto a linda e com carranca no rosto Isabella.
–- Rose, o que você esta fazendo aqui? Edward perguntou passando mãos pelo cabelo.
–- Vim te visita, você quase nunca me visita irmãozinho! Ela disse indo ate ele e abraçando o irmão—Jane veio comigo, a final vocês também são amigos.
Edward olhando para Jane que permaneceu sentada no lugar. Isabella caminhou vindo em sua direção.
–- Onde vai? Edward perguntou antes de Isabella sair da sala
–- Para meu quarto! Ela disse com tom azedo
Edward puxou a jovem pela mão e puxou ela para mais perto do céu corpo. em ato de gentileza e muita surpresa para Isabella, Edward passou dedos pelo rosto de Isabella colocando mecha de cabelo para trás da orelha da menina e sussurro.
–- E para você! Ele disse ao pé do seu ouvido deixando menina arrepiada—Espero que goste!
Edward deu sacola para Isabella que pegou e ficou sem reação, depois de alguns minutos Isabella piscou os olhos e saiu deixando Edward e sua visitas inesperadas.
–- Quem e essa menina? Rose perguntou e tinha tom estranho em sua voz—Não gosto nada dela!
A loira comentou voltado para seu lugar, Edward apenas sorriu não dando muita importância para comentário de Rose.
–- Ela não tem que te agrada Rose! Edward disse indo ate mini bar para coloca pouco de uísque-- Ela tem que me agrada!
Rose virou os olhos e Jane que ate então não havia dito nada, e nem mesmo se movido do seu lugar.
–- Ela e muito nova! Jane comentou-- Pensei que você gostasse de mulher feita e não de nifetas?
–- E quando foi que minha vida particular passo a interessar vocês? Edward perguntou ele não gostava de falar sobre sua vida partícula.
–- Eita Ed, olha como falar comigo! Rose disse com certa magoa na voz—Eu apenas me preocupo com você.
–- Sei bem com que se preocupa! Ele disse—Rose leve sua amiga embora, estou cansado e preciso dormi!
Rose saiu bufado da casa Edward bufando, Jane nada disse mais deu aquele famoso sorriso de anjo misturado com demônio, o que Edward conhecia muito bem, Jane iria fazer algo ou tenta algo. Edward terminou de bebe seu uísque e saiu da sala encontrou Marta no corredor ao sair e pediu para ela fazer pequeno lanche para eles e leva no quarto. Edward cominho para seu quarto ele precisava de banho e relaxa cabeça, assim que ele entrou no quarto foi atacado.

–- Ah! obrigado, obrigado! Isabella pulou no colo de Edward enchendo de beijo pelo rosto.
–- Vejo que você que gostou dos presente! Ele disse fazendo carinho no rosto da menina

–- Sim, eu achei lindo os dois! Ela disse sua pernas em volta da cintura dele
–- então coloque para mim ver! Ele disse dando tapa na bunda dela e soltando ela no chão—Gostou do urso?
Edward perguntou antes de Isabella sair do quarto , ela virou rindo olhando para ele.
–- Eu também gostei do urso!
(...)
Edward estava sentando na cama e Isabella do seu lado, eles tinham acabado de lancha, Isabella usava o colar que Edward tinha dado a ela, um belo colar por sinal, todo na prata com pedra de esmerada em formato de coração era tão lindo brilhante quanto as luzes de natal. E urso Isabella levou junto um coelho com coração nas mãos e com frase escrita.
–- Por que? Isabella perguntou ao limpa boca
–- Por que o que?
–- Por que do presentes? Ela perguntou
–- Achei que ia gosta! Ele disse tirando bandeja da cama e colocando por lado—Não gosta-te?
–- Sim gostei muito! Ela disse rindo e segurando pingente do colar no dedos—E muito bonito!
–- Que bom que gostou! Ele disse beijando sua testa—Agora tenho algo para te avisa!
Isabella não gostou nada, o que Edward poderia dizer para ela, primeiro ele a doca sua boca para depois coloca veneno. Não podia ser assim, a mente de Isabella já tinha varias ideias sobre essa conversa que ainda não tinha começado.
–- Não e nada de mais Isabella! Ele disse tocando a pequena urga que se formou no meio da testa—So quero avisa que vamos viaja na sexta agora!
–- Viaja! Ela disse meio surpresa
–- Londres, tenho negocia a resolver por la! Ele disse beijando sua testa novamente—Agora vamos dormi estou cansado!
Edward se deito se arrumando na cama, e puxando para seu peito a menina que ainda tava perdida em pensamento, uma viagem com Edward era algo novo para menina so demonstrava que relacionamento deles estavam evoluindo de certo grau. Isabella nunca imaginou isso nem mesmo quando foi levada para aquela casa, mais o simples fato dela pode fica com Edward durante um tempo sozinha sem ninguém a não ser ele dois era uma ideia que muito lhe agradava, e foi com sorriso no rosto e sentindo calor do corpo dele que ela adormeceu se sentindo feliz com essa nova possibilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário