Jul M

Oi

domingo, 16 de setembro de 2012

Capitulo 10-- Um Erro E Dois Acertos


Brincado com perigo..
Eu tinha um plano, e era um plano muito arriscado e não podia ter erros, não dessavezes. Jacob e Emmett já estavam e seu posto, assim como Sam Erick, eu estava a espera do meu novo carregamento, um carregamento falso mais que atrairia um pessoa que eu deseja encontra..
Dês da invasão na minha casa, eu reforcei a segurança e claro tiver que dobra atenção sobre Isabella, expliquei para ela algumas coisa, coisa que ela não entendeu nada, e eu também não fiz questão de entra em detalhes com ela, apenas deixei claro que ela estava correndo perigo de vida,. Claro que ela deu show, me xingou fez birra ate mesmo arremessou algumas contra parede, mais depois se acalmou e aceito as minhas ordem. Ela ainda ficava na defensiva comigo,, mais o importante era que ela tava contribuindo para sua proteção.
O invasor da minha casa, morreu Mike um dos segurança que estavam em minha casa no dia trabalhando atirou nele quando tentou fugir pela janela, ele já tava bem machucado e ate baleado foi devido a nossa troca de tiros no quarto. Mais quem matou ele mesmo foi Mike Newton um dos meus segurança que atirou em sua cabeça.
_ Preocupado chefe! Emmett disse vendo minha agitação
Eu tava agitado o caminhão já devia ter chegado, o problema e que tinha mais vida em jogo do soa minha, não queria que nem um dos meus homens morresse nessa emboscada.
_ Relaxa Edward, Sam saber se cuida assim como Erick! Jacob disse limpando a cano da sua arma com flanela,
Avistei ao longe os faróis do caminha fazendo curva para entra no galpão, e como eu já previa mais atrás vinha duas moto. Chegou hora de descobri algumas verdades.
_ Para seu posto! Disse indo para meu lugar assim como outros_ Não quero ninguém ferido. E lembre preciso deles vivos!
O caminhão estacionou no lugar de sempre e duas motos pararam ao lado da porta do motorista. Havia em cada moto dois homens todos armados, so que dessa vezes eu fui mais esperto levei reforço junto comigo, no galpão havia cerca de trinta homens trabalhando para mim, todo forte mente armado, ele não conseguiriam sair não dessa vezes.
_ Para fora! Um dos homens disse saindo na moto e apontando uma arma apara motorista que fez o que ele disse
O motorista saiu correndo, assim como Emmett havia instruído ele a fazer, o cara tirou capacete assim como o outros tiraram.
_ Fácil de mais James ! um homem moreno disse já indo para porta do motorista.
_ Vamos da fora daqui! O tal James disse.
_ Espero mesmo não ta atrapalhando! Disse saindo do meu lugar
James e seus comparsas ficaram me olhando assustado, mais James assim que viu que eu não tava armando e andava calmamente para perto deles deu sorriso malicioso.
_ Ora, ora vejam so se não e Cullen! James assim como era chamado disse_ Vejo que meu tiro não matou, mais acho que agora eu mesmo matarei.
James apontou a arma para mim, e eu dei meu melhor sorriso vingativo.
_ Ah se eu fosse você olhava bem em sua volta, e principalmente em seu peito! Eu disse apontando para seu peito onde tava pequena luz vermelha.
Eu tinha atirado por todo galpão, e um deles estava com uma arma a lesei mirada para peito de James agora.
_ Merda e uma emboscada! James disse por fim notando que acabava de cair em verdadeira emboscada.
_ Ah, então descobriu! Disse irônica mente._ Quero resposta, e bom você começa a falar ou eu terei que mata você!
James me olhou, buscando algum sinal de mentira em minha voz, Emmett, e Jacob já estava comigo assim como Sam e Erick cobriam a saída junto com outros homens.
_ Eu sei que você trabalha para Volturi! Disse e James revirou os olhos.
_ Tão previsível! James zombou
_ Pois e, previsível de mais! Disse em tom seco_ Agora quero saber por que Aro Volturi esta atrás de menina?
James me olhou confuso, e depois sorriu sarcasticamente, ele era tão debochado que tinha vontade de soca cara dele, mais por hora precisava de algumas resposta que so ele podia me da nesse momento.
_ Entao você ta com a garota Swan! James disse como se não acreditasse na suas próprias palavras.
_ Não, eu não tou com garota Swan! Disse mentindo fria mente_ Mais assim como Aro quero ela para mim! Tenho meus motivos para isso.
James gargalhou e assim como ele seu comparsas fizeram o mesmo, sorriram.
_ E fato dela ser única herdeira de fortuna milionárias nem passo pela sua cabeça! James disse debochando de novo.
Mais não tava nem ai para seu deboche, estava absolvendo, a ultima informação que ele disse sobre Isabella ser uma milionária.
_ Charlie Swan, roubou muita gente antes de ser morto. James disse rindo_ Aro, você, o Smith foram so alguns que ele roubou, tem mais gente, se ele morreu pode ter sido qual quer um dos homens que ele roubo.
_ E o que a garota tem haver com isso? Perguntei pouco me importava o quem tinha matado Isabella, eu queria saber o por que dela ser alvo.
_ Cullen, Cullen,Cullen você não e burro! James disse rindo_ A garota e chave para chega no dinheiro. E você saber eu sei que saber, que Charlie roubou muita gente. James deu de ombro rindo_ A garota e chave para dinheiro a final ela e filha dele e única herdeira se alguém pode toca no dinheiro e essa garota.
Meus ouvidos não acreditavam no que acabava de ouvir, primeiro Isabella era rica, que dizer milionária pelo visto, segundo ela estava na listra das mais procurada pelo mafioso de NY. E terceiro ela era chave para chega no dinheiro que estaria a onde? Olhei para James, eu iria arranca dele nem que seja na forca.
_ A onde esta o dinheiro! Disse chegando perto de James e segurando pela gola da camisa_ Vamos diga! Eu gritei
James apenas sorriu e me olhou com indiferença. Os comparsas dele apenas ficaram olhando, a final eles estavam em desvantagem
_ Cullen, nem se eu soubesse te diria! Ele disse cuspindo em minha cara
_ Cretino! Disse socado sua cara e limpando meu rosto com manga do meu palito_ Não saber onde ta dinheiro? Ou não quer me dizer? Perguntei socando ele novamente so que dessa vez ele caiu no chão_ Vamos fale! Disse chutando a barriga dele com meu sapato de couro italiano
_ Ninguem saber! Ele gritou quando chutei ele pela quinta vez_ Nem Aro, nem Smith tão pouco os Montes. Tudo que eles sabem e que a garota e chave para chega no dinheiro.
_ Entao Charlie não abriu nem conta em nem uma banco fora do pais? Perguntei tentando saber mais sobre caso
_ Não, Aro passou um pente fino, ele buscou em tudo que foi lugar mais nada foi achado. James disse limpando sangue de sua boca_ Charlie levou tundo em dinheiro, esta tudo em dinheiro vivo.
_ E onde a garota esta? Eu perguntei querendo saber se James realmente não sabia onde Isabella estava
_ Ora Cullen, se eu soubesse onde a garota estava, estaria aqui tentando rouba você!
James falava a verdade, ele era um traficante assim como eu, claro que tinha diferença, eu tinha classe e James ainda tava na sarjeta tentado se ergue.
_ você não passa de pau mandado James! Disse cuspindo nele_ Emmett, Jacob cuide para que nada sair desse galpão.
Caminhei para meu carro, e Emmett deu sorriso travesso de que ia apronta algo.
_ Cullen, eu posso ser útil para você, me escute! James disse em pânico_ Por favor não me mate!
Eu virei olhando para ele rindo de jeito bem maligno. Acabei passando a mão pelo meus cabelos deixando ainda mais bagunçados.
_ E por que pouparia a vida de porco traidor como você? Disse olhando irônico para ele_ Ate onde eu sei você tentou me mata, e não foi so uma vezes James. Ele me olhou em pânico_ Implore sua vida para eles, e não para mim.
Entrei no carro, dando partida, e nem olhei para trás, não tinha cabeça para isso, tinha muita coisa para absorver, acabei descobrindo muito mais do que eu esperava, e pior de tudo e que Isabella estava em grande apuros e precisava de mim ainda mais. Seguir para casa, assim que estacionei o carro notei que todos seguranças estavam em seu posto. Sair do carro indo para dentro encontrei Marta na escada seu rosto era de preocupação .
_ Eu estou bem! Disse sabendo já o que a preocupava._ Onde esta menina?
_ No quarto dormindo! Marta disse já sabendo que era de Isabella que eu falava.
_ Va dormi Marta. Disse beijando sua testa_ Já passou da hora de você esta deitada. Boa noite!
Marta na disse e subi para meu quarto, não antes de ir no quarto de Isabella, quem iria imagina que essa menina petulante que um dia entrou na vida devido o pai dele ser ladrão, hoje era uma garota milionária. Tudo bem que dinheiro era roubado, mais ainda assim era da menina e so ela poderia receber esse dinheiro ou saber onde dinheiro estava.
Entrei no quarto de Isabella que dormia profundamente, ela estava descoberta e tinha corpo todo encolhido, ela tava com frio isso dava de se nota caminhei ata a cama dela e puxei lenço cobrindo ela. Eu sempre me arrependi do que fiz, viola seu corpo daquela maneira brutal e sem coração, eu tava cego pela raiva tão cego que não dei conta do mau que fazia. Mais sei la todo esse tempo convivendo com ela, aprendi a gosta dela, o jeito petulante dela, o modo dela ser me lembra muito o eu quando mais novo, quando jovem na mesma idade que ela, acho que era tão impossível quanto ela.

Cobri seu corpo e beije seu cabelos, claro que ela não saberia que estava aqui, e que tão pouco saberia do que acabava de fazer. Eu senti uma grande necessidade de protege essa menina, de cuida dela, não sei se por culpa do que fiz com ou se pelo fato de realmente me importa com ela. E era essa duvida que me corroí todos os dias quando me olhava com aqueles olhos chocolate me olhando em acusação...
       

Nenhum comentário:

Postar um comentário