Jul M

Oi

domingo, 16 de setembro de 2012

Bonos extras namorados -- Um Erro E Dois Acertos


Bonos extras namorados.
Isabella estava usando belo vertido vermelho com belo decote, seu cabelos estavam preso com algumas mexas soltas caindo sobre ombro. Sua maquiagem estava impecável como sempre leve mais ainda assim provocante, Edward havia ligado para ela e comunicado que queria acha ela arrumada para sair. Pontualmente Isabella estava senta na sala esperando Edward chega para ambos poderem sair, ela não entendia o por que desse pedido do Edward mais tudo que ele disse para ela antes de desliga o telefone foi “ fique mais bonita ainda” e ela fez.
Quinze minutos se passou e a porta foi aberta Edward encontrou Isabella sentada no sofá. Ele sorriu ao ver que menina havia entendido seu pedido.
–- que bom que já esta pronta! Edward disse indo ate menina e beijando sua testa—Vou toma banho e já desço para saímos!
Edward subiu e não perdeu tempo ,pouco minutos depois voltou trajando uma calça Jens e camisa de botões as mangas estavam dobrada e por cima ele tinha jaqueta preta. Seu cabelo ainda estavam úmido mais ainda assim estava lindo.
–- vamos! Ele disse lhe oferecendo a mão—você esta linda! Ele comentou enquanto andavam em direção do carro.
Edward abriu a porta do carro para Isabella que entrou colocando cinto em quanto andava para lado do motorias assim que estavam acomodados Edward ligou carro. O caminho foi feito em silencio Isabella queria saber onde ele estava levando ela, mais achou melhor não a final ele queria fazer uma surpresa para menina. Edward estacionou carro em luxuoso restaurante Isabella olhou para ele surpresa mais foi impossível de conter o sorriso. Não era muito normal de Edward leva para janta fora, já tinha feito isso algumas vezes ,mais muito poucas.
–- vamos! Edward disse abrindo a porta para Isabella e Le oferecendo a mão.
(....)
Dentro do restaurante tudo ocorria bem, Edward teve papo agradável com Isabella essa por sua vez não havia ainda provocado Edward em nada, nem mesmo com seu comentários maldoso e irritante que ela fazia para ele sair do serio. Eles já estavam na sobremesa quando Isabella por fim criou coragem e perguntou.—
–- Qual motivo da comemora? Isso e uma comemoração? Isabella fez duas pergunta se ter certeza de nem uma.
–- sabe que dia e hoje Isabella? Edward perguntou
–- 12 de junho! Isabella disse sem se da conta da data.
–- dia dos namorados! Edward disse e os olhos de Isabella se arregalaram
–- mais, mais nos somos namorado! Era frase que soava mais como uma pergunta.
–- receio que sim minha querida! Edward disse dando seu melhor sorriso—tenho presente para você no carro, vou quere ver você usando ele mais tarde.
–- mais tarde! Isabella sussurro ela ainda estava em choque devido ao fato confirmado minutos atrás
–- sim mais tarde! Edward disse segurando sua mão—fiz uma reseva em hotel da cidade. Noite para comemora querida!
(....)
Já no quarto de hotel Isabella olhava abismada e luxuosa suíte presidencial que Edward havia resevado para noite deles. Tudo dentro era branco dês da parede ao moveis que decoravam eram branco com detalhes pretos na borda. A cama era enorme e estava coberta com lençóis de seda pura na cor branca.
–- Seu presente! Edward disse se colocando na costa da menina e passo braços em volta dela mostrando uma caixa de veludo preto—Espero que gostes!
Isabella pegou caixa da mão de Edward, que manteve- se próximo dela enquanto abria a caixa e dentro um belo colar de ouro com pingente de diamante com certeza um joia cara.
–- Deixa eu coloca pra você! Edward disse beijando ombro num da menina—Quero você usando apenas isso hoje a noite, enquanto fazemos amor!
Isabella sentiu todo seu corpo estremece, Edward pegou cola de dentro da caixa e afastou os pouco cabelos que estavam solto dela, e colocou seu presente no pescoço da jovem. Edward se arrependeu não ter entregue antes para ela ficou linda com aquela joia.
–- esta linda! Ele disse—não, ficou ainda mais linda.
Isabella se virou e quando fez menção de abri a boca para falar Edward tomou boca da menina com sua em beijo profundo e cativante. As mão de Edward passaram por sua costa abrindo fecho do seu vertido, que logo foi ao chão, revelando a lingerie dela. Edward arfou quando viu menina usado um sutiã de preto com lacinhos vermelho, e uma minúscula cacinha preta de renda com lacinhos na lateral
–- definitivamente você e minha perdição ! Edward sussurro conduzido isabella em direção a cama e deitando.


A boca de Edward percorreu cada pedaço do corpo da garota mordendo e chupando sua pele. Em pouco minutos Isabella estava completamente nua na cama com Edward com cabeça no meio de sua pernas. Os gemido de Isabella viram grito quando Edward a penetrou com dois dedos sem para de chupa-la,em menos tempo do que Edward imaginava Isabella estremeceu em sua boca enchendo ela com seu mel, o mel que Edward não desperdiçou nem uma gota. Ele fez caminho inverso do que havia feito beijando todo corpo de Isabella ate chega em sua boca e toma-la com sua fazendo menina sentir seu próprio gosto.

Isabella deixo se leva pelo toques e atos de Edward se entregando de corpo e alma como sempre fazia quando estava na cama com Edward. Isabella ajudou Edward se livra das roupas e logo ambos estavam conectados, Edward não queria sexo, ele queria fazer amor com Isabella como mesmo havia dito e foi o que ele fez, fez amor com Isabella ao seu jeito. Em movimentos lentos mais invertidas profundo Edward preenchia Isabella essa tinha seu olhos fechado, sentindo cada toque de prazer que Edward dava a ela. As mãos de Edward percorreram todo corpo de Isabella causando arrepios gostoso na jovem, sua mãos passaram pela sua costa, barriga, pernas e seios onde ele deu uma atenção especial. A jovem não deixo de gemer nem um minuto durante ao alto, e nome de Edward em sua boca era como as mais doce melodia para Edward Cullen, ele havia marcado aquele corpo como seu nunca se arrependeu disso um minuto se quer.
A menina também não deixo suas mãos longe do corpo dele, ela arranhava mordia e chupava pele dele como ela podia, Edward não reclamava de nada ate gostava so deixava claro que ela estava perto do seu orgasmo. E cada vez mais a beira do seu deleite. As invertidas de Edward passaram a fica mais urgente, mais forte, algumas vezes fizeram ate Isabella arquia as costa deixando seu seios mais próximo da boca de Edward que sempre acabava abocanhado e chupando com ferocidade. Isabella sentiu todo seu corpo treme e espasmo foram tão forte que seu grito ficou preso na garganta então jovem melou e derramou todo seu mel sobre pau Edward, que veio logo atrás da menina.
Isabella não suporto tanto prazer acabou caindo na inconsciente devido ao forte orgasmo que Edward lhe proporcionou. O jovem experiente sorriu ao ver rosto da menina mesmo sem consciência com leve sorriso nos lábios. E saber que ele era motivo desse sorrio era o que fazia seu peito inflama de alegria. Ele não negava mais que era louco por ela e mesmo ela provando ele o tempo todo era impossível não saber que ela ainda amava ele talvez bem mais do que demonstrava.
–- feliz dia dos namorado meu amor! Edward sussurro arrumando Isabella cama—Eu te amo Isabella.
E desse jeito, que so os dois sabiam como era ele passaram a noite dos dia dos namorados...

Nenhum comentário:

Postar um comentário